Pró-Fono Revista de Atualização Científica, Volume: 22, Issue: 3, Published: 2010
  • Editorial Editorial

    Andrade, Claudia Regina Furquim de
  • Tense marking by Brazilian deaf signers Artigos Originais de Pesquisa

    Crato, Aline Nascimento; Cárnio, Maria Silvia

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: marcação de tempo realizada por surdos sinalizadores na Língua Brasileira de Sinais e na Língua Portuguesa Escrita. OBJETIVOS: analisar a flexão verbal de tempo na Língua Portuguesa Escrita, averiguar se existe relação entre o desempenho no uso da flexão verbal de tempo e grau de escolaridade e verificar os marcadores de tempo utilizados na produção de frases na Língua Brasileira de Sinais e na Língua Portuguesa Escrita. MÉTODOS: participaram do estudo 18 surdos sinalizadores, com idade entre 15 e 23 anos e escolaridade de 3ª a 6ª série do Ensino Fundamental. Os indivíduos foram avaliados quanto ao conhecimento em Língua Brasileira de Sinais de nove verbos de ação, e em seguida foram orientados a elaborar três frases na Língua Portuguesa Escrita e na Língua Brasileira de Sinais com cada verbo, sendo uma no tempo passado, uma no presente e uma no futuro. Os dados foram avaliados qualitativa e quantitativamente. RESULTADOS: nas frases escritas houve o predomínio do verbo na forma nominal do infinitivo. Os sujeitos utilizaram adequadamente os marcadores de tempo na maioria das frases expressas na Língua Brasileira de Sinais. Quatro sujeitos fizeram uso de marcadores utilizados na língua de sinais para indicar o tempo nas frases escritas. Houve relação estatisticamente significante entre o uso da flexão verbal do tempo presente com o aumento da escolaridade. CONCLUSÃO: os surdos do estudo utilizam adequadamente marcadores de tempo na maioria das frases expressas na Língua Brasileira de Sinais, mas apresentam dificuldade na Língua Portuguesa Escrita.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: tense marking by deaf signers, in the Brazilian Sign Language and in written Portuguese. AIM: to analyze verbal tense inflection in written Portuguese, to verify the relationship between the performance in using verbal tense inflexion and the educational status, and to verify tense marking in the production of sentences in the Brazilian sign language and in written Portuguese. METHOD: participants were18 deaf signers ranging in age from 15 to 23 years, and with an educational status varying from 3rd to 7th grade of elementary school. Participants were assessed for their knowledge of nine action verbs. Following that, they were asked to elaborate three sentences with each verb using written Portuguese and using Brazilian sign language, one in the past tense, one in the present tense and one in the future tense. Data were analyzed qualitative and quantitatively. RESULTS: Regarding the written productions, there was a predominance of the verb in the infinitive nominal form. Participants adequately used tense markers in most of the sentences produced when using the Brazilian sign language. Four subjects used sign language markers to indicate tense in their written sentences. There was a significant statistical relationship between the use of verbal inflexion in the present tense and higher educational status. CONCLUSION: the deaf participants of the study presented and adequate use of tense markers in most of the sentences produced using Brazilian sign language, however difficulty was observed when using written Portuguese.
  • Speech fluency family profile: a linguistic, acoustic and electromyographic study Artigos Originais de Pesquisa

    Andrade, Claudia Regina Furquim de

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: fatores genéticos como possíveis responsáveis pela gagueira. OBJETIVO: identificar o perfil familial da fluência da fala - aspectos linguísticos, eletromiográficos e acústicos - em crianças com e sem história familiar próxima para a gagueira. MÉTODO: participaram do estudo 127 indivíduos, 32 crianças (probandos) e 95 membros da família imediata (pai, mãe, irmãs e irmãos) divididos em dois grupos: GI (CCG): 17 probandos com diagnóstico de gagueira; 17 pais, 17 mães, 10 irmãos e 13 irmãs; e GII (CSG): 15 probandos fluentes; 15 pais, 15 mães, 0 irmãos e 8 irmãs. Todos os procedimentos de testagem foram aplicados em todos os participantes: 1. Coleta das tipologias das rupturas; 2. Coleta eletromiográfica; 3. Coleta acústica. RESULTADOS: foi encontrado o percentual de 41,1% de mães afetadas; 35,3% de pais afetados; 16,7% de irmãs afetadas e 40 % de irmãos afetados. Foi observada similaridade na tipologia das rupturas da fala em todos os afetados de uma mesma família, mesmo havendo uma tendência a maior gravidade do distúrbio nos probandos. Foi encontrada similaridade na ativação muscular para as taxas de diadococinesia em todos os afetados de uma mesma família. Sugere-se um padrão motor para a fala, numa relação passível de ser mensurada pala captação da ativação muscular periférica, dentro de uma mesma família. Foi encontrada similaridade na variação acústica para as taxas de diadococinesia em todos os afetados de uma mesma família. CONCLUSÃO: esta pesquisa se caracteriza como uma primeira proposta de estudo endofenotípico da gagueira, em dois aspectos: critérios objetivos de inclusão e tipo de sintomatologia manifesta da gagueira.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: genetic factors as a possible cause of stuttering. AIM: to identify the speech fluency family profile (linguistic, electromyographic and acoustic aspects) in children with and without a close family history of stuttering. METHOD: the study included a total of 127 individuals, 32 children (probands) and 95 members of the immediate family (father, mother, sisters and brothers). The individuals were divided in two groups: GI (SC) was composed of 17 probands with a diagnosis of stuttering, 17 fathers, 17 mothers, 10 brothers, and 13 sisters, and GII (NSC) was composed of 15 fluent probands, 15 fathers, 15 mothers, no brothers, and 8 sisters. All testing procedures were applied to all participants as follows: 1) identification of disruption typology; 2) electromyographic analyses; and 3) acoustic analyses. RESULTS: the percentage of affected mothers was 41.1%, and the percentage of affected fathers was 35.3%. In addition, the percentage of affected sisters was 6.7%, and 40% of the brothers were affected. Similarity was observed in the typology of speech disruptions in all of the affected individuals of the same family; however, a trend towards a greater severity of the disorder in probands was observed. Similarity was found in muscle activation for diadochokinesia rates in all the affected individuals in the same family. This suggests the existence of a speech motor pattern within the same family that can be measured by capturing peripheral muscle activation. Similarity was found in the acoustic variation for diadochokinetic rates in all affected individuals of the same family. CONCLUSION: this study represents one of the first endophenotypic research proposals on stuttering characterized by two aspects: objective inclusion criteria and the type of stuttering symptomatology manifested.
  • Tone influence and word boundaries in stuttering and fluent adolescents and adults Artigos Originais de Pesquisa

    Juste, Fabiola Staróbole; Andrade, Claudia Regina Furquim de

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: aspectos linguísticos que podem influenciar a ocorrência de rupturas na fala de indivíduos gagos e fluentes. OBJETIVO : verificar a influência da tonicidade e da posição dentro da palavra na ocorrência de rupturas de fala em adolescentes e adultos gagos e fluentes. MÉTODO : participaram do estudo 120 indivíduos, de ambos os sexos, com idades entre 12.0 a 49.11 anos, divididos em 4 grupos: grupo de pesquisa 1 (GP1) - 30 adolescentes gagos; grupo de pesquisa 2 (GP2) - 30 adultos gagos; grupo controle 1(GC1) - 30 adolescentes fluentes; grupo controle 2 (GC2) - 30 adultos fluentes. Foram coletadas amostras de fala contendo 200 sílabas fluentes. Nas amostras de fala, as sílabas rompidas foram analisadas quanto à sua tonicidade (átona, pré-tônica ou tônica) e quanto ao local da ruptura na palavra (sílaba inicial, medial ou final). RESULTADOS: quanto à tonicidade, para todos os grupos testados, não houve diferença estatisticamente significante no número de rupturas entre as tonicidades avaliadas. Em relação ao local da ruptura na sílaba, para os grupos de falantes gagos, houve predominância de rupturas na sílaba inicial das palavras e para os grupos fluentes, as rupturas foram mais frequentes na sílaba final. CONCLUSÃO: os resultados desse estudo reforçam a teoria de que as rupturas de fala decorrem principalmente da lentidão na codificação fonológica e na habilidade de construir e recuperar o plano fonético.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: this study examines the linguistic features that may influence the occurrence of speech boundaries in fluent and stuttering individuals. AIM: the study seeks to examine the influences of tone and position in a word on the occurrence of speech boundaries in stuttering and fluent adolescents and adults. METHOD: one hundred and twenty individuals took part in this study, both male and female, with ages between 12.0 and 49.11 years old, and were divided into 4 groups: research group 1 (RG1), with 30 stuttering adolescents; research group 2 (RG2), with 30 stuttering adults; control group 1 (CG1), with 30 fluent adolescents; and control group 2 (GC2), with 30 fluent adults. Speech samples containing 200 fluent syllables were collected. In the speech samples, the broken syllables were analyzed according to their tone (unstressed, pre-stressed or stressed) and according to the position in the word (initial, middle or final syllable). RESULTS: for tone, there was no statistically significant difference in the number of boundaries between the evaluated tones for any of the tested groups. For the location of the broken syllable, there was a predominance of broken syllables in the initial position of words for the stuttering groups of speakers. For the fluent groups, the ruptures were more frequent in the final syllable. CONCLUSION: the results of this study reinforce the theory that broken speech is mainly a consequence of slow phonological coding and a corresponding slowness in the building up and recovery of the phonetic plan.
  • English Language Teaching: phonetics, phonology and auditory processing contributions Artigos Originais de Pesquisa

    Araújo, Letícia Maria Martins; Feniman, Mariza Ribeiro; Carvalho, Fernanda Ribeiro Pinto de; Lopes-Herrera, Simone Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: inter-relação da fonética, fonologia e processamento auditivo no ensino da Língua Inglesa. OBJETIVOS: verificar se o contato prévio com o sistema fonético da Língua Inglesa favorece o aprendizado geral desta língua em falantes do Português como segunda língua (L2), e verificar o desempenho dos participantes em um teste do processamento auditivo anterior e posterior ao ensino da L2. MÉTODO: participaram oito estudantes universitários que estudaram a Língua Inglesa somente no ensino médio, divididos em dois grupos: grupo controle - submetido apenas ao curso de Inglês - e grupo experimental - submetido à aulas de fonética da língua inglesa anteriores ao curso de Inglês. Os participantes foram submetidos ao teste de processamento auditivo e a um teste oral em inglês (Oral Test) antes e após as aulas. Foram analisados os dados dos testes anteriores e posteriores às aulas. RESULTADOS: estes foram expressos estatisticamente por meio do teste t student e mostraram que não houve diferença nos testes entre os grupos. Os escores indicaram melhor atuação do grupo controle ao responder as perguntas em Inglês no Oral Test. Houve melhor execução do grupo experimental no processamento auditivo após ser submetido às aulas de fonética e ao curso de Inglês. CONCLUSÃO: o conhecimento prévio básico da língua inglesa não favoreceu o aprendizado geral (melhora na pronúncia) da segunda língua do grupo como um todo, mas melhorou a capacidade de processamento temporal no teste realizado.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: interrelation of phonetics, phonology and auditory processing in English Language Teaching. AIM: to determine whether prior contact with English phonetics favors general learning of this language (L2), i.e. second language, in Portuguese speakers; to verify performance of these individuals in an auditory processing test prior to and after being taught L2. METHOD: participants of the study were eight college students who had only studied English in high school. These participants were divided into two groups: control group - were only enrolled in English classes; experimental group - were enrolled in English phonetic classes prior to their enrollment in English classes. Participants were submitted to an auditory processing test and to an oral test in English (Oral Test) prior to and after the classes. Data were analyzed in the same way, i.e. prior to and after the classes. RESULTS: these were expressed statistically by T-Student's test. Analyses indicated no difference in performance between groups. Scores indicated better performance of the control group for answering questions in English in the Oral Test. The experimental group had better performance in the auditory processing test after being enrolled to English phonetic classes and English course. CONCLUSION: prior basic knowledge of English did not enhance general learning (improvement in pronunciation) of the second language, however, it improved the ability of temporal processing in the used test.
  • Lexical and metaphonological abilities in preschoolers with phonological disorders Artigos Originais de Pesquisa

