• Editors note

  • Investimentos privados, impactos ambientais e qualidade de vida num empreendimento mineral amazônico: o caso da mina de manganês de Serra do Navio (Amapá) Análise

    Drummond, José Augusto

    Abstract in Portuguese:

    O texto discute as conseqüências ambientais e socioeconômicas de um grande empreendimento de extração mineral na Amazônia brasileira. Entre 1957 e 1998, a Indústria e Comércio de Minérios S. A. (ICOMI) explorou manganês no Amapá, em Serra do Navio, uma das maiores minas desse minério no mundo. Foi o primeiro e o mais durável empreendimento mineral de grande escala e intensivo de capital na região amazônica brasileira. O texto apresenta um perfil biofísico e socioeconômico do Amapá, caracterizando-o como fronteira de expansão da sociedade nacional. Discute o volume da produção, as características da companhia mineradora, mostrando seu sucesso comercial, os principais impactos ambientais do empreendimento, especialmente o desmatamento, o status da qualidade de água e a recuperação ambiental da área minerada, concluindo que esses impactos foram localizados e moderados. Na conclusão, são apresentados os resultados de um exercício de mensuração dos níveis de bem-estar socioeconômico da população do Amapá entre 1953 e 1993: as melhoras foram sensíveis.

    Abstract in English:

    The text examines the environmental and socioeconomic consequences of a major mining venture in the Brazilian Amazon. From 1957 to 1998, Indústria e Comércio de Minérios S. A. (ICOMI) extracted ore from one of the world’s largest manganese mines, located in the Serra do Navio highlands region of the state of Amapá. ICOMI was the first and longest-running large-scale, capital-intensive mining operation in the Brazilian Amazon. Based on a biophysical and socioeconomic profile of Amapá, the region is characterized as a frontier for an expanding Brazilian society. After discussing the mining company’s characteristics, its production volume and commercial success, main environmental impacts (particularly deforestation), area water quality, and the environmental recovery of the mined area, it is concluded that impacts have been localized and moderate. Furthermore, measurements of the levels of socioeconomic well being in Amapá between 1953 and 1993 indicate significant improvements.
  • Biosfera, história e conjuntura na análise da questão amazônica Análise

    Pádua, José Augusto

    Abstract in Portuguese:

    Utilizando com liberdade a metodologia concebida por Fernand Braudel para o estudo da região do mar Mediterrâneo, o autor analisa a presença na formação da Amazônia de três grandes dimensões superpostas, dotadas de temporalidades distintas. A dimensão ecológica, de longa duração, possui grande relevância biosférica na floresta amazônica; a dimensão histórica de média duração é entendida como sucessão de padrões de ocupação humana capazes de estabelecer estruturas relativamente estáveis de vida social no ecúmeno da floresta. E, por fim, a dimensão conjuntural corresponde aos movimentos caóticos das últimas décadas voltados para o ganho econômico de curto prazo e para a sobrevivência imediata.

    Abstract in English:

    Through a free adaptation of the methodology Fernand Braudel used for the study of the Mediterranean Sea region, the author analyses the three major overlapping dimensions that have shaped the Amazon, each displaying its own temporal pattern. One is the long-term ecological dimension, which in the case of the Amazon forest has great biospheric relevance. Another is the medium-term historical dimension, which encompasses a series of human settlement patterns that have brought the establishment of relatively stable social-life structures within the universe of the forest. Lastly, there is the short-term political and economic dimension, expressed in the chaotic events of recent decades aimed above all at short-term economic gain and immediate survival.
  • Viajantes involuntários: degredados portugueses para a Amazônia colonial Análise

    Amado, Janaína

    Abstract in Portuguese:

    Com base em documentação em grande parte inédita, recentemente pesquisada em arquivos e bibliotecas portugueses, este texto chama atenção para um tema ainda muito pouco estudado da história da Amazônia colonial: a existência ali de grande número de degredados, enviados desde Portugal, desde várias regiões brasileiras e desde outras colônias lusitanas, cuja presença foi de muitos modos marcante na região, até 1822. O artigo põe em evidência a complexa política portuguesa do degredo e a diversidade de experiências e de papéis sociais que os degredados vivenciaram na Amazônia.

