Accessibility / Report Error
Horizontes Antropológicos, Volume: 14, Issue: 29, Published: 2008
  • Apresentação

    Alves, Caleb Faria; Amaral, Leila
  • O território da arte: da nação ao indivíduo, valores antagônicos na afirmação da autonomia da forma Artigos

    Reinheimer, Patricia

    Abstract in Portuguese:

    Procuramos conjugar o discurso estético e a dimensão institucional das artes plásticas para investigar as transformações ocorridas nesse campo em meados do século XX, no Brasil. O período entre 1945 e 1960 explicitou o processo de formulação e afirmação de um conjunto de valores artísticos nos quais as noções de autenticidade e singularidade estavam intrinsecamente relacionadas à idéia de liberdade (de experimentação artística e posicionamento político) e ao universalismo do projeto revolucionário francês. Esse processo foi acompanhado de perto por um grupo pequeno, mas influente, de críticos de arte brasileiros que ecoaram no Brasil essas discussões, transformando o ambiente artístico nacional. A incorporação daqueles valores e a participação dos críticos nas instituições artísticas que se inauguraram no mesmo período criaram uma nova arena de produção e crítica de arte no Brasil centrada no indivíduo e distanciada das antigas questões de identidade nacional e nacionalismo que vinham pautando o campo de produção artística, com mais ou menos intensidade e focos diferentes, desde meados do século XIX.

    Abstract in English:

    We try to conjugate the aesthetic discourse and the institutional dimension of the fine arts to investigate the transformations that occurred in this field in middle of 20th century, in Brazil. The period between 1945 and 1960 showed the process of formularization and affirmation of a set of artistic values in which the notions of authenticity and singularity were intrinsically related to the idea of freedom (of artistic experimentation and political positioning) and to the universalism of the French Revolution. This process was closely followed by a small but influential group of Brazilian art critics who echoed these quarrels back in Brazil and transformed the national artistic environment. The incorporation of those values and the participation of the Brazilian critics in the new artistic institutions of the period created a new arena for critical art production in Brazil. This arena was then centered in the individual and distanced of the old questions of national identity and nationalism that were central for the artistic production, with more or less intensity and focus, since middle of 19th century.
  • Dame Sébastienne et le Christ Fléché: iconographie et mémoire rituelle: le cas du Nouveau-Mexique

    Severi, Carlo

    Abstract in Portuguese:

    No começo do século XIX, na região do Novo México, a necessidade de celebrar alguns rituais essenciais, num contexto definido não apenas pelo isolamento, mas também pelo constante contato/conflito com os índios, fez nascer uma nova tradição religiosa, quase completamente fora de qualquer controle eclesiástico. Este paper é um estudo dessas novas tradições religiosas e de sua iconografia. A mais importante invenção iconográfica desta religião é a representação da Morte, chamada de Dona Sebastiana. Evidenciando que Sebastiana é uma poderosa imagem de conflitos não resolvidos com os índios, este paper postula que iconografia ritual pode representar conflito cultural através de paradoxos visuais.

    Abstract in French:

    Au début du XIXe siècle, au Nouveau-Mexique, la nécessité de célébrer un certain nombre de rituels indispensables à la vie d'une communauté catholique, a donné naissance à une tradition religieuse nouvelle, qui a longtemps échappé au contrôle de l'Eglise. Cet article analyse la naissance de cette tradition et in particulier le type d'invention iconographique qui l'a caractérisée. L'invention la plus remarquable a été sans doute une représentation de la mort, nommée Dona Sebastiana. En montrant que cette représentation est l'image intense d'un conflit latent avec les Indiens, cet article propose une thèse d'ordre plus général: les iconographies peuvent représenter le conflit culturel à travers le paradoxe visuel.
  • Entre o Divino e os homens: a arte nas festas do Divino Espírito Santo Artigos

    Gonçalves, José Reginaldo Santos; Contins, Marcia

    Abstract in Portuguese:

    A exemplo de outras festas populares conhecidas pela sua exuberância plástica ou performática, as festas do Divino Espírito Santo articulam uma dimensão que podemos reconhecer intuitivamente como estética, mas que, no entanto, resiste a ser descrita e analisada como uma categoria diferenciada e autônoma, enquanto uma obra de arte no sentido estrito do termo. Isso porque o conjunto de atividades que produzem essas festas realiza-se sob a inspiração de categorias mágico-religiosas e morais, tendo sua razão profunda de existir na obrigação coletiva e individual de "agradar ao Divino". As atividades técnicas, estéticas, econômicas, fisiológicas e psicológicas que desencadeiam a festa são realizadas como uma contradádiva oferecida ao Divino Espírito Santo, em agradecimento pelas distintas graças concedidas aos humanos.

    Abstract in English:

    Like many other popular festivals known by their plastic and performative exuberance, the holy ghost festivals articulate a dimension that we may intuitively recognize as aesthetic but that can not be described and analysed as a differentiated and autonomous one, and the festival can not be recognized as a work of art in the strict sense of the term. The practices that compose it are inspired by moral, magical and religious categories, whose deep reason lies in the individual and collective obligation to please the holy ghost. Such technical, aesthetic, economic, physiological and psychological practices in the festival are implemented as a kind of counter-gift to the holy ghost for the distinct forms of grace given to the human beings.
  • In Conexione: a imaginação do sagrado na ciberarte de Diana Domingues Artigos

    Amaral, Leila

    Abstract in Portuguese:

    Tendo como referência os trabalhos da artista plástica Diana Domingues será apresentada uma reflexão sobre a imaginação do sagrado nas artes visuais a partir da interpretação de temas, imagens, materiais e categorias formais que sustentam a linguagem contemporânea quando se trata do corpo em sua relação com as novas tecnologias comunicacionais. O foco da interpretação oferecida recairá sobre o sentido de sagrado (ou daquilo que é espiritual) na "arte interativa" dessa artista. Tal sentido refere-se a um estado de comunicação e conectividade ampliada responsável pela expansão da consciência humana, a partir da experimentação pelo corpo da desestabilização de mundos fixos e acabados propiciada pelas novas tecnologias. O que é espiritual e sagrado para essa vertente artística é a "não essencialidade" da vida e do ser humano ou vida como "pura conectividade". É justo isso que se torna aparente através de suas "obras-dispositivos". Por meio delas, a artista explora ritual, performática e esteticamente a capacidade interativa das novas tecnologias na criação de ambientes vivos e na visualização da vida não como ela é, mas como ela pode ser. O que é sagrado é esse poder recebido das tecnologias que, ao serem acionadas por meio da conectividade, fazem aparecer a própria potência humana de intervir no mundo real e de alterar o ambiente. Não é a tecnologia em si mesma que é sagrada, mas a expansão do universo paralela à expansão da consciência por ela possibilitada, através da ampliação das conexões entre sistemas diferentes. O que é espiritual é, então, esse estado constante de transformação da consciência e da criatividade humana para além da subjetividade individual, porque, segundo essa vertente artística, os poderes recebidos pelas novas tecnologias são eles mesmos da ordem do "ultra-humano", de um "sujeito impessoal ultra-subjetivo".

    Abstract in English:

    Based on the work of the Brazilian plastic artist Diana Domingues we will present a reflexion on the imagination of the sacred in visual arts from the interpretation of themes, images, materials and formal categories which sustain contemporary language when dealing with the body in its relationship with the new communication technologies. The focus of the interpretation we offer will relate to the sense of sacred (or of that which is spiritual) in the interactive art of Diana Domingues. This sense refers to a state of widened communication and connectivity which is responsible for the expansion of the human conscience, by means of the body's experimenting the destabilization of fixed and complete worlds that is made possible by the new technologies. What is spiritual and sacred for this artistic movement is the non-essentialness of life and of human beings or life as pure connectivity. It is exactly this that becomes apparent through Domingues' device-works. Through them, this artist explores, in terms of ritual, performance and aesthetics, the interactive capacity of the new technologies in the creation of live environments and the visualization of life not as it is, but as what it can be like. What is sacred is this power gained from technology which, when activated by means of connectivity, makes human power itself to intervene in the real world and modify the environment appear. It is not the technology itself that is sacred, but the expansion of the universe parallel to the expansion of the conscience that is made possible by it, by means of widening connections between different systems. What is spiritual, then, is this constant state of transformation of conscience and human creativity to something beyond individual subjectivity, because the powers received by new technology are of an "ultra-human" order, of an "impersonal, ultra-subjective subject".
  • O que é iconoclash? Ou, há um mundo além das guerras de imagem?