    Costa, Ranilde Cristiane Cavalcante; Ávila, Clara Regina Brandão de

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: competência lexical e metafonológica em pré-escolares com transtorno fonológico OBJETIVO: investigar, em um grupo de pré-escolares a influência do transtorno fonológico sobre as competências lexical e metafonológica e a existência de correlações entre ambas. MÉTODO: a amostra foi composta por 56 pré-escolares, 32 meninos e 24 meninas, entre 4:0 a 6:11 anos, que constituíram dois grupo: o Grupo Pesquisa, composto por 28 pré-escolares com transtorno fonológico e o grupo de comparação, composto por 28 pré-escolares com fala normal e sem quaisquer queixas relacionadas à comunicação oral, pareados aos primeiros por sexo e idade. Todos os 56 pré-escolares foram inicialmente avaliados por meio do Teste ABFW - Fonologia. Após, foram avaliados em suas competências lexical e metafonológica, por meio do Teste ABFW - Vocabulário e do teste consciência fonológica: instrumento de avaliação sequencial, CONFIAS - tarefas de identificação e produção de rima e aliteração, respectivamente. RESULTADOS: em relação à competência lexical, os pré-escolares dos dois grupos apresentaram comportamento semelhante. Os pré-escolares com transtorno mostraram pior desempenho na análise geral da competência metafonológica. A idade influenciou o desempenho na competência lexical em ambos os grupos e na metafonológica apenas no de comparação. Identificaram-se correlações, positivas, em sua maioria, de boas a moderadas, entre as competências lexicais e as metafonológicas. CONCLUSÃO: a influência do transtorno fonológico pôde ser observada somente sobre o desempenho metafonológico. O transtorno fonológico não interferiu no desenvolvimento da competência lexical desse grupo de pré-escolares. Identificaram-se correlações positivas entre ambas as competências na faixa etária estudada.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: lexical and metaphonological abilities of phonologically disordered preschoolers. AIM: to investigate the influence of Phonological Disorder on the lexical and metaphonological abilities of a group of preschoolers and the correlation between them. METHOD: participants were 56 preschoolers - 32 boys and 24 girls - with ages between 4 years and 6 months and 6 years and 11 months, divided into two different groups: the Research Group, composed of 28 preschoolers with Phonological Disorder, and the Control Group, composed of 28 preschoolers with normal speech and no oral speech-related complaints, paired to the research group by gender and age. All of the participants were initially assessed by the ABFW Test - Phonology. After that, they were assessed on their lexical and metaphonological abilities by the ABFW Test - Vocabulary and phonological awareness test: sequential assessment instrument, CONFIAS - identification tasks and, rhyme and alliteration production, respectively. RESULTS: regarding lexical ability, the preschoolers from both groups presented similar behavior. The disordered preschoolers presented the worst performance on the overall analysis of the metaphonological ability. Age had an influence on the performance of lexical ability for both groups and the metaphonological abilities only for the Control Group. Correlations were identified, mostly positive, good to moderate between lexical and metaphonological abilities. CONCLUSION: the influence of Phonological Disorder may only be observed on the metaphonological performance. Phonological Disorder did not interfere with the development of the lexical ability of this group of preschoolers. Positive correlations were identified between both abilities in the studied age group.
  • Overall voice and strain level analysis in rock singers Artigos Originais de Pesquisa

    Gonsalves, Aline; Amin, Elisabeth; Behlau, Mara

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: análise do grau global e tensão na voz de cantores de roque. OBJETIVO: analisar a voz de cantores de roque em dois parâmetros específicos: grau global de desvio vocal (GGDV) e grau de tensão (GT), comparando esses parâmetros em três trechos de músicas. MÉTODOS: participaram 26 cantores de roque com idade entre 17 e 46 anos (média = 29:08 anos). Todos responderam a um questionário para caracterização da amostra e realizaram a gravação dos trechos selecionados: Hino Nacional Brasileiro (HNB), Satisfaction e música do repertório auto-selecionada (MR). As amostras foram avaliadas por cinco fonoaudiólogas nos parâmetros GGDV e GT. A análise estatística foi realizada pelo programa SPSS versão 13.0. RESULTADOS: foram encontradas diferenças estatisticamente significantes para os valores médios de GGDV e GT na música Satisfaction (GGDV = 32,8 e GT = 45,8 / p = 0,024) e na MR (GGDV = 38,4 e GT = 55,8 / p = 0,010). Os valores de GGDV e GT possuem relação diretamente proporcional nos trechos HNB* e MR**, sendo que quanto maior a tensão maior o GGDV( p = < 0,001*, p = 0,010**). Quando se analisa individualmente os três trechos, encontra-se que o GGDV não varia de forma significante para as músicas, porém seus valores médios apresentam uma tendência crescente do não roque para o roque (24,0 HNB / 32,8 Satisfaction / 38,4 MR), porém a tensão encontrada no HNB apresenta diferença estatisticamente significante da tensão encontrada nas músicas de roque (Satisfaction e MR, p = 0,008 e p = 0,001). CONCLUSÕES: os dados observados sugerem que o estilo roque está relacionado com maior utilização de tensão na voz e que essa tensão não necessariamente impõe uma impressão negativa à voz, mas corresponde a um fator interpretativo comum ao estilo musical.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: overall voice and strain level analysis in rock singers. AIM: to analyze the voice o rock singers according to two specific parameters: overall level of vocal deviation (OLVD) and strain level (SL); to compare these parameters in three different music samples. METHOD: participants were 26 male rock singers, ranging in age from 17 to 46 years (mean = 29.8 years). All of the participants answered a questionnaire for sample characterization and were submitted to the recording of three voice samples: Brazilian National Anthem (BNA), Satisfaction and self-selected repertoire song (RS). Voice samples were analyzed by five speech-language pathologists according to OLVD and SL. Statistical analysis was done using the software SPSS, version 13.0. RESULTS: statistically significant differences were observed for the mean values of OLVD and SL during the performance of Satisfaction (OLVD = 32.8 and SL = 0.024 / p=0.024) and during the RS performance (OLVD = 38.4 and SL = 55.8 / p=0.010). The values of OLVD and SL are directly proportional to the samples of the BNA* and RS**, i.e. the higher the strain the higher the OLVD (p,0.001*; p=0.010**). When individually analyzing the three song samples, it is observed that the OLVD does not vary significantly among them. However, the mean values present a trend to increase from non-rock to rock performances (24.0 BNA / 32.8 Satisfaction / 38.4 RS). The level of strain found during the BNA performance presents statistically significant difference when compared to the rock performances (Satisfaction and RS, p=0.008 and p=0.001). CONCLUSION: the obtained data suggest that rock style is related to the greater use of vocal strain and that this strain does not necessarily impose a negative impression to the voice, but corresponds to a common interpretative factor related to this style of music.
  • Fine motor function of school-aged children with dyslexia, learning disability and learning difficulties Artigos Originais de Pesquisa

    Capellini, Simone Aparecida; Coppede, Aline Cirelli; Valle, Talita Regina

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: função motora fina em escolares com dislexia, distúrbio e dificuldades de aprendizagem. OBJETIVO: este estudo teve por objetivo caracterizar o desempenho da função motora fina, sensorial e perceptiva em escolares com dislexia, distúrbio e dificuldades de aprendizagem e correlacionar estes achados à escrita destes escolares. MÉTODO: participaram deste estudo 80 escolares da 2ª à 4ª série do ensino fundamental, na faixa etária de 7 a 12 anos de idade, de ambos os gêneros, distribuídos em: GI: formado por 20 escolares com dislexia, GII: formado por 20 escolares com distúrbio de aprendizagem, GIII: formado por 20 escolares com dificuldades de aprendizagem e GIV: formado por 20 escolares sem dificuldades de aprendizagem. Os escolares foram submetidos à avaliação da função motora fina, sensorial e perceptiva e análise da escrita por meio da escala de disgrafia. RESULTADOS: os resultados evidenciaram que a maioria dos grupos apresentou desempenho inferior nas provas de FMF7 (oposição de dedos), S8 (grafoestesia) e P1 (imitar posturas). Os GI e GII foram os grupos que apresentaram desempenho inferior na maioria das provas em relação aos GIII e GIV. Quanto à grafia, observou-se que no GII todos os escolares são disgráficos. CONCLUSÃO: a presença de alterações motora fina, sensorial e perceptiva é característica de escolares com distúrbio de aprendizagem e dislexia, entretanto esta característica pode ou não ser encontrada nos escolares com dificuldades de aprendizagem, sendo, portanto, esta alteração responsável pelo comportamento disgráfico dos escolares com transtornos de aprendizagem deste estudo.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: fine motor function of school-aged children with dyslexia, learning disabilities and learning difficulties. AIM: this study aimed to characterize the fine motor, sensory and perceptive function of school-aged children with dyslexia, learning disabilities and learning difficulties and to correlate these results with the analysis of the children's handwriting. METHOD: participants were 80 2nd to 4th graders, ranging in age from 7 to 12 years, of both genders, divided as follows: GI: composed of 20 students with dyslexia, GII: composed of 20 students with learning disabilities, GIII: composed of 20 students with learning difficulties and GIV: composed of 20 good readers. All of the children were submitted to an assessment of the fine motor, sensorial and perceptive functions using the Dysgraphia Scale. RESULTS: the results indicated that most groups presented a poor performance in tests of FMF7 (fingers opposition), S8 (graphestesia) and P1 (body imitation). GI and GII were the groups that presented the worst performance in most of the tests when compared to GIII and GIV. Regarding handwriting, it was observed that all of the children in GII are dysgraphics. CONCLUSION:the presence of motor, sensorial and perceptive alterations is a characteristic of children with learning disabilities and dyslexia. However this characteristic may or may not be found in children with learning difficulties, therefore motor, sensorial and perceptive alterations are responsible for the dysgraphic behavior observed in the children with learning disabilities of the present study.
  • School performance and praxis assessment in children with Rolandic Epilepsy Artigos Originais de Pesquisa

    Oliveira, Ecila Paula dos Mesquita de; Neri, Marina Liberalesso; Medeiros, Lívia Lucena de; Guimarães, Catarina Abraão; Guerreiro, Marilisa Mantovani