    Abstract in English:

    Based in large part on new documentation, recently uncovered in archives and libraries in Portugal, the text focuses on a topic in the history of colonial Amazon that has received very little attention to date: the presence of a large number of banished Portuguese, sent to the region from Portugal itself, from different parts of Brazil, and from other Portuguese colonies. In many ways, these banished individuals had an important effect in the Amazon through 1822. The article points up Portugal’s complex policy of banishment and the diversity of these individuals’ experiences and their social roles in the Amazon.
  • A arte de curar dos profissionais de saúde popular em tempo de cólera: Grão-Pará do século XIX Análise

    Beltrão, Jane Felipe

    Abstract in Portuguese:

    Durante a epidemia de cólera que assolou o Grão-Pará, em 1855, pouco mais de uma dezena de anônimos profissionais de saúde popular inscreveram suas artes de curar nos anais da história. As terapias não eram muitas, mas foram disseminadas nos jornais provinciais ou pela forte tradição oral presente na Amazônia. Uma dessas terapias - o uso do sumo de limão - chegou a ser avalizada pelos médicos da província como cientificamente correta. Os homens que "não eram médicos, nem cirurgiões" usavam ervas e frutos medicinais preparados em sumos, infusões, banhos, emplastos e supositórios, rompendo as fronteiras estabelecidas pela arte oficial de curar, a medicina alopática, que tentava estabelecer-se hegemonicamente. Descrevo a trilha da cólera até o Grão-Pará e analiso o contexto social da epidemia; os conhecimentos sobre a cólera: as possibilidades de socorro oferecidas à população e as práticas curativas então adotadas.

    Abstract in English:

    During the cholera epidemics that affected the Grão-Pará Province in 1855, not more than ten anonymous public health professionals registered in history their curing powers as they relieved cholera victims. There were not too many therapies, but they were publicized in letters printed in local newspapers. The therapeutical powers of alternative medicine was disseminated throughout the Amazon thanks to the strong oral history tradition. One of such therapies - the usage of lemon juice - was adopted by medical doctors in the Province and later on scientifically accredited. Citizens who "were not doctors, nor surgeons" used medicinal herbs and fruits to prepare juices, infusions, baths, plasters and suppositories. They went over the limits established by the official medicine, allopathy, which acted hegemonically. The article describes the path that cholera traveled to reach Grão-Pará and the ensuing scourge of Belém. Data are presented on mortality, the social context of the event, health-care knowledge, and, especially, cholera in the province. This analysis of the repercussion of curative arts in the fight against cholera also describes the aid offered to the population and specific curative practices, particularly those used by specialists in folk medicine.
  • Instrumentos e sinais da civilização: origem, formação e consagração da elite amazonense Análise

    Daou, Ana Maria

    Abstract in Portuguese:

    O artigo discute a formação do grupo que atuou em posições de destaque na sociedade amazonense no início do século XX e recupera a singularidade das origens sociais, as estratégias de consagração da elite amazonense e suas transformações. A discussão privilegia a presença de indivíduos que, por sua atuação, interesses e expectativas, destacaram-se no exercício de atividades políticas, administrativas, intelectuais e econômicas desde meados do século XIX até o início do século XX. Na virada do século, a exportação da borracha, então monopolizada pela produção amazônica, ocupou o segundo lugar na pauta brasileira de exportações, propiciando notável visibilidade à elite amazonense, segmento urbano que teve como emblema o Teatro Amazonas.

    Abstract in English:

    The article discusses the formation of an elite within early twentieth-century Amazon society. It explores the group’s unique social origins, its strategies for obtaining recognition, and its transformations. Special attention is focused on individuals who, because of their actions, interests, and expectations, stood out in the arenas of political, administrative, intellectual, and economic activities from the mid-nineteenth through the early twentieth centuries. At the turn of the century, rubber (then monopolized by production in the Amazon) ranked second among Brazilian exports, ensuring great visibility for the region’s elite - whose emblem was the Teatro Amazonas.
  • O imaginário social sobre a Amazônia: antropologia dos conhecedores Análise

    Sá, Samuel Maria de Amorim

    Abstract in Portuguese:

    O artigo aborda o tema do imaginário social sobre a Amazônia, e se fundamenta em uma base teórica que vê o imaginário como parcela da realidade social e como meio relevante para formar conhecedores. faz referência a situações e autores que tratam direta ou indiretamente sobre o tema. Um dos aspectos analisados no artigo é a relação da saúde pública com o imaginário. A conclusão destaca a importância do imaginário para que não se importem padrões de comportamento e soluções para problemas locais acriticamente, como uma modalidade de consumismo, mas que se combinem instituições ou soluções de fora e de dentro ou tradições endógenas e exógenas em contínuo reprocessamento.