    Latour, Bruno

    Abstract in Portuguese:

    O autor oferece uma reflexão a partir das obras apresentadas na exposição Iconoclash. Beyond the Image Wars in Science, Religion and Art, em 2002, no Center for New Art and Media, em Karlsruhe, cuja curadoria juntou três ambientes, os da religião, da ciência e da arte contemporânea, em que as imagens vêm se apresentando como "armas culturais" por meio de uma luta ambígua que tanto produz como destrói imagens, ícones e emblemas. Iconoclash foi o termo escolhido para definir a temática dessa exposição e nortear a reflexão do autor sobre o ódio e o fanatismo, nos diversos âmbitos da vida cultural social e política. Movendo-se em direção a um tipo alternativo de "iconofilia", para além das guerras de imagens, sugere a suspensão do gesto iconoclasta optando-se por uma cascata de imagens em transformação, ao invés de se ater obsessivamente a imagens fixas e congeladas fora de seu fluxo.

    Abstract in English:

    The author offers a reflection based on the works presented at the exhibit Iconoclash. Beyond the Image Wars in Science, Religion and Art, at the Center for New Art and Media, in Karlsruhe in 2002, where the curators put together three fields - religion, science and contemporary art, in which images have been presented as "cultural weapons" through an ambiguous struggle that both produces and destroys images, icons and emblems. Iconoclash was the term chosen to define the theme of this exhibition and guide the author's reflection on hatred and fanaticism, in the diverse ambits of the cultural, social and political life. Moving towards an alternative type of "iconophilia", beyond the image wars, the author suggests the suspension of the iconoclast gesture, opting for a cascade of images in transformation, instead of focusing obsessively on images fixed and frozen out of their flow.
  • Um rosto para vestir, um corpo para usar: narrativa literária e biotecnologia Artigos

    Silva, Regina Coeli Machado e

    Abstract in Portuguese:

    As tensões presentes na relação humano/artificial/natural, nas representações da corporeidade e da subjetividade, são objetos de análise deste estudo. Tendo como referência uma abordagem cognitiva da antropologia da arte, apresento e analiso a estética do mal e do horror, presente na narrativa literária de Marcelo Mirisola. Mostro os princípios de inteligibilidade dessa narrativa contrastando-a no terreno das recentes transformações da biotecnologia, apresentando algumas propostas da antropologia contemporânea que vêm discutindo seus efeitos sobre as noções de "natureza humana", "natureza/cultura", "pessoa/organismo".

    Abstract in English:

    The tensions present in the "human nature" in the natural/artificial/human relation, in the representations of the body and the subjectivity, are objects of analysis of this article. Having as reference a cognitive aproaching of the anthropology of the art, I present and I analyze and show the aesthetic of the evil and the horror, present in the literary narrative of Marcelo Mirisola, demonstrate the principles of inteligibility of this narrative contrasting it in the land of the recent transformations of the biotechnology, showing some proposals of the anthropology contemporary that comes arguing its effects on the notions of "human nature", "nature/culture", "person/organism".
  • Transe maquínico: quando som e movimento se encontram na música eletrônica de pista Artigos

    Ferreira, Pedro Peixoto

    Abstract in Portuguese:

    Desde sua emergência histórica em meados da década de 1970, a música eletrônica de pista (MEP) sempre teve como principal objetivo fazer as pessoas dançarem pela escolha criteriosa de músicas dançantes e dos melhores momentos e maneiras para reproduzi-las. Apesar do crescente interesse de pesquisadores de diversas áreas pelo estudo de assuntos relacionados à MEP, nota-se uma certa tendência de reduzi-la a idéias e conceitos forjados para o estudo de estilos musicais que não se baseiam na dança. Este artigo buscará apontar alguns dos problemas trazidos por essa tendência, além de sugerir alternativas a ela, dentre as quais merecerá destaque a relação entre som e movimento no transe maquínico.