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: Epilepsia Rolândica é a forma mais freqüente de epilepsia da infância. Ela é classificada como idiopática, idade-dependente e de evolução benigna. A ausência de comprometimento neuropsicológico faz parte dos critérios de benignidade desta síndrome epiléptica.Entretanto, recentemente têm sido sugeridos vários déficits relacionados à atenção e linguagem. OBJETIVO: o objetivo desse trabalho foi avaliar o desempenho escolar e investigar dificuldades práxicas em pacientes com epilepsia rolândica e comparar a um grupo controle composto por crianças normais com idade, gênero e nível escolar equivalentes. MÉTODO: dezenove pacientes com idade entre 7 e 12 anos foram submetidos a avaliação neurológica clínica, avaliação psicológica, através das Escalas Weschsler de Inteligência e avaliação fonoaudiológica, onde foram avaliados o desempenho escolar e a investigação da presença ou não de dificuldades práxicas. RESULTADOS: os dados mostraram que apesar da eficiência intelectual (medida pelo Quociente Inteligência - QI) estar dentro da média, crianças com epilepsia rolândica mostraram um desempenho significativamente mais pobre do que o grupo controle em provas de escrita, aritmética e leitura. Outro aspecto importante evidenciado foi a ausência de apraxia orofacial nas crianças do grupo afetado. CONCLUSÃO: deve ser ressaltado que a avaliação de crianças com epilepsia é necessária porque isso pode revelar distúrbios específicos que exigem ajuda profissional apropriada. Analisando a ocorrência de distúrbios de linguagem oral e/ou escrita nessas crianças, pode-se evitar um maior prejuízo acadêmico, social e emocional, afinal o prognóstico de uma síndrome epiléptica não depende exclusivamente do controle de crises, pois problemas sociais ou culturais podem interferir tanto quanto as crises na qualidade de vida dos pacientes.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Rolandic Epilepsy is the most common form of childhood epilepsy. It is classified as idiopathic, age-related epileptic syndrome with benign evolution. The absence of neuropsychological impairment is part of the criteria of benignity of this epilepsy syndrome. Recently, however, several deficits related to attention and language have been suggested. AIM: to assess school performance and to investigate praxis problems in patients with rolandic epilepsy in comparison to a control group of normal children, paired by age, gender and educational level. METHOD: nineteen patients aged between 7 and 12 years underwent clinical neurological evaluation, psychological assessment, through the Weschsler Scales of Intelligence, and language evaluation, to assess the academic performance and to investigate the presence or absence of praxis difficulties. Result: the obtained data indicate that although intellectual efficiency (measured through the Intelligence Quatient - IQ) was within average, children with rolandic epilepsy presented a significantly poorer performance when compared to the control group in tests involving writing, arithmetic and reading. Another important aspect was the absence of orofacial apraxia in children with epilepsy. CONCLUSION: the results of the study suggest that the assessment of children with epilepsy is necessary to investigate specific deficits that require appropriate professional assistance. Regarding the presence of oral language and/or writing disorders in these children, academic, social and emotional deficits can be avoided. The prognosis of epileptic syndrome does not exclusively depend on the control of the crises, since social or cultural problems can interfere in life quality as much as the crisis.
  • Behavioral and cognitive phenotype of children and adolescents with Williams-Beuren Syndrome Artigos Originais de Pesquisa

    Teixeira, Maria Cristina Triguero Veloz; Monteiro, Camila Rondinelli Cobra; Velloso, Renata de Lima; Kim, Chong Ae; Carreiro, Luiz Renato Rodrigues

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: a Síndrome de Williams-Beuren (SWB) é uma aneusomia segmentar devido à deleção de múltiplos genes no braço longo do cromossomo 7 (região 7q11-23) associada a alterações comportamentais e cognitivas. Para que a inclusão escolar dessas crianças seja eficaz são necessárias abordagens multidisciplinares que orientem professores e pais. OBJETIVO: descrever o perfil comportamental, cognitivo e de linguagem e identificar comportamentos autísticos em um grupo de crianças e adolescentes com SWB. MÉTODO: 10 crianças e adolescentes com diagnóstico clínico e/ou citogenético-molecular de SWB na faixa de 5 a 16 anos, e 10 crianças e adolescentes com desenvolvimento típico, pareados por sexo e idade. Instrumentos utilizados: Teste de Inteligência Não Verbal (Leiter-R); Inventário de Comportamentos para Crianças e Adolescentes - Child Behavior Checklist (CBCL/1½-5; CBCL/6-18); Exame de Linguagem (TIPITI) e o Autism Screening Questionaire (ASQ). RESULTADOS: o grupo com SWB demonstrou alterações comportamentais do tipo desatenção e problemas sociais em comparação com o grupo controle (GC). Na escala Leiter-R os escores de inteligência dos participantes com SWB foram abaixo da média para a idade (67,8 pontos) em comparação ao GC (101,2). O ASQ identificou um participante com comportamentos autísticos. O grupo com a síndrome apresentou defasagem na estruturação no nível morfossintático e elevado número de respostas ecolálicas nas provas do TIPITI, quando comparados ao GC. CONCLUSÃO: em função dos problemas comportamentais e cognitivos encontrados nos participantes com SWB confirma-se a necessidade de um acompanhamento multidisciplinar focado na estimulação cognitiva e controle comportamental, devido à interferência destas características na escolarização.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Williams-Beuren Syndrome (WBS) is a genetic disorder caused by the deletion of multiples genes of long arm of chromosome 7 (region 7q11-23), which causes behavioral and intellectual disability. For the effectiveness of educational inclusion of these children, multidisciplinary approaches are needed to guide teachers and parents. AIM: to describe the behavioral, cognitive and language profiles and to identify autistic behavior in a group of children and adolescents with WBS. METHOD: 10 children and adolescents with WBS, aged 5 to 16 years, and 10 children and adolescents with typical development, matched by gender and age. Instruments used for assessment were: Nonverbal Intelligence Test (Leiter-R); Child Behavior Checklist (CBCL/1½-5; CBCL/6-18); Language Exam (TIPITI) and the Autism Screening Questionnaire (ASQ). RESULTS: the group with WBS presented a greater number of behavioral changes with more inattention and social problems. Regarding the Leiter-R scale the intelligence scores were below the average for age (67.8 points) in WBS. The control group (CG) scored into the average (101.2). The group with WBS presented discrepancy in the morphosyntactic structure as well as an increased number of echolalia in the subtests of TIPITI, when compared to the CG. CONCLUSION: based on the behavioral and cognitive problems found in individuals with WBS, the need for a multidisciplinary follow-up focused on cognitive stimulation and behavior control is confirmed, due to the interference of these characteristics in learning abilities.
  • Classical singing handicap index (CSHI) in erudite singers Artigos Originais de Pesquisa

    Ávila, Maria Emília Barros de; Oliveira, Gisele; Behlau, Mara

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: auto-avaliação da alteração vocal na qualidade de vida de cantores eruditos. OBJETIVO: verificar se a presença de queixa vocal em cantores eruditos produz desvantagem na qualidade de vida no que diz respeito ao uso da voz cantada e se tal desvantagem pode estar relacionada ao sexo, à idade, à classificação vocal ou ao tempo de canto. MÉTODO: 59 cantores eruditos profissionais, coralistas, preencheram um questionário com perguntas gerais de identificação, classificação vocal, idade, tempo de estudo e dedicação ao canto lírico. Os coralistas foram categorizados em dois grupos de acordo com a presença ou não de queixa vocal. Todos preencheram o protocolo de índice de desvantagem vocal pra o canto clássico (IDCC), que analisa o impacto da alteração vocal na voz cantada em três subescalas: incapacidade, desvantagem e defeito. RESULTADOS: as subescalas defeito (6,39) e incapacidade (5,39) apresentaram maiores escores que a subescala desvantagem (3,34), para todos os cantores. Além disso, foi observada relação estatisticamente significante entre a presença de queixa vocal e maior escore do IDCC (p < 0,001 para todas as subescalas). No grupo com queixa, mulheres apresentaram na subescala incapacidade maior escore que os homens; no grupo sem queixa, indivíduos com mais idade e mais tempo de canto apresentaram menores escores de IDCC. CONCLUSÃO: cantores líricos com queixa e/ou sintomas vocais apresentam maior índice de desvantagem no canto, com maior expressão nas subescalas de defeito e incapacidade, sem relação com a classificação vocal.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: self-assessment of the impact of vocal deviation in the quality of life of erudite singers. AIM: to verify whether the presence of vocal complaints in erudite singers produces quality of life handicap in the use of singing voice and whether this handicap is related to gender, age, vocal classification or time of singing. METHOD: fifty-nine professional erudite choir singers answered the questionnaire including general questions such as identification, vocal classification, gender, time of study and dedication to classical singing. The choir singers were categorized into two groups, according to the presence of vocal complaints. They all answered the protocol Classical Singing Handicap Index (CSHI), which analyzes the impact of abnormal voice on singing voice in three subscales: Disability, Handicap and Impairment. RESULTS: subscales Impairment (6.39) and Disability (5.39) presented higher scores than subscale Handicap (3.34) for all singers. Moreover, there was statistically significant correlation between presence of vocal complaint and higher score of CSHI (p > 0.001 to all subscales). In the group with complaints, women had higher score in subscale Disability than men. In the group without complaints, older subjects and those who had sung longer presented lower CSHI scores. CONCLUSION: singers with vocal complaints and/or symptoms had higher handicap index in singing, expressed in subscales Impairment and Disability, without relationship with vocal classification.
  • Movie subtitles reading skills of elementary school children Artigos Originais de Pesquisa

    Minucci, Michele Viana; Cárnio, Maria Silvia

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: as habilidades de leitura de textos fixos em escolares são amplamente conhecidas, no entanto ainda não se sabe como os escolares realizam a leitura de textos móveis e quais habilidades são necessárias para este tipo de leitura. OBJETIVO : avaliar as habilidades de leitura de legendas de filmes em escolares de segunda e quarta série do ensino fundamental de uma escola pública. MÉTODO: análise do nível e habilidades de leitura de legenda de filmes, por meio da recontagem de um trecho de filme assistido, de forma individual, sem som e com legenda, por 60 escolares, sendo 30 de segunda série e 30 de quarta série, pareados quanto ao gênero e idade. RESULTADOS: não foram encontradas diferenças significantes quanto aos níveis de letramento escolar entre as duas séries. Quanto às habilidades e ao nível de leitura de legenda de filmes os escolares de quarta série obtiveram desempenho significativamente superior aos de segunda série, uma vez que apresentaram habilidades referentes aos níveis de compreensão literal e compreensão independente, enquanto os de segunda série, em média ficaram no nível de decodificação. CONCLUSÃO: os escolares de segunda série estão em nível de decodificação, enquanto os de quarta série encontram-se em nível de compreensão literal de leitura de legenda de filmes, demonstrando que a escolaridade influencia a leitura de legenda de filmes. Entretanto, o grau de letramento escolar não foi um fator significante para a leitura de legenda de filmes.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: the abilities of school children for reading static texts have been widely discussed, however little is known about how well they can read dynamic texts and what skills are required for this kind of reading. AIM: to evaluate the skills involved in reading movie subtitles of 2nd and 4th graders of students at the a public school. METHOD: analysis of the level and skills needed for movie subtitles reading, through the retelling of a section of a movie watched individually by 60 students, 30 2nd graders and 30 4th graders matched for age and gender, with no sound and with subtitles. RESULTS: there were no significant differences in the level of school literacy between students of the different school grades. Considering the skills and the subtitles reading level, 4th graders presented a significant better performance when compared to the 2nd graders. Fourth graders presented skills related to the levels of literal comprehension and independent comprehension, whereas 2nd graders where mostly at the decoding level. CONCLUSION: 2nd graders are at the textual decoding level of movie subtitles, while 4th graders are at the literal comprehension level of movie subtitles. This indicates that schooling has an influence on the reading of movie subtitles. However, the school literacy literacy was not a significant factor for movie subtitles reading.
  • Temporal resolution and selective attention of individuals with tinnitus Artigos Originais de Pesquisa

    Acrani, Isabela Olszanski; Pereira, Liliane Desgualdo

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: é comum a queixa de dificuldade de compreensão da fala em indivíduos que apresentam zumbido com ou sem perda auditiva. Para conhecer se o zumbido interfere no processamento auditivo e compreensão da fala em sujeitos com audiometria normal, foi realizado este trabalho. OBJETIVO: foi avaliar e comparar o comportamento auditivo de resolução temporal e de atenção seletiva de indivíduos adultos com audiometria normal, com e sem zumbido. MÉTODO: 45 indivíduos, 15 com zumbido constante e 30 sem zumbido, foram selecionados e avaliados por meio de três testes de processamento auditivo: Teste de Fala com Ruído Branco, Teste Dicótico de Dígitos e Gaps In Noise. Em seguida os resultados de cada grupo foram comparados entre si, utilizando testes estatísticos apropriados, dentre eles o ANOVA. RESULTADOS: não foi observada diferença estatisticamente significante entre os grupos em ambas as orelhas. CONCLUSÃO: o zumbido não interferiu nas habilidades auditivas de atenção seletiva e resolução temporal.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: speech comprehension difficulty is a very common complaint of individuals with tinnitus with and without hearing loss. This study was conducted in order to analyze if tinnitus interferes in auditory processing and speech comprehension in individuals with normal hearing levels. AIM: to asses and compare the auditory behavior of temporal resolution and selective attention of adults with normal hearing levels with and without tinnitus. METHOD: 45 individuals, 15 with continuous tinnitus and 30 without tinnitus were selected and assessed by three auditory processing tests: Speech in Noise Test, Dichotic Digits Test and Gaps in Noise. After that, the results of each group were compared by appropriated statistic's tests; one of them was ANOVA. RESULTS: there were no significant statistical differences between the groups and both ears. CONCLUSION: tinnitus did not interfere in the auditory abilities of selective attention and temporal resolution.
  • Students' performance in phonological awareness, rapid naming, reading, and writing Artigos Originais de Pesquisa