    Abstract in English:

    The text is grounded on a theoretical base that sees the imaginary as a part of social reality and a pertinent way of shaping knowledge makers. Reference is made to situations and authors that address this topic directly or indirectly. One vein also explores the social imaginary regarding public health. The conclusion underscores the importance of the imaginary in averting an a-critical consumer-society importation of solutions. Instead, institutions or solutions should be sourced from both the outside and the inside, or from endogenous and exogenous traditions, as part of a continuous reprocessing.
  • Euclides da Cunha e a Amazônia: visão mediada pela ciência Análise

    Santana, José Carlos Barreto de

    Abstract in Portuguese:

    Famoso e desempregado em 1904, Euclides da Cunha foi nomeado chefe da Comissão Brasileira de Reconhecimento do Alto Purus. Após percorrer uma parte da Amazônia, pretendia escrever um livro intitulado Um paraíso perdido. Através da análise dos "ensaios amazônicos", dos relatórios técnicos, da correspondência pessoal e das anotações de leituras, o que inclui uma caderneta ainda inédita, este artigo busca entender as mediações feitas por Euclides da Cunha, entre suas observações e a leitura intensa da produção de naturalistas e cientistas especializados sobre a Amazônia, vista por ele como a região cujo conhecimento demarcaria o fecho da história natural.

    Abstract in English:

    Famous but unemployed, in 1904 Euclides da Cunha was appointed head of the Comissão Brasileira de Reconhecimento do Alto Purus (Brazilian commission for reconnaissance of the Alto Purus). After traveling through part of the Amazon, da Cunha intended to write a book entitled Um paraíso perdido (A paradise lost). The article analyzes his ‘Amazon essays’, technical reports, personal correspondence, and reading notes (including an unpublished notebook) as part of an effort to understand the associations that da Cunha made between his own observations and his broad readings of naturalists and scientific experts on the Amazon. In his view, achieving an understanding of this region would make an unparalleled contribution to natural history.
  • Tradições populares de uso de plantas medicinais na Amazônia Análise

    Santos, Fernando Sergio Dumas dos

    Abstract in Portuguese:

    Neste artigo, busco enfocar as tradições de uso de plantas medicinais na Amazônia, desde o ponto de vista dos processos históricos que marcaram a construção da sociedade amazônica. Ele está baseado nas informações relativas, notadamente, às regiões dos rios Negro/Branco e Acre/Purus, onde vem se realizando um estudo a partir de informações etnográficas. Neste contexto, as técnicas de uso de plantas medicinais, normalmente vinculadas às medicinas tradicionais, representam um importante ponto de encontro entre permanências e rupturas culturais, permitindo a observação de diferentes tradições de uso que para ali têm convergido.

    Abstract in English:

    The article explores traditional uses of medicinal plants in the Amazon from the perspective of the historical processes that have marked the construction of Amazon society. The study centers principally on information gathered in the regions of the Negro/Branco and Acre/Purus rivers, where research is being conducted based on ethnographic information. Within this context, techniques for using medicinal plants, usually linked to traditional medical practices, represent an important intersection between enduring and changing cultural elements.
  • Os níveis de desenvolvimento socioeconômico da população da Amazônia brasileira: 1970 e 1980 Análise

    Haller, Archibald O.; Torrecilha, Ramon S.; Haller, Maria Cristina del Peloso; Tourinho, Manoel M.

    Abstract in Portuguese:

    O artigo discute uma tipologia das áreas de fronteira na Amazônia brasileira e a relevância do conceito de fronteira para o estudo da emergência de anomia social nessas áreas. Propõe correlação positiva entre mudança social acelerada e fatos sociais anômicos, diluição de famílias, criminalidade, violência etc. Apresenta escores dos níveis de desenvolvimento socioeconômico per capita (DSE/kmu) das populações de todos os municípios da Amazônia Legal para 1970 e 1980, e conclui que os escores de 327 dos 329 municípios estudados cresceram, o que indica a melhora das condições de vida da população regional, contradizendo a hipótese, comum na literatura, de disrupção social na Amazônia brasileira. Assim, a anomia deve ser esperada com a mudança acelerada. Fatos anômicos não desmentem as melhoras socioeconômicas.

    Abstract in English:

    The text presents a typology of the different frontier areas within the Brazilian Amazon today and discusses the relevance of the concept of frontier in studying the emergence of social anomie in those areas. It suggests there is a positive correlation between the processes of accelerated social change characteristic of such areas and signs of social anomie, such as the loosening of family and personal ties, increased crime and violence, deterioration of the public order, etc. Per capita levels of socioeconomic development (DSE/kmu) were measured among people residing in all municipalities within the administrative region known as Amazônia Legal, for 1970 and 1980. Growth in the scores of 327 of the 329 municipalities under study indicates a strong trend towards improvement of living conditions for the region’s residents. This contradicts the hypothesis found in most of the analytical literature, which contends that the Brazilian Amazon has been stage to social disruption or stagnation. The text argues that anomie is to be expected in situations of accelerated social change, where people, values, and identities are unstable. Therefore, evidence of anomie, which confirms the occurrence of changes, cannot be used to negate the socioeconomic improvements observed in the Brazilian Amazon.
  • Ciência na periferia: a Unesco, a proposta de criação do Instituto Internacional da Hiléia Amazônica e as origens do Inpa Análise