    Abstract in English:

    Since its historical emergence in the mid-70's, electronic dance music (EDM) has always had as its main objective to make people dance by reproducing the right sounds at the right moments and in the right manner. Notwithstanding the growing interest of researchers from diverse fields in the study of subjects related to EDM, there is a noticeable tendency to reduce it to ideas and concepts originally forged for the study of musical styles not based on dance. This article will try to point out some problems brought up by this tendency and also suggest alternatives to it, with special attention to the sound-movement relation in machinic trance.
  • A arte do Outro no surrealismo e hoje Artigos

    Lagrou, Els

    Abstract in Portuguese:

    O lugar da chamada "arte primitiva" na apreciação estética do Ocidente sempre nos revelou mais sobre os anseios dos apreciadores do que sobre os valores dos criadores dos objetos classificados e coletados sob essa rubrica. Os surrealistas foram colecionadores entusiasmados desse tipo de objetos e os tinham em alta estima. Visa-se aqui lançar um olhar sobre as possíveis diferenças e continuidades entre o olhar de artistas e antropólogos hoje e o olhar do movimento surrealista sobre esse Outro através dos seus artefatos.

    Abstract in English:

    The place of so called 'Primitive Art' in Western esthetic appraisal has always revealed us more about the values of the connaisseurs than about the values of those who create the objects classified and collected under this label. The surrealists were enthusiastic collectors of this kind of objects which they highly valued. In this article we look at the possible differences and continuities between the approach of contemporary artists and anthropologists on the one hand, and that of the surrealist movement on the other, to this Other through its objects.
  • Major Reis e a constituição visual do Brasil enquanto nação Artigos

    Menezes, Paulo

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo analisa o filme Ao Redor do Brasil, do major Thomaz Reis, partindo dos fundamentos teóricos explicitados por Paulo Arantes em O Sentido da Formação e por Foucault em A Ordem do Discurso. Nessa direção, interpreta o filme como um discurso inserido no debate de sua época, de constituição do Brasil enquanto nação, que permeava várias dimensões da vida e do pensamento brasileiro nos anos 20-30 do século passado. Em consonância com o que se discutia na literatura e nas artes plásticas, o filme de Reis é cuidadosamente montado, utilizando-se para isso inúmeras cenas de filmes anteriores seus, no sentido de explicitar visualmente uma nação não em vias de constituição, mas, ao contrário, com seu território pacificado no interior, o que lhe daria estatuto de civilidade e, portanto, de uma nação inserida do processo civilizatório, ao mesmo tempo em que segura em suas fronteiras, pela presença visual incessante e inquestionável das instituições fundantes do Estado moderno, a família e o Estado, este último por meio de suas reconhecíveis instituições: a escola, a polícia e o exército, entre outras, realidade muito diferente de sua efetividade prática na época.

    Abstract in English:

    This article analyses the movie Ao Redor do Brasil, from Thomaz Reis, taking as theoretical main references Paulo Arantes's, 'O sentido da formação', and Foucault's 'A ordem do discurso'. In this direction, it interprets the movie as a speech immersed in the debates of its time related to the constitution of Brazil as a nation, which was frequent in everyday life and an important intellectual issue in the 20's ans 30's last century. In parallel do what was being discussed in literature and plastic arts, the movie is carefully assembled, using several scenes from Reis's previous movies to visually denote a Nation, not in its way to consolidate itself, but with a countryside already pacified, which would give it a label of civility, therefore inserting it in the civilizing process and, at the same time, with definitive frontiers secured by the presence of a institutions characteristic of the modern State: schools, policy, army and others (an image very different from what could be effectively verified at that time).
  • Museus de grandes novidades: centros culturais e seu público Artigos