    Capellini, Simone Aparecida; Lanza, Simone Cristina

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: consciência fonológica, nomeação rápida, leitura e escrita em escolares de ensino público com dificuldades de aprendizagem. OBJETIVO: caracterizar e comparar o desempenho de escolares com e sem dificuldades de aprendizagem do ensino público municipal em consciência fonológica, nomeação rápida, leitura e escrita. MÉTODO: participaram deste estudo 60 escolares de 2ª a 4ª séries de escola de ensino público municipal, distribuídos em 6 grupos, sendo cada grupo composto por 10 escolares, divididos em 3 subgrupos de escolares sem dificuldades de aprendizagem e 3 subgrupos de escolares com dificuldades de aprendizagem. Como procedimentos, foram realizadas provas de: nomeação automática rápida, consciência fonológica e leitura oral e escrita sob ditado. RESULTADOS: os resultados deste estudo evidenciaram desempenho superior dos escolares sem dificuldades de aprendizagem em relação àqueles com dificuldades. Os escolares com dificuldades de aprendizagem apresentaram maior relação velocidade/tempo em tarefas de nomeação e, consequentemente, desempenho inferior em tarefas de consciência fonológica e leitura e escrita de palavras isoladas quando comparados aos sem dificuldades de aprendizagem. CONCLUSÃO: os escolares com dificuldades de aprendizagem apresentaram comprometimento na relação entre as capacidades de nomeação e automatização dos estímulos apresentados com a capacidade de acesso lexical, discriminação visual, frequência de uso dos estímulos e competição para a apresentação do menor tempo possível na nomeação dos códigos necessários para o estabelecimento do mecanismo de conversão fonema-grafema, exigido para a realização da leitura e escrita em um sistema alfabético como o Português.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: phonological awareness, rapid naming, reading and writing in students with learning difficulties of a municipal public school. AIM: to characterize and compare the performance of students from public schools with and without learning difficulties in phonological awareness, rapid naming, reading and writing. METHOD: participants were 60 students from the 2nd to the 4th grades of municipal public schools divided into 6 groups. Each group was composed by 10 students, being 3 groups of students without learning difficulties and 3 groups with students with learning difficulties. As testing procedure phonological awareness, rapid automatized naming, oral reading and writing under dictation assessments were used. RESULTS: the results highlighted the better performance of students with no learning difficulties. Students with learning difficulties presented a higher ratios considering time/speed in rapid naming tasks and, consequently, lower production in activities of phonological awareness and reading and writing, when compared to students without learning difficulties. CONCLUSION: students with learning difficulties presented deficits when considering the relationship between naming and automatization skills, and among lexical access, visual discrimination, stimulus frequency use and competition in using less time for code naming, i.e. necessary for the phoneme-grapheme conversion process required in the reading and writing alphabetic system like the Portuguese language.
  • Mild hearing loss: performance in the Sustained Auditory Attention Ability Test Artigos Originais de Pesquisa

    Mondelli, Maria Fernanda Capoani Garcia; Carvalho, Fernanda Ribeiro Pinto de; Feniman, Mariza Ribeiro; Lauris, José Roberto Pereira

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: a perda auditiva na infância é um fator de risco para o atraso no desenvolvimento. OBJETIVO: verificar o desempenho de crianças diagnosticadas com perda auditiva de grau leve - condutiva e sensorioneural, no Teste da Habilidade de Atenção Auditiva Sustentada (THAAS), visando constatar se este teste sofre influência da presença de uma perda auditiva. MÉTODO: estudo clínico do THAAS em 3 grupos: Grupo 1 (G1) grupo controle formado por crianças com audição normal, Grupo 2 (G2) crianças com deficiência auditiva sensorioneural bilateral de grau leve e Grupo 3 (G3) composto por crianças com perda auditiva condutiva bilateral de grau leve. Estudo prospectivo. Participantes: 90 crianças com idade entre 7 e 11 anos de idade, sendo 30 de cada grupo. Intervenções: Audiometria Tonal Limiar, Imitanciometria e THAAS. RESULTADOS: os grupos sensorioneural e condutivo apresentaram desempenho inferior ao grupo controle em todas as respostas do THAAS. CONCLUSÃO: o THAAS sofreu influência das perdas auditivas de grau leve, condutivas e sensorioneurais, sendo o pior comprometimento para perdas sensorioneurais.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: hearing loss during childhood is considered a risk factor for developmental delay. AIM: to verify the performance of children diagnosed with mild hearing loss, conductive and sensorineural, in the Sustained Auditory Attention Ability Test (SAAAT). The purpose of the study was to verify if the test is influenced by the presence of hearing impairment. METHOD: a clinical study of the SAAAT considering three groups: Group 1 (G1) control group composed by children with normal hearing, Group 2 (G2) composed by children with mild bilateral sensorineural hearing loss and Group 3 (G3), composed by children with mild bilateral conductive hearing loss. Participants were children with ages between 7 and 11 years; 30 children in each group. A prospective study. Interventions: Pure Tone Audiometry, Acoustic Imittance Measures and SAAAT. Result: children with sensorineural and conductive hearing loss presented a lower performance in all of the SAAT results when compared to the control group. CONCLUSION: the SAAAT was influenced by the presence of mild hearing impairment, considering that the greatest influence was observed in the presence of sensorineural hearing loss.
  • Communicative performance of children with Down syndrome in two different situations Artigos Originais de Pesquisa

    Porto-Cunha, Eliza; Limongi, Suelly Cecilia Olivan

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: análise dos aspectos pragmáticos da linguagem de crianças com síndrome de Down. OBJETIVO: verificar influência de variáveis ambientais e contextuais nos aspectos pragmáticos da linguagem de crianças com síndrome de Down, na interação com seu cuidador e com seu terapeuta e comparar o desempenho da criança nas duas situações. MÉTODO: participaram desse estudo 15 crianças com síndrome de Down, com idade entre 4 e 6:11 anos. Os dados foram obtidos por meio de anamnese, protocolo de avaliação pragmática da linguagem e questionário para determinar o nível econômico da família. Os dados obtidos nas duas situações foram comparados e realizou-se estudo estatístico. RESULTADOS: o nível econômico e o grau de escolaridade do cuidador foram os fatores que mais influenciaram os aspectos pragmáticos da criança nas duas situações. As crianças usaram sua comunicação de forma funcional e equilibrada em relação ao adulto e as funções comunicativas mais utilizadas por elas foram reconhecimento do outro, comentário e performativo. Foi observado que as crianças apresentaram desempenho comunicativo semelhante nas duas situações. CONCLUSÃO: o baixo nível econômico da família e o baixo grau de escolaridade do cuidador podem ser considerados como fatores de risco para o desenvolvimento dos aspectos pragmáticos da linguagem de crianças com SD e essas famílias devem ter atenção especial do fonoaudiólogo durante o processo terapêutico. Independente do interlocutor, essas crianças foram capazes de iniciar e manter a comunicação, utilizando os modos e funções comunicativas de forma semelhante.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: analysis of the pragmatic aspects of language in children with Down syndrome. AIM: to verify the influence of environmental and contextual variables in the pragmatic aspects of language of Down syndrome (DS) children when interacting with their caregivers and therapist, and to compare their performance in both situations. METHOD: participants were 15 children with DS with ages ranging from 4 to 6.11 years. Data were obtained through anamnesis, the protocol of functional communicative profile, and a socioeconomic questionnaire. Data obtained from both interaction situations (with the caregiver and with the therapist) were compared, and submitted to statistical analysis. RESULTS: Caregiver's socioeconomic and educational levels were the variables that most had an influence on the pragmatic aspects of the child in both interaction situations. Children presented proportional rates of functional communication when compared to the data obtained for their caregivers and the communicative functions more frequently used by them were recognition of others, comment and performative. Comparisons between the interaction situations indicated no statistically significant differences concerning the children's communicative performance. CONCLUSION: caregivers' socioeconomic and educational levels might be considered risk factors for the development of the pragmatic aspects of language in children with DS and special attention should be given to these families during the speech-language therapeutic process. Independently of the interlocutor, these children were able to initiate and maintain communication, using communicative means and functions in a similar fashion.
  • GIN Test (Gaps-in-Noise) in normal listeners with and without tinnitus Artigos Originais de Pesquisa

    Sanches, Seisse Gabriela Gandolfi; Samelli, Alessandra Giannella; Nishiyama, Anne Kellie; Sanchez, Tanit Ganz; Carvallo, Renata Mota Mamede

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: o teste Gaps-in-Noise (GIN) avalia a habilidade auditiva de resolução temporal. Estudos têm mostrado o teste GIN como um instrumento de fácil aplicação, com boa sensibilidade e especificidade. OBJETIVO: comparar os resultados do teste GIN em ouvintes normais com e sem zumbido e fazer a correlação entre os resultados deste, os limiares tonais e idade. MÉTODO: foram avaliados 44 adultos (limiares tonais 25 dBNA nas freqüências de 0,25 a 8 kHz), formando 2 grupos: Grupo Controle composto por 23 sujeitos, 8 homens e 15 mulheres, sem queixa de zumbido, idade entre 22 e 40 anos (média 29,7); Grupo Pesquisa formado por 18 indivíduos, 3 homens e 15 mulheres, com queixa de zumbido, idade entre 21 e 45 anos (média 31,3). Os sujeitos foram submetidos à audiometria tonal e vocal, imitanciometria e ao teste GIN. Para a análise estatística foi adotado nível de significância de 0.05. RESULTADOS: na audiometria tonal, a média global dos limiares tonais foi mais elevada para o Grupo Pesquisa, comparado ao Grupo Controle (p = 0,001). A comparação do desempenho no teste GIN mostrou que o Grupo Controle detectou intervalos de silêncio em média com intervalo de tempo menor que o Grupo Pesquisa (p < 0,001). Não houve correlação entre a idade dos sujeitos e o limiar do GIN. CONCLUSÃO: o teste GIN identificou prejuízo na habilidade auditiva de resolução temporal nos indivíduos com zumbido. Na faixa etária pesquisada (entre 21 e 45 anos) não houve correlação entre a idade e os resultados do teste GIN.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: the Gaps-in-Noise (GIN) test assesses the auditory temporal resolution skill. Studies have described the GIN test an instrument of easy application and with good sensitivity and specificity. AIM: to compare the results of the GIN test in normal listeners with and without tinnitus and to correlate the obtained results with pure tone thresholds and age. METHOD: hearing tests were performed in 44 subjects (hearing threshold up to 25 dB HL in the frequencies of 0.25 to 8 kHz). Two groups were considered for comparison: the Control Group with 23 subjects, 8 men and 15 women, aged between 22-40 (mean 29.7), and the Research Group with 18 tinnitus patients, 3 men and 15 women, aged between 21-45 (mean 31.3). All subjects underwent pure tone audiometry, speech tests, acoustic immittance measurements and the GIN test. For the statistical analysis, the significance level of 0.05 was adopted. RESULTS: considering pure tone audiometry, the overall mean for hearing thresholds was significantly higher for the Research Group when compared to the Control Group (p = 0.001). The comparison between the groups for the performance in the GIN test indicated that the Control Group detected gaps with a shorter time interval than the Research Group (p < 0.001). There was no correlation between the age of the subjects and the level of the GIN test. CONCLUSION: the GIN test identified deficit in the hearing skill of temporal resolution in patients with tinnitus. In the studied age group (21 to 45 years) there was no correlation between age and the results obtained in the GIN test.
  • Expressive vocabulary and auditory processing in children with deviant speech acquisition Artigos Originais de Pesquisa