    Maio, Marcos Chor; Sá, Magali Romero

    Abstract in Portuguese:

    Este artigo aborda as tentativas feitas, entre 1945 e 1952, de se criar uma instituição científica na Amazônia, sobretudo a proposta do cientista Paulo Estevão de Berrêdo Carneiro de criação do Instituto Internacional da Hiléia Amazônica (IIHA), com o patrocínio da Unesco. A literatura sobre o tema enfatiza o fracasso do IIHA em decorrência da ideologia nacionalista. Evitando operar com a idéia de êxito/fracasso, sugerimos que os impasses do projeto resultaram também de visões distintas acerca do papel social da ciência no pós-guerra. É destacada ainda a importância das disputas que surgiram nos primórdios da Unesco, quando a agência recém-criada objetivava implementar política de colaboração científica no plano internacional, acima das competições. Os percalços do plano IIHA devem-se também aos frágeis vínculos entre o projeto da Unesco e a comunidade científica brasileira. Contudo, o projeto do IIHA gerou um efeito não previsto: o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa).

    Abstract in English:

    This article focuses on efforts between 1945 and 1952 to create a scientific institute in the Amazon and, specifically, on the project designed by the Brazilian scientist Paulo Estevão de Berrêdo Carneiro. He intended to create with the support of Unesco the International Institute of the Hylean Amazon (IIHA). The literature on the topic has argued that the project met with failure because the prevailing nationalist ideology ran counter to the implementation of such an international institute in the Amazon. Eschewing the notion of success/failure, the present text suggests that the project ran into impasses for other reasons too. For one thing, actors disagreed on the social role of science in the post-World War II period. Another factor consisted of the international and regional disputes around the time of the creation of Unesco, when it wanted to enforce a policy of international scientific collaboration, outside the realm of competition. Lastly, the proposal encountered problems because of the fragile ties between the Unesco project and Brazil’s scientific community. Nevertheless, the idea of establishing the IIHA was to bear unexpected fruit: the Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia/Inpa (National Amazon Research Institute).
  • O Boi-Bumbá de Parintins, Amazonas: breve história e etnografia da festa Análise

    Cavalcanti, Maria Laura Viveiros de Castro

    Abstract in Portuguese:

    O festival dos Bois-Bumbás de Parintins (AM) alcançou nos últimos anos dimensões massivas, conjugando, de modo inesperado e criativo, padrões e temas culturais tradicionais a procedimentos e abordagens modernizantes. É hoje uma das grandes manifestações populares do Norte do Brasil, atraindo milhares de pessoas não só de Manaus (a capital do estado) e cidades próximas, como de diversas partes do país. O artigo analisa-o a partir de uma perspectiva antropológica, centrada no estudo dos rituais. Tece considerações sobre o estudo e a história do folguedo no Brasil. Empreende uma etnografia do festival, situando-o no contexto da região amazônica e examinando a trajetória percorrida desde sua criação aos dias atuais. Sugere, finalmente, a interpretação do Bumbá como um novo nativismo que, ao valorizar as raízes regionais indígenas, afirma positivamente uma identidade cultural cabocla.

    Abstract in English:

    In recent years, the Boi-Bumbá festival in Parintins, in the state of Amazonas, has reached massive proportions. In surprising and creative ways, the festival mixes traditional cultural patterns and themes together with modernizing procedures and approaches. It has now become a major expression of popular culture in North Brazil, drawing thousands of people not only from the state capital of Manaus and nearby cities but also from all over the country. The article analyzes the Boi-Bumbá from an anthropological perspective, centered on the study of rituals and including observations on the study and history of folguedo in Brazil. Looking from an ethnographic angle, the article situates the festival in the context of the Amazon and examines the road taken from its creation to today. In conclusion, the Bumbá is interpreted as a new nativism that serves as a positive affirmation of cabocla cultural identity by valuing indigenous regional roots.
  • Amazônia de mistérios e descobertas: Parintins a grande surpresa Imagens

    Machado, Loris
  • Amazônia, modernidade e atraso ou o Brasil e seus paradoxos regionais Depoimento

    Souza, Márcio
  • O cinema na Amazônia Debate

    Penido, Stella Oswaldo Cruz
  • O acervo da família Carneiro: fonte para o estudo do pensamento e da prática filosófica, política e científica brasileira nos séculos XIX e XX Fontes

    Fraiz, Priscila
  • Recursos naturais, meio ambiente e desenvolvimento na Amazônia brasileira: um debate multidimensional Ensaio Bibliográfico

    Drummond, José Augusto
Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Av. Brasil, 4365 - Prédio do Relógio, 21040-900 Rio de Janeiro RJ Brazil, Tel./Fax: (55 21) 3865-2208/2195/2196 - Rio de Janeiro - RJ - Brazil
E-mail: hscience@coc.fiocruz.br