    Dabul, Lígia

    Abstract in Portuguese:

    Nesse artigo analiso a presença do chamado grande público em exposições de artes plásticas. Primeiro enfoco a proliferação, a partir da década de 1970, de centros culturais e de instituições com algumas de suas características, onde parte considerável das exposições voltadas para esse público é oferecida. Em seguida, abordo dimensões políticas desse afluxo registradas em estudos sociológicos a respeito do contato da população com objetos de arte legitimados pelas classes privilegiadas. Finalmente, baseados em pesquisa etnográfica, reflito sobre as especificidades e as continuidades das exposições de artes plásticas frente a outras situações de apresentação de produtos artísticos, atentando para o significado da presença do público nelas e para conseqüências analíticas de seu estudo.

    Abstract in English:

    In this article, we analyze the attendance of what we call the general public in plastic art exhibitions. At first, we put in focus the spread of cultural centers or institutes with some of its characteristics, since the 1970 decade, where a great number of exhibitions directed to this kind of public take place. After that, we approach the political importance of this flowing registered in sociological studies concerning people being in touch with art objects legitimated by affluent people. Finally, based on ethnographic research, we reflect on the fact of the plastic art exhibitions be specific and continuous before other situations of artistic products presentation, observing the sense of the public attendance in the exhibitions and the analytical consequences of their study.
  • Reflexões sobre a arte "primitiva": o caso do Musée Branly Artigos

    Goldstein, Ilana

    Abstract in Portuguese:

    Na época das descobertas ultramarinas, os europeus acumulavam fragmentos das novas realidades que encontravam em suas viagens, nos chamados gabinetes de curiosidades. Os colecionadores se especializaram e, a partir do século XVIII, surgiram os primeiros museus científicos. No final do século XIX, as exposições universais expunham a "barbárie" dos povos colonizados. Já as vanguardas do século XX redescobriram a arte "primitiva" enquanto fonte de renovação. Este artigo recupera tais formas de apreensão da cultura material de sociedades tradicionais ao longo do tempo, para chegar à inauguração do Musée Branly, em 2006. A partir desse museu, podem-se repensar algumas questões fundamentais acerca da arte "primitiva", como a dicotomia entre tratar os artefatos como testemunhos etnográficos ou como criações estéticas; as relações de poder envolvidas na aquisição dos objetos; o problema da autenticidade, numa era em que se multiplicam os souvenirs étnicos "neotradicionais".

    Abstract in English:

    In the epoch of overseas discoveries, Europeans accumulated fragments of the realities they found in cabinets of curiosities. The private collectors specialized in different branches of "natural history" and this led to the emergence of scientific museums in the 18th century. At the end of the 19th century, universal exhibitions displayed "primitive" artifacts side by side with Western technologies, suggesting the "barbarism" of colonized peoples. But, at the beginning of the 20th century, the avant-gardes rediscovered the art nègre, using it as a source of artistic renovation. This article begins by describing these various forms of dealing with the cultural expressions of others, in order to understand the meaning of the recently opened Musée Branly. The French museum, devoted to non-occidental societies, provides an opportunity to reconsider some fundamental issues. Should we exhibit these artifacts as ethnographic testimonies or works of art? Can we expect traditional "authenticity" in a global era? What are the ethical issues involved in the acquisition of these objects? In the last part of the article, the notion of "primitive" art itself is put into question.
  • A agência de Gell na antropologia da arte Artigos

    Alves, Caleb Faria

    Abstract in Portuguese:

    Ao delinear os parâmetros para uma antropologia da arte, o famigerado livro de Alfred Gell, Art and Agency, deixou de lado boa parte da antropologia, o que coloca algumas questões tão embaraçosas quanto pouco tratadas: pode-se fazer boa teoria sem contar com o acúmulo de conhecimento nessa área? Ou os temas recebem tratamento tão díspar que realmente não faz sentido falar mais em princípios teóricos comuns que podem e devem ser aplicados a qualquer objeto? O que perdemos com uma narrativa tão autocentrada? Partindo do pressuposto de que não é possível tratar teoria enquanto um conjunto de máximas que se somam ou se substituem, ou como um tabuleiro de peças que se acomodam umas às outras segundo sua validade isolada, este artigo procede a um exame da narrativa contida no livro de Gell, das articulações que realiza entre suas proposições. Examinarei, sobretudo, a leitura que faz dos autores que cita, como Peirce, Sally Price, e outros, e como os encaixa na sua argumentação. O objetivo desse exercício é evidenciar, para além de suas próprias definições, certas concepções sobre arte contidas na abordagem que Gell sugere e ampliar as referências para uma antropologia da arte.

    Abstract in English:

    While delineating the parameters for anthropology of art, the famous Alfred Gell's book, Art and Agency, left apart most of the anthropology authors, what arises some embarrassing and rarely dealt with questions: is it possible to produce good theory with no references to achieved knowledge in this particular field? The subjects within anthropology are so differently undertaken that doesn't make any sense to refer to common ways of approaching them? What exactly we loose which a narrative so self centered? Is my point of view that theory cannot be treated like a list of sentences that can be added to one another according to its isolated importance. This article proposes an analysis of Alfred Gell's narrative, of how he connects its propositions. I will examine, overall, his readings, the authors he quotes, like Peirce, Sally Price and others, and how he fits them on his argumentation. The objective of this exercise is to put in evidence some conceptions about art contained in his formulations, not only in his own definitions, and to enlarge the range within which we consider references to build anthropology of art.
  • Entrevista com Nelson Graburn Espaço Aberto

    Grünewald, Rodrigo; Steil, Carlos Alberto
  • Gilberto Freyre: a reavaliação prossegue Espaço Aberto

    Lehmann, David

    Abstract in Portuguese:

    Após um longo período, durante o qual sua obra foi negligenciada ou desprezada pela academia brasileira e admirada principalmente por não-brasileiros com pouco conhecimento sobre o Brasil, uma reavaliação das idéias e do estilo de Gilberto Freyre teve início durante a década de 1990, separando o caráter incisivo de algumas de suas idéias do caráter superficial de outras, e tentando distinguir fatos de mitos criados sobre ele, alguns dos quais foram construídos por si mesmo. Este artigo descobre a heterogeneidade, senão a promiscuidade da leitura do jovem Freyre, que pode explicar porque ele desconcertou seus leitores por tanto tempo, já que era difícil colocar um simples rótulo nesse indivíduo que era claramente anti-racista, embora também um tanto conservador. O artigo também desmascara o "mito do mito" da democracia racial - um termo que Freyre nunca aplicou ao Brasil, exceto com hesitação e qualificações.

    Abstract in English:

    After a long period in which his work was neglected or despised by Brazilian academia, and admired principally by non-Brazilians with little knowledge of Brazil, a re-evaluation of Gilberto Freyre's ideas and style got under way during the 1990s, sorting out the incisiveness of some of his ideas from the superficial character of others, and trying to separate out facts from the myths created about him, some of which were of his own making. This article discovers the heterogeneity, if not the promiscuity of the young Freyre's reading, which may explain why he disconcerted his readers for so long, since it was hard to place a simple label on this individual who was clearly anti-racist yet also rather conservative. It also unmasks the' myth of the myth' of racial democracy - a term which Freyre never applied to Brazil except with hesitation and qualifications.
  • Belaunde, Luisa Elvira
  • Como funciona a democracia: uma teoria etnográfica da política Resenhas

    Ferreira, Letícia de Faria
  • A pé e com fé: brasileiros no Caminho de Santiago Resenhas

    Braga, Antônio Mendes da Costa
  • Resenhas

    Sales, Lílian
Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social - IFCH-UFRGS UFRGS - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Av. Bento Gonçalves, 9500 - Prédio 43321, sala 205-B, 91509-900 - Porto Alegre - RS - Brasil, Telefone (51) 3308-7165, Fax: +55 51 3308-6638 - Porto Alegre - RS - Brazil
E-mail: horizontes@ufrgs.br