    Quintas, Victor Gandra; Mezzomo, Carolina Lisbôa; Keske-Soares, Márcia; Dias, Roberta Freitas

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: vocabulário expressivo e processamento auditivo em crianças com desvio fonológico. OBJETIVOS: comparar o desempenho de crianças com desvio fonológico em teste de vocabulário com as normas apresentadas pelo mesmo e verificar a possível relação entre seus desempenhos nos testes de vocabulário e o déficit do processamento auditivo. MÉTODOS: participaram da pesquisa 12 crianças com diagnóstico de desvio fonológico, com idades entre 5:0 anos e 7:0 anos e de ambos os sexos. Foi feita avaliação do vocabulário através do uso do ABFW, e avaliação simplificada do processamento auditivo (triagem), Dicótico de Dissílabos Alternados - Staggered Spondaic Word (SSW), Teste de Padrão de Frequência - Pitch Pattern Sequence (PPS) e o Teste de Fusão Binaural (FB). RESULTADOS: quanto ao vocabulário, todas as crianças obtiveram resultados sem diferenças estatisticamente significantes. Quanto ao processamento auditivo, todas as crianças tiveram resultados aquém do esperado, com exceção da triagem com média de 8,25. Nos outros testes as médias de acerto foram, no SSW de 6,50, no PPS de 10,74 e no FB de 7,10. Ao relacionar as duas avaliações, considerando-se p > 0,05, os resultados mostraram que, apesar da normalidade, quanto menor o valor obtido no processamento, menor o número de acertos apresentados no teste de vocabulário, mostrando certa tendência, principalmente nos campos "meios de transporte e profissões". Das classes, o PS (processos de substituição), foi o que obteve maior aumento significativo, sendo em todos os campos semânticos. CONCLUSÃO: há uma correlação entre processamento auditivo e o léxico, onde o vocabulário pode ser influenciado em crianças com aquisição de fala desviante.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: expressive vocabulary and auditory processing in children with phonological disorder. AIM: to compare the performance of children with phonological disorder in a vocabulary test with the parameters indicated by the same test and to verify a possible relationship between this performance and auditory processing deficits. METHOD: participants were 12 children diagnosed with phonological disorders, with ages ranging from 5 to 7 years, of both genders. Vocabulary was assessed using the ABFW language test and the simplified auditory processing evaluation (sorting), Alternate Dichotic Dissyllable - Staggered Spondaic Word (SSW), Pitch Pattern Sequence (PPS) and the Binaural Fusion Test (BF). RESULTS: considering performance in the vocabulary test, all children obtained results with no significant statistical. As for the auditory processing assessment, all children presented better results than expected; the only exception was on the sorting process testing, where the mean accuracy score was of 8.25. Regarding the performance in the other auditory processing tests, the mean accuracy averages were 6.50 in the SSW, 10.74 in the PPS and 7.10 in the BF. When correlating the performance obtained in both assessments, considering p>0.05, the results indicated that, despite the normality, the lower the value obtained in the auditory processing assessment, the lower the accuracy presented in the vocabulary test. A trend was observed for the semantic fields of "means of transportation and professions". Considering the classification categories of the vocabulary test, the SP (substitution processes) were the categories that presented the higher significant increase in all semantic fields. CONCLUSION: there is a correlation between the auditory processing and the lexicon, where vocabulary can be influenced in children with deviant speech acquisition.
  • Audiological manifestations in children and adults with AIDS Artigos Originais de Pesquisa

    Matas, Carla Gentile; Santos Filha, Valdete Alves Valentins dos; Juan, Kleber Ramos de; Pinto, Fernanda Rodrigues; Gonçalves, Isabela Crivellaro

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: a literatura relata a ocorrência de alteração auditiva em pacientes com HIV/AIDS, podendo esta ser decorrente de comprometimentos na orelha externa, média e/ou interna. OBJETIVOS: caracterizar e comparar os resultados da avaliação audiológica e do Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico de crianças e adultos com AIDS. MÉTODOS: foram submetidos à avaliação audiológica e eletrofisiológica (Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico) 51 crianças e 22 adultos com AIDS (grupos pesquisa I e II respectivamente) e 50 crianças e 25 adultos saudáveis (grupos controle I e II respectivamente), com idade entre três e 10 anos (crianças) e entre 18 e 50 anos (adultos). RESULTADOS: nas crianças com AIDS foram mais frequentes as alterações de orelha média e nos adultos as de orelha interna, bem como maior ocorrência de resultados alterados no potencial evocado auditivo de tronco encefálico nos adultos quando comparados às crianças. CONCLUSÃO: crianças e adultos com AIDS apresentam alterações na avaliação audiológica e no potencial evocado auditivo de tronco encefálico, sugestivas de comprometimento das vias auditiva periférica e central. Os resultados enfatizam a eficácia da utilização dos testes eletrofisiológicos da audição para melhor definição do grau de lesão encefálica em pacientes com AIDS, permitindo ainda a monitorização da velocidade de evolução da doença.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: according to the literature, the incidence of hearing impairment in patients with HIV / AIDS might be caused by alterations in external, middle and / or internal ear. AIM: to characterize and to compare the results of audiological assessment and Auditory Brainstem Response in children and adults with AIDS. METHOD: audiological and electrophysiological (Auditory Brainstem Response) assessment of hearing was carried out in 51 children and 22 adults with HIV/AIDS (research groups I and II, respectively) and in 50 healthy children and 25 healthy adults (control groups I and II, respectively). Participants ranged in age between 3 and 10 years (children) and between 18 and 50 years (adults). RESULTS: the most frequent observed alteration for children with AIDS was related to the middle ear whereas for adults with AIDS it was related to the internal ear. Higher occurrence of abnormal results was observed for adults with AIDS as compared to children with AIDS. CONCLUSION: children and adults with AIDS present alterations in audiological assessment and Auditory Brainstem Response. This suggests the involvement of peripheral and central auditory pathways. Findings of the present study emphasize the effectiveness of using electrophysiological hearing measures in order to better identify the brain injury level in patients with AIDS, besides allowing the monitoring of the development rate of the disease.
  • Speech perception in pre-lingual deaf users of cochlear implant Artigos Originais de Pesquisa

    Angelo, Thais Corina Said de; Bevilacqua, Maria Cecília; Moret, Adriane Lima Mortari

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: o implante coclear é um dispositivo eletrônico bastante promissor quanto aos benefícios, já que proporciona para a criança surda a apropriação da linguagem oral incidental. OBJETIVOS: avaliar o desempenho de audição do grupo das 60 primeiras crianças com deficiência auditiva neurossensorial pré-lingual implantadas no Centro de Pesquisas Audiológicas do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo (CPA-HRAC/USP), após 16 anos de funcionamento do programa de implante coclear. MÉTODOS: foram avaliadas 57 crianças com idades entre 9 e 18 anos, utilizando os seguintes testes de percepção de fala: listas de reconhecimento de vocábulos monossílabos e dissílabos; listas de reconhecimento de sílabas sem sentido - Consonant Confusion Study - Confuse Program (apresentado no software do Sistema de Implante Coclear Nucleus, na sua unidade de programação - versão 6.90); listas de reconhecimento de sentenças e lista de palavras como procedimento de avaliação de percepção dos sons da fala para crianças deficientes auditivas. RESULTADOS: todas as crianças obtiveram resultados satisfatório com o implante coclear. Nos testes para o índice de reconhecimento de fonemas como para o reconhecimento de palavras, os resultados foram estatisticamente significante para o tipo de implante coclear Med-El em comparação com os demais tipos de implante. CONCLUSÃO: o estudo revela que o implante coclear trouxe benefícios reais para o grupo de crianças estudado, uma vez que possibilitou o desenvolvimento máximo das habilidades auditivas.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: cochlear implant is a rather processing electronic device in terms of its benefits, as it provides the deaf child with the appropriation of incidental oral language. AIM: to evaluate the hearing performance of the first 60 children with pre-lingual sensorineural hearing loss who were implanted at the Audiologic Research Centre of the Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais of the University of São Paulo (CPA-HRAC/USP), 16 years after the implementation of the cochlear implant programme. METHOD: 57 children aged between 9 and 18 years were evaluated using the following speech perception tests: lists of monosyllabic and disyllabic word recognition; lists of meaningless syllables recognition - Consonant Confusion Study - Confuse Program (presented in the System to Deploy Cochlear Nucleus software in its programming unit - version 6.90); lists of sentence recognition and list of words used for the assessment of speech sound perception for children with hearing impairment. RESULTS: all children achieved satisfactory results with the cochlear implant. In the tests involving the index of phoneme and word recognition, the results were statistically significant for the type of cochlear implant Med-El when compared to the other types of implants. CONCLUSION: the study indicates that the cochlear implant has brought real benefits for the group of studied children, as it allowed the maximum development of the auditory skills.
  • Study of suppression effect in the brainstem auditory evoked potential Artigos Originais de Pesquisa

    Matas, Carla Gentile; Silva, Fernanda Nivoloni O; Leite, Renata Aparecida; Samelli, Alessandra Giannella

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: o efeito de supressão com ruído branco contralateral verificado sobre o potencial evocado auditivo de tronco encefálico pode ter influência do sistema auditivo eferente. OBJETIVOS: avaliar o efeito de supressão com ruído branco contralateral no potencial evocado auditivo de tronco encefálico em indivíduos com limiares auditivos dentro da normalidade. MÉTODOS: participaram desta pesquisa 25 indivíduos, de 18 a 30 anos de idade, de ambos os sexos, que foram submetidos à anamnese, inspeção do meato acústico externo, audiometria tonal liminar, logoaudiometria e medidas de imitância acústica, com o objetivo de selecionar os indivíduos com acuidade auditiva normal. Em seguida os indivíduos selecionados realizaram o potencial evocado auditivo de tronco encefálico sem e com ruído branco contralateral. RESULTADOS: na comparação entre as condições sem e com ruído branco contralateral verificou-se diferença estatisticamente significante para a amplitude da onda I e para as latências absolutas das ondas III e V, porém não foi observada diferença estatisticamente significante com relação às latências interpicos. CONCLUSÕES: o presente estudo verificou aumento nas latências e diminuição nas amplitudes das ondas I, III e V na presença de ruído contralateral, quando comparadas as condições com e sem ruído. Estes resultados sugerem uma possível influência do sistema nervoso auditivo eferente na modulação das respostas do potencial evocado auditivo de tronco encefálico quando se utiliza ruído branco contralateral.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: the suppression effect with contralateral white noise observed in the brainstem auditory evoked potential can be influenced by the efferent auditory system. AIM: to evaluate the suppression effect with contralateral white noise in the Brainstem Auditory Evoked Potential of individuals with normal hearing. METHODS: 25 individuals, ranging in age from 18 to 30 years, of both genders, were submitted to a clinical history questionnaire, inspection of the external auditory canal, conventional audiometry, speech audiometry and acoustic immittance measurements. Only individuals with normal hearing thresholds were selected. The selected individuals underwent brainstem auditory evoked potential testing with and without contralateral white noise. RESULTS: a significant statistical difference was observed between the situations with and without contralateral white noise, for wave I amplitude and waves III and V latencies. No statistical differences were observed for the interpeak latencies. CONCLUSION: the present study indicated increased latencies and reduced amplitudes of waves I, III and V with contralateral noise, when comparing the situations with and without noise. These results suggest a possible influence of the efferent auditory system on the response modulation of Brainstem auditory evoked potential when contralateral white noise is used.
  • Phonological awareness and writing skills in children with Down syndrome Artigos Originais de Pesquisa

    Lavra-Pinto, Bárbara de; Lamprecht, Regina Ritter

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: síndrome de Down, consciência fonológica, escrita e memória de trabalho. OBJETIVOS: avaliar a consciência fonológica de crianças brasileiras com síndrome de Down. Analisar a relação existente entre as hipóteses de escrita dos participantes e os escores de consciência fonológica. Comparar o desempenho de crianças com síndrome de Down aos resultados esperados para crianças com desenvolvimento típico de acordo com a Conciência Fonológica. Instrumento de Avaliação Sequencial (CONFIAS), utilizando as hipóteses de escrita como critério de emparelhamento. Verificar a correlação entre medidas de consciência fonológica e memória de trabalho fonológica. MÉTODOS: onze crianças com idades cronológicas entre 7 e 14 anos (média: 9a10m) constituíram a amostra. A consciência fonológica foi avaliada utilizando-se o CONFIAS. A memória de trabalho fonológica foi avaliada através de um instrumento elaborado pela pesquisadora. RESULTADOS: os sujeitos avaliados apresentaram níveis mensuráveis de consciência fonológica por meio da aplicação do CONFIAS. Os escores de consciência fonológica e as hipóteses de escrita apresentaram associação positiva significativa. O desempenho das crianças com síndrome de Down foi significativamente inferior ao de crianças com desenvolvimento típico e mesma hipótese de escrita. As medidas de consciência fonológica e de memória de trabalho fonológica apresentaram correlações positivas significativas. CONCLUSÃO: a consciência fonológica de crianças brasileiras com síndrome de Down pode ser avaliada utilizando-se o CONFIAS. A consciência silábica aprimora-se com a alfabetização, já a consciência fonêmica parece surgir como resultado do aprendizado da língua escrita. A memória de trabalho fonológica influencia o desempenho de crianças com a síndrome em tarefas de consciência fonológica.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: Down syndrome, phonological awareness, writing and working memory. AIM: to evaluate the phonological awareness of Brazilian children with Down syndrome; to analyze the relationship between the writing hypothesis and the phonological awareness scores of the participants; to compare the performance of children with Down syndrome to that of children with typical development according to the Phonological Awareness: Tool for sequential evaluation (PHONATSE), using the writing hypothesis as a matching criteria; to verify the correlation between the phonological awareness measurements and the phonological working memory. METHOD: a group of eleven children aged between 7 and 14 years (average: 9y10m) was selected for the study. Phonological awareness was evaluated using the PHONATSE. The phonological working memory was evaluated through an instrument developed by the researcher. RESULTS: all subjects presented measurable levels of phonological awareness through the PHONATSE. The phonological awareness scores and the writing hypothesis presented a significant positive association. The performance of children with Down syndrome was significantly lower than children with typical development who presented the same writing hypothesis. Measurements of phonological awareness and phonological working memory presented significant positive correlations. CONCLUSION: the phonological awareness of Brazilian children with Down syndrome can be evaluated through the PHONATSE. Syllable awareness improves with literacy, whereas phonemic awareness seems to result from written language learning. The phonological working memory influences the performance of children with Down syndrome in phonological awareness tasks.
  • Characterization of parturients assisted by the speech therapy care service of a school maternity Artigos Originais de Pesquisa

    Santana, Maria da Conceição Carneiro Pessoa de; Goulart, Bárbara Niegia Garcia de; Chiari, Brasília Maria

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: puérperas atendidas por serviço de Fonoaudiologia. OBJETIVOS: caracterizar a população de puérperas assistidas pelo Serviço de Fonoaudiologia, participantes da segunda etapa do Método Mãe-Canguru, em uma Maternidade Escola referência em alto risco, no ano de 2006. MÉTODOS: estudo descritivo analítico retrospectivo desenvolvido através da análise de 204 prontuários. Foram utilizadas técnicas de estatística descritiva, testes de Mann-Withney para comparação das variáveis sem distribuição normal, considerando significativos valores de p < 0,05. RESULTADOS: a idade média das genitoras foi 24,61 anos (dp = 7,36), sendo 125 (61,27%) oriundas do interior do estado e 102 (50%) solteiras. A maioria da população atendida referiu 4 a 7 anos de estudo (35,29%), ocupação principal atividades domésticas (76,47%) e ausência de experiência prévia quanto ao aleitamento materno (53,43%). O tipo de parto predominante foi cesárea em 98 (48,03%) mulheres e 89 (43,62%) mencionaram a realização de um a três consultas no pré-natal. CONCLUSÃO: a população assistida pelo Serviço de Fonoaudiologia se caracterizou por predominantemente primíparas solteiras, do interior do estado, de baixa renda familiar, sem trabalho remunerado, porém elevada escolaridade, em anos de estudo. Também foram detectados baixo número de consultas pré-natais, tipo de parto cesárea, idade gestacional baixa e elevado tempo de internação hospitalar.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: parturients assisted by a speech therapy care service. AIM: to characterize the parturient population assisted by the Speech Therapy Care Service, who were participating of the second phase of the Kangaroo Mother Method, in a school maternity, reference for high risk cases, in 2006. METHOD: retrospective analytical descriptive study by means of the analysis of 204 medical registers. Descriptive statistical techniques were used as well as the Mann-Whitney test for the comparison of variables without normal distribution. The adopted significance level was of 5%. RESULTS: the mean age of the mothers was of 24.61 years (SD = 7.36), being 125 (61.27%) from the countryside and 201 (50%) single. Most of the assisted population had been to school for 4 to 5 years (35.29%), most were housewives (76.47%) and had no previous experience concerning breastfeeding (53.43%). The prevalent birth method was Caesarean section (n=98; 48.03%) and 89 (43.62%) reported 1 to 3 sessions of pre-natal care counseling. CONCLUSION: the population assisted by the Speech Therapy Care Service was characterized mainly as single precipitous from the countryside, who had low income and no remunerated job, however they presented high schooling in terms of study years. Also a low number of pre-natal counseling sessions was observed, as well as caesarean section, low pregnancy age and extended hospital stay time.
  • Acoustic measurements of the glottal source of normal male voices Artigos Originais de Pesquisa

    Beber, Bárbara Costa; Cielo, Carla Aparecida

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: características vocais acústicas de homens jovens adultos. OBJETIVO: caracterizar as medidas acústicas da fonte glótica de homens adultos jovens com voz e laringe normais e compará-las ao padrão do software usado. MÉTODO: foram selecionados 25 sujeitos do sexo masculino, voz e laringe normais, faixa etária de adulto jovem (20 a 40 anos). Todos tiveram a emissão da vogal [a] analisada pelo Multi Dimensional Voice Program Advanced (MDVPA). Foi realizada a distribuição normal dos resultados de cada medida do programa através do Teste Lilliefords, com nível de significância de 5%. Os parâmetros que tiveram distribuição normal tiveram suas médias comparadas ao padrão de normalidade proposto pelo programa através do Teste t, com nível de significância de 5%. Resultado: o grupo foi caracterizado por 18 médias de medidas acústicas. As medidas de perturbação de frequência e de amplitude foram as que mais se distanciaram da normalidade, apresentando valores altos. Aproximadamente a metade das medidas apresentou distribuição normal. CONCLUSÃO: em homens adultos jovens com voz e laringe normais, as medidas de jitter e de shimmer mostraram-se altas e as de frequência fundamental, de ruído e de instabilidade ficaram dentro do esperado. Aproximadamente a metade das medidas apresentou distribuição normal, predominando as de jitter e de shimmer, podendo ser utilizadas como referência.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: acoustic vocal characteristics of young male adults. AIM: to characterize the acoustic measurements of the glottal source of young male adults with normal voices and larynx and to compare these results to the standard measurements proposed by the software used for this assessment. METHOD: 25 young male individuals (20 to 40 years), who presented normal voices and larynx, were selected. All subjects had the prolonged vowel [a] emission analyzed by the Multi Dimensional Voice Program Advanced (MDVPA). The Lilliefords test, with a significance level of 5%, was used to verify the normal distribution of the results of each measurement. The parameters with normal distribution had their means compared to the standard measurements proposed by the program using the T Test (significance level of 5%). RESULTS: the group was characterized by 18 means of acoustic measurements. Measurements of frequency disturbance and amplitude were the ones that most differed from the standard measurements, presenting higher values. Approximately half of the measurements presented normal distribution. CONCLUSIONS: the measurements of jitter and shimmer of young male adults with normal voices and larynx were high. Measurements of fundamental frequency, noise and instability remained within the expected values. Approximately half of the measurements presented normal distribution prevailing those of jitter and shimmer, indicating that these measurements can be used as a reference.
  • Phonological representation of children with Specific Language Impairment (SLI) Artigos Originais de Pesquisa

    Befi-Lopes, Debora Maria; Pereira, Ana Carulina Spinardi; Bento, Ana Carolina Paiva

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: crianças com Distúrbio Especifico de Linguagem (DEL) apresentam dificuldades no processamento de fala e esses prejuízos afetam o desenvolvimento de representações fonológicas. OBJETIVOS: avaliar as habilidades de crianças em Desenvolvimento Normal de Linguagem (DNL) e com DEL em distinguir palavras de pseudopalavras em uma tarefa de decisão lexical. MÉTODOS: participaram deste estudo dois grupos: Grupo Controle (GC), sem alterações de linguagem, composto por 36 sujeitos, e Grupo Pesquisa (GP), 18 sujeitos, com diagnóstico de DEL, com idades entre 4:0 - 8;9 anos. As crianças de ambos os grupos foram distribuídas em 3 subgrupos de acordo com o vocabulário receptivo. Foram selecionadas 48 palavras trissílabas, sendo 24 palavras reais e 24 que foram manipuladas a fim de se obter pseudopalavras. Três variáveis foram consideradas: (a) extensão de modificação, (b) posição de modificação e (c) tipo de modificação. As crianças deveriam decidir se uma sequência fonológica falada consistia de uma palavra ou não. RESULTADOS: mesmo sendo pareados por idade lexical houve diferença entre os GP e o GC, sendo que o GP apresentou maior dificuldade na decisão lexical tanto de palavras quanto de pseudopalavras. Ambos os grupos com idade lexical de 4 anos apresentaram maior dificuldade na tarefa se compararmos aos grupos de idade lexical maior (5 e 6 anos). CONCLUSÕES: crianças com DEL apresentam déficit na representação fonológica quando comparadas com crianças em DNL e esta diferença de desempenho pode ser explicada pela diferença na formação e retenção das representações na memória de trabalho, discriminação auditiva e planejamento e execução motora.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: children with Specific Language Impairment (SLI) have difficulties with speech processing. These difficulties affect the development of phonologic representations. AIM: to evaluate the abilities of children with normal language development (NLD) and those with SLI in distinguishing words from non-words in a lexical decision task. METHOD: two groups were involved in this study: the Control Group (GC), with no language disorders, composed by 36 subjects, and the Research Group (RG), with 18 subjects, all diagnosed with SLI, aging form 4 to 8:9 years. Children from both groups were arranged in three subgroups, according to the receptive vocabulary. Forty eight three syllable words were selected, being 24 real words and 24 that were manipulated in order to obtain non-words. Three variables were considered: (a) modification extension, (b) modification positioning and (c) modification type. Children had to decide whether a phonological sequence consisted of a word or a non-word. RESULTS: even though children were matched by lexical age, there were differences between GC and RG. The RG presented more difficulty in lexical decision, not only for words but also for non-words. Both groups, with lexical age of 4 years, struggled more in this task when compared with groups with lexical age of 5 and 6 years. CONCLUSION: children with SLI presented deficit in phonological representation when compared with children with NLD. This difference in performance can be explained by differences in the formation and retention of working memory representations, auditory discrimination and motor planning and execution.
  • Hearing discrimination abilities in children with phonological disorders Artigos Originais de Pesquisa

    Santos-Carvalho, Beatriz dos; Mota, Helena Bolli; Keske-Soares, Márcia; Attoni, Tiago Mendonça

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: a habilidade de discriminação auditiva em crianças com desvio fonológico evolutivo. OBJETIVO: investigar esta habilidade nestas crianças, que recebiam ou haviam recebido tratamento fonoaudiológico; verificar se os fonemas alterados no sistema fonológico eram os mesmos não discriminados no teste de figuras para discriminação auditiva (adaptado por Mota et al. 2000, do "The Boston University Speech Sound Discrimination Picture Test") e se as habilidades de discriminação auditiva relacionavam-se com o sexo, a idade e o grau de severidade do desvio fonológico evolutivo. MÉTODO: os dados utilizados foram referentes a 41 crianças, sendo 16 do sexo feminino e 25 do sexo masculino, com idades compreendidas entre 4 anos e 8 anos e 2 meses, e foram coletados por meio da avaliação fonológica da criança e do teste de figuras para discriminação auditiva. RESULTADOS: observou-se que não houve diferença estatisticamente significante de desempenho no teste de figuras para discriminação auditiva entre os sexos e que o melhor desempenho no teste está correlacionado estatisticamente com o avanço da idade cronológica. Quanto mais severo for o desvio fonológico evolutivo maior é o número de fonemas para os quais a criança apresenta inabilidade de discriminação auditiva. CONCLUSÃO: a inabilidade de discriminação auditiva pode ser um fator causal ou agravante do desvio fonológico evolutivo, embora não se aplique a todos os casos.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: hearing discrimination abilities in children with phonological disorders. AIM: to investigate the ability of hearing discrimination in children with Phonological Disorders who received or were receiving phonological treatment; to verify if the altered phonemes were the same as those which were not discriminated in the Picture Test for Hearing Discrimination (adapted for Portuguese language by Mota et al 2000, based on "The Boston University Speech Sound Discrimination Picture Test") and to verify if the ability of hearing discrimination is related to gender, age and the phonological disorder severity level. METHOD: 41 children, 16 females and 25 males, with ages ranging between 4 and 8.2 years were evaluated. Data used for analyses were taken from the results obtained in the Picture Test for Hearing Discrimination and from the Phonological Assessment. RESULTS: no statistically significant difference between genders Statistical analyses also indicated that the performance in the Picture Test for Hearing Discrimination was correlated to age. The more severe the phonological disorder the higher the number of phonemes that were not discriminated. CONCLUSIONS: hearing discrimination inability can be a causative or aggravating factor of phonological disorder, although this rule does not apply to all cases.
  • Clinical and scintigraphic swallowing evaluation of post-stroke patients Artigos Originais de Pesquisa

    Silva, Ana Cristina Viana da; Dantas, Roberto Oliveira; Fabio, Soraia Ramos Cabette

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: a deglutição em pacientes pós Acidente Vascular Encefálico (AVE). OBJETIVO: estudar a deglutição de pacientes pós-AVE através de avaliação clínica fonoaudiológica e do método cintilográfico. MÉTODO: estudou-se 26 pacientes, sendo o primeiro AVE ocorrido há no máximo dois meses; o grupo controle continha 15 voluntários saudáveis; ambos grupos foram submetidos a avaliação clínica e cintilográfica da deglutição, ingerindo 5ml de líquido e 5ml de pastoso. A avaliação clínica constou de anamnese, avaliação estrutural (sem alimento) e funcional (com alimento). RESULTADOS: durante avaliação fonoaudiológica, o grupo controle apresentou elevação laríngea ineficiente e sinais clínicos de aspiração em um indivíduo. Quanto aos pacientes, 27% apresentaram, na fase oral, um preparo ineficiente do líquido e 42% do pastoso. Na fase faríngea, 12% apresentaram tosse e engasgo. Na avaliação cintilográfica, três pacientes foram excluídos da análise, pois dois deles não deglutiram durante o tempo de aquisição do exame e um engoliu antes da instrução da pesquisadora. Os pacientes apresentaram maior quantidade de resíduo oral e menor duração de trânsito faríngeo na deglutição de pastoso, comparado ao grupo controle. CONCLUSÃO: a complementaridade da avaliação clínica e instrumental no estudo da deglutição de pacientes com AVE é necessária e importante para o desempenho do trabalho fonoaudiológico e para o paciente que será reabilitado. O método cintilográfico deve ser mais utilizado como instrumento de pesquisa para quantificar o tempo de trânsito, o resíduo e o tempo de depuração em cada fase da deglutição, estabelecendo-se parâmetros para outros estudos.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: deglutition of post-stroke patients. AIM: to study the swallowing of post-stroke patients through clinical and scintigraphic evaluations. METHOD: participants were 26 patients, who had suffered their first stroke within the last two months. The control group was composed by 15 healthy volunteers. Both groups were submitted to a clinical and scintigraphic evaluation of swallowing; using 5ml of liquid (water) and 5ml of paste bolus. Clinical evaluation was composed by an interview, an assessment of the oral structures (without food) and by a functional assessment (with food). RESULTS: during the clinical evaluation, one individual of the control group presented inefficient larynx elevation and clinical signs of aspiration. As for the group of post-stroke patients, 27% presented inefficient prepare of the liquid bolus and 42% presented inefficient prepare of the paste bolus, in the oral phase. Considering the pharyngeal phase, 12% presented cough and choked. In the scintigraphy evaluation, three post-stroke patients were excluded from this analysis for the following reasons: two did not swallow during the exam acquisition time and one swallowed before the instruction given by the researcher. The group of post-stroke patients presented more oral residues and shorter pharyngeal transit with the paste bolus when compared to the control group. CONCLUSION:clinical and objective swallowing evaluations of post-stroke patients are necessary and important to determine therapy intervention and possible outcomes. Patients who have suffered stroke have more residues and shorter pharyngeal transit than healthy individuals. The scintigraphic method should be used more often as a research instrument to quantify the residue, transit time and clearance in each of the swallowing phases.
  • Validation of items for a speech intelligibility assessment scale Artigos Originais de Pesquisa

    Souza, Ana Paula Ramos de; Marques, Jair Mendes; Scott, Lisiane Collares

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: avaliação da inteligibilidade de fala. OBJETIVO: esta pesquisa objetivou desenvolver e validar itens para uma escala de inteligibilidade de fala a partir da fala de sujeitos com distúrbios fonológicos (DF) que apresentassem estratégias de reparo (ER) frequentes em Português Brasileiro (PB), através da testagem de sua eficácia para classificar a fala desses sujeitos. Também observou a inteligibilidade de fala gerada pelo uso das distintas ER e a possível interferência de variáveis como sexo, idade, escolaridade e contato com crianças entre os julgadores das amostras de fala. MÉTODO: assim, narrativas espontâneas de cinco crianças cujas falas representassem casos clínicos típicos e a de um sujeito controle foram apresentadas em compact disc (CD) a 103 juízes adultos, com habilidades auditivas normais, entre 18 e 39 anos de idade, com escolaridade fundamental, média e superior. RESULTADOS: os resultados demonstraram a validade estatística dos itens da escala e que o tipo de ER é fundamental no processo de inteligibilidade. Não houve interferência estatística das variáveis sexo, idade, escolaridade ou contato com crianças nos julgamentos realizados. CONCLUSÃO: os itens da escala foram validados e demonstraram eficácia na avaliação da inteligibilidade de fala dos casos estudados.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: speech intelligibility evaluation. AIM: to develop and validate items for a speech intelligibility assessment scale based on the speech of individuals with phonological disorder (PD) who present common phonological repair strategies (RS) in the Brazilian Portuguese language (BP), through the testing of its effectiveness in classifying the speech of these subjects. Also to observe the speech intelligibility generated by the use of RS and possible interference of factors such as gender, age, literacy and contact of the judges with children. METHOD: spontaneous narratives of five children with typical PD and one control subject were recorded in a compact disc (CD) and presented to 103 judges, with normal hearing abilities, with ages ranging from 18 to 39 years and with elementary, high-school and undergraduate backgrounds. RESULTS: results indicate the statistical validity of the scale and that the type of RS if fundamental for speech intelligibility. There was no statistical interference of the investigated variables of gender, age, literacy and contact with children in the performed judgments. CONCLUSION: the scale items were validated and demonstrated efficacy in the assessment of speech intelligibility of the studied cases.
  • Syllable deletion in spontaneous speech of children with specific language impairment Artigos Originais de Pesquisa

    Befi-Lopes, Débora Maria; Rondon, Silmara

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: a redução de sílaba (RS) ocorre frequentemente nas Alterações Específicas de Linguagem (AEL), podendo indicar um fator desviante no processo de aquisição fonológica destes sujeitos. OBJETIVO: verificar a ocorrência de RS na fala espontânea de crianças com AEL e a influência dos fatores extensão das palavras e tonicidade para sua ocorrência. MÉTODO: foram sujeitos 27 crianças com AEL, com idades entre 3:0 e 5:11 anos, em tratamento fonoaudiológico semanal, que apresentaram 50% de acertos em provas específicas de fonologia realizadas ou que apresentaram inteligibilidade de fala passível de análise pela fala espontânea. As amostras de fala foram obtidas a partir de interação lúdica com a pesquisadora e pelo discurso eliciado por figuras. A ocorrência de RS foi analisada considerando-se: extensão das palavras produzidas, preferência por sílabas tônicas ou átonas e posição das sílabas nas palavras em que ocorreu RS. RESULTADOS: houve predomínio na produção de palavras dissílabas (X2 = 72,49; p < 0,001), a ocorrência de redução de sílaba foi significantemente maior nas palavras polissílabas (X2 = 11,22; p < 0,004) e as sílabas iniciais foram mais reduzidas (X2 = 34,99; p < 0,001). As sílabas átonas foram reduzidas com maior frequência (Z = -5,79; p < 0,001). CONCLUSÃO: a preferência pela produção de palavras dissílabas confirma a dificuldade dos sujeitos com estruturas silábicas complexas e justifica parte de sua ininteligibilidade em fala espontânea. A predominância da redução de sílabas átonas indica a preferência pela produção do núcleo das palavras, em que a ênfase é dada na sílaba tônica durante a expressão da linguagem.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: syllable deletion (SD) frequently occurs in Specific Language Impairment and can indicate a deviant factor in the phonologic acquisition process of these subjects. AIM: to verify the occurrence of SD in the spontaneous speech of children with SLI and to verify the influence of word extension and syllable stress in this process. Methods: participants were 27 children with SLI, aged between 3:0 and 5:11 years, in a weekly speech treatment, who presented 50% of correct answers in specific phonology assessment tasks or who presented speech intelligibility within levels that allowed assessment through spontaneous speech. Speech samples were obtained during a play interaction situation between the researcher and the child and through speech elicited by the presentation of a picture. The occurrence of SD was analyzed considering the following parameters: extension of the produced words, preference for stressed or unstressed syllables, position of the syllable within the word were SD occurred. RESULTS: there was a preference for the production of dissyllabic words (X2 = 72,49; p < 0,001); the occurrence of SD was significantly higher in polysyllabic words (X2 = 11,22; p < 0,004) and on initial syllables (X2 = 34,99; p < 0,001). Unstressed syllables were more often reduced (Z= -5.79, p <0001). CONCLUSION:the preference for the production of dissyllabic words reassures the difficulty of these children with complex syllabic structures and, in part, explains their spontaneous speech unintelligibility. The predominance of unstressed syllable deletion indicates the preference for producing the nucleus of words, where emphasis is given to the stressed syllable during language expression.
  • Evaluation of central auditory processing in adolescents exposed to metallic mercury Artigos Originais de Pesquisa

    Dutra, Marilene Danieli Simões; Monteiro, Marcia Cavadas; Câmara, Volney de Magalhães

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: processamento auditivo central e exposição ao mercúrio metálico. OBJETIVO: comparar o desempenho nos testes comportamentais de processamento auditivo central entre adolescentes expostos e não expostos ao mercúrio metálico. MÉTODO: foram avaliados 52 adolescentes de ambos os sexos que apresentavam limiares auditivos dentro dos padrões de normalidade. O grupo de estudo (GE) incluiu 21 adolescentes que referiram trabalhar na queima dos amálgamas de ouro-mercúrio, re-queimar ouro em lojas que comercializam este metal ou residir próximos às áreas de garimpos e às lojas que comercializam ouro. O grupo de comparação (GC) foi composto por 31 adolescentes que não apresentaram história de exposição ao mercúrio. Os procedimentos incluíram um questionário sobre a história clínica, laboral e da exposição ao mercúrio, audiometria tonal liminar e bateria de testes para avaliação do processamento auditivo central. RESULTADOS: As diferenças de desempenho na avaliação do processamento auditivo central entre o GE e o GC foram estatisticamente significantes para o teste de memória seqüencial para sons não verbais (p = 0,001), para os testes de padrão de freqüência (p = 0,000) e de duração (p = 0,000) e para o SSW em Português (p = 0,006). CONCLUSÃO: os adolescentes expostos ao mercúrio metálico apresentaram desempenho significativamente inferior aos não expostos para a maioria dos testes comportamentais do processamento auditivo central e a principal alteração encontrada nessa população foi no processamento de sons breves e sucessivos.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: central auditory processing and exposure to metallic mercury. AIM: to evaluate the performance on tests of central auditory processing in adolescents exposed to metallic mercury. METHOD: participants were 52 adolescents, of both genders, who presented hearing thresholds within normal limits. The study group (SG) was composed by 21 adolescents who worked on the burning of gold-mercury amalgams, on the re-burning of gold in stores that sell this metal or who lived next to gold mines or gold shops. The control group (CG) was composed by 31 adolescents who had no history of exposure to mercury. Investigation procedures included the application of a clinical, occupational and mercury exposure history questionnaire, basic audiometric assessment as well as central auditory processing tests. RESULTS: Statistical significant differences in the auditory processing tests of non-verbal sound sequence memory test (p = 0,001), frequency pattern test (p = 0,000), duration pattern test (p = 0,000) and SSW test in Portuguese (p = 0,006) were observed between SG and CG. CONCLUSION:adolescents exposed to metallic mercury presented a lower performance on most of the auditory processing tests when compared to those who had no history of exposure to mercury. The main deficit found in the study was related to difficulty in distinguishing successive brief sounds.
  • Performance of children with phenylketonuria in the Developmental Screening Test - Denver II Artigos Originais de Pesquisa

    Silva, Greyce Kelly da; Lamônica, Dionísia Aparecida Cusin

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: desempenho de crianças com PKU no Teste de Screening de Desenvolvimento Denver - II. Introdução: a fenilcetonúria é uma desordem autossômica recessiva resultante da mutação do gene localizado no cromossomo 12q22.24.1. OBJETIVO: caracterizar o desempenho de crianças com fenilcetonúria diagnosticadas e tratadas precocemente por meio do Teste de Screening de Desenvolvimento Denver II e dos níveis de fenilalanina sanguíneos. MÉTODO: participaram 20 crianças, dez com fenilcetonúria, diagnosticadas e tratadas desde o nascimento, de idade cronológica entre três a seis anos, e dez crianças do grupo típico, pareadas quanto ao sexo, idade e nível socioeconômico. Os níveis sanguíneos e as informações neurológicas, psicológicas e sociais foram obtidas no banco de dados do Programa de Triagem Neonatal para Erros Inatos do Metabolismo. A avaliação constou da aplicação do Teste de Screening de Desenvolvimento Denver-II. Utilizou-se estatística descritiva e aplicação do teste estatístico de Mann Whitney para a caracterização das habilidades. Para as medições dos níveis plasmáticos sanguíneos de fenilalanina considerou-se os valores abaixo de 2mg/dL, acima de 4mg/dL, os valores de referência entre 2 e 4mg/dL, de todos os exames realizados no decorrer da vida dos participantes, os valores mínimos e máximos e o valor obtido na época da avaliação fonoaudiológica. Resultado: A comparação entre os grupos foi estatisticamente significante nas áreas pessoal-social e de linguagem. CONCLUSÃO: crianças com fenilcetonúria diagnosticadas e tratadas precocemente apresentaram prejuízo nas áreas pessoal-social e de linguagem e, mesmo com o acompanhamento periódico, apresentaram dificuldades para manter os níveis de normalidade de fenilalanina, embora realizassem o tratamento recomendado.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: phenylketonuria is an autosomal recessive disorder resulting from the mutation of a gene located in chromosome 12q22-24.1. AIM: to describe the performance of children with classic phenylketonuria, who were diagnosed and treated early, in the Development Screening Test Denver - II. METHOD: participants were 20 children with phenylketonuria, ranging in age from 3 and 6 years, and 10 children with typical language development, paired by gender, age and socioeconomic level to the research group. The plasmatic phenylalanine measure and the neurological, psychological and social information were gathered in the data base of the Neonatal Screening Programs for Metabolic disorder. Assessment consisted on the application of the Development Screening Test Denver II. A descriptive statistical analysis and the Mann Whitney test were used in order to characterize the tested skills. For the measurements of the plasmatic phenylalanine blood levels the values considered for analysis were: below 2mg/dL, above 4mg/dL, reference values between 2 and 4mg/dL, of all exams performed during the participants'lives; maximum and minimum values and values obtained on the day of the screening application. RESULTS: comparison between the groups indicated statistically significant differences for the personal-social and language areas. CONCLUSION:children who were diagnosed and treated early for phenylketonuria present deficits in the personal-social and language areas. Also, even when receiving follow-up and undergoing treatment, these children presented difficulties in maintaining normal plasmatic phenylalanine levels.
  • Auditory temporal resolution threshold in elderly individuals Artigos Originais de Pesquisa

    Queiroz, Daniela Soares de; Momensohn-Santos, Teresa Maria; Branco-Barreiro, Fátima Cristina Alves

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: o Teste de Detecção de Intervalo Aleatório - Random Gap Detection Test (RGDT) avalia o limiar de resolução temporal. Existem dúvidas se à medida que o sujeito envelhece, seu desempenho nesta tarefa se mantém inalterada. Ao mesmo tempo, existe a preocupação do quanto as suas dificuldades de comunicação estariam relacionadas a uma degradação da resolução temporal. OBJETIVO: determinar o limiar de resolução temporal auditiva em idosos com audição periférica normal ou perda do tipo neurossensorial, simétrica de até grau leve, e sua correlação com: gênero, idade, achados audiométricos e pontuação no Questionário de Auto-Avaliação da Comunicação - Self-Assessment of Communication (SAC). MÉTODO: 63 idosos, com idades entre 60 e 80 anos (53 mulheres e 10 homens), foram submetidos ao RGDT e ao SAC. RESULTADOS: a análise estatística da relação entre gênero e limiar do RGDT mostrou que o desempenho dos idosos do gênero feminino foi estatisticamente pior em relação ao masculino. Não houve correlação das variáveis idade e configuração audiométrica entre os sujeitos do gênero feminino e o desempenho do RGDT e no SAC. Os resultados do SAC mostraram que ambos os gêneros não apresentaram queixas significantes de dificuldade de comunicação independente do resultado do RGDT ou da configuração audiométrica. CONCLUSÃO: o limiar médio de resolução temporal para os idosos do gênero feminino foi de 104,81ms. Para o grupo do gênero feminino, não foram observadas correlação entre as variáveis idade e configuração audiométrica, tanto para os resultados do teste RGDT quanto para os resultados do questionário SAC.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: the Random Gap Detection Test (RGDT) evaluates temporal resolution threshold. There are doubts as to whether performance in this task remains unchanged with the aging process. At the same time, there is a concern about how much the difficulties of communication experienced by elderly individuals are related to the deterioration of temporal resolution. AIM: to determine auditory temporal resolution threshold in elderly individuals with normal peripheral hearing or symmetric mild sensorineural hearing loss, and to correlate findings with gender, age, audiometric findings and scores obtained in the Self - Assessment of Communication (SAC) questionnaire. Methods: 63 elderly individuals, aged between 60 and 80 years (53 women and 10 men), were submitted to the RGDT and the SAC. RESULTS: statistical analysis of the relationship between gender and the RGDT indicated that the performance of elderly females was statistically poorer when compared to elderly males. Age and audiometric configuration did not correlate to performance in the RDGT and in the SAC. The results indicate that in the SAC both genders presented no significant complaints about communication difficulties regardless of the outcome obtained in the RGDT or audiometric configuration. CONCLUSION: the average temporal resolution threshold for women was 104.81ms. Considering gender, females did not present correlations between age and audiometric configuration, not only when considering the RGDT results but also when analyzing the SAC results.
  • Psychogenic dysphonia associated to other diseases: a challenge for speech therapy Artigos de Estudos de Caso

    Nemr, Kátia; Simões-Zenari, Marcia; Marques, Suelen Fernanda; Cortez, Juliane Pereira; Silva, Andreza Luciane da

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: sucessos e dificuldades no tratamento de disfonia psicogênica. OBJETIVO: discutir as limitações da terapia fonoaudiológica para disfonia psicogênica associada a outras doenças. MÉTODO: foram utilizados protocolos de avaliação e registros de terapia para discussão do caso. RESULTADOS: a paciente chegou com importante alteração vocal e, após avaliação, diagnosticou-se disfonia psicogênica. O tratamento envolveu ativação vocal e modificação do ajuste fixado. Observaram-se mudanças positivas como estabilidade no padrão vocal, redução da rouquidão, aspereza, soprosidade e desconforto laríngeo e na qualidade de vida relacionada à voz, mas que não se sustentaram na medida em que houve piora dos outros problemas de saúde. CONCLUSÃO: o tratamento fonoaudiológico pode ser limitado, contudo desafiador, quando a disfonia psicogênica ocorre de maneira concomitante com outras doenças.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: success and difficulties in the treatment of psychogenic dysphonia. AIM: to discuss the limitations of speech therapy for psychogenic dysphonia associated with other diseases. METHOD: evaluation protocols and therapy registrations were used for discussion of the case. RESULTS: the patient arrived with a significant voice change and after evaluation psychogenic dysphonia was diagnosed. The treatment involved vocal activation and modification of the fixed adjustment. Positive changes were observed such as stability in vocal patterns and reduction of hoarseness, roughness, breathiness and throat discomfort and in the quality of life related to voice, but these changes were not sustained since other existing health problems aggravated. CONCLUSION: speech therapy may be limited, although challenging, when psychogenic dysphonia occurs concomitantly to other diseases.
  • Relapse observed in the treatment of phonological disorder Artigos de Estudos de Caso

    Checalin, Mardônia Alves; Ghisleni, Maria Rita Leal; Ferreira-Gonçalves, Giovana; Keske-Soares, Márcia; Mota, Helena Bolli

    Abstract in Portuguese:

    TEMA: regressão no desempenho fonológico. OBJETIVO: verificar a regressão no desempenho fonológico quanto à produção dos sons no tratamento do desvio fonológico. MÉTODO: três sujeitos com desvios fonológicos, com idade de 6:0, 7:0, 7:0, foram tratados com o /r/ pelo Modelo ABAB-Retirada e Provas Múltiplas. Compararam-se, após um ciclo de tratamento, quais fonemas sofreram processo de regressão no percentual de produção. RESULTADOS: verificou-se que o processo de regressão ocorreu no sistema fonológico de todos os sujeitos. Os traços envolvidos foram, na sua maioria, os de classe principal. CONCLUSÃO: há relação entre os traços do fonema tratado e dos que apresentaram regressão nos casos estudados.

    Abstract in English:

    BACKGROUND: relapse in phonological performance. AIM: to verify relapse in the phonological performance related to sound production in the treatment of phonological disorder. METHOD: three subjects with phonological disorders, aged 6:0, 7:0, 7:0 years, were treated for phoneme /r/ using the ABAB-Withdrawal and Multiple Probes Model. After a cycle of treatment, the phonemes that presented relapse in terms of production percentage were compared. RESULTS: the results indicate that relapse occurred in the phonological system of all subjects. The involved features were mainly related to the main category. CONCLUSION:a relationship between the features of the treated phoneme and the ones that presented relapse was observed for all of the studied cases.
Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda. Condomínio Alphaville Conde Comercial, Rua Gêmeos, 22, 06473-020 Barueri , São Paulo/SP, Tel.: (11) 4688-2220, Fax: (11) 4688-0147 - Barueri - SP - Brazil
E-mail: revista@profono.com.br