• Introdução ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Dimensões raciais da cultura material urbana no Brasil: a cidade como objeto de disputa

    BARONE, ANA CLAUDIA CASTILHO
  • A ética do silêncio racial no contexto urbano: políticas públicas e desigualdade social no Recife, 1900-1940 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ - Dimensões raciais da cultura material urbana no Brasil: a cidade como objeto de disputa

    FISCHER, BRODWYN MICHELLE

    Resumo em Português:

    RESUMO Mais de meio século após o preconceito racial ter se tornado o principal alvo dos movimentos urbanos pelos direitos civis nos Estados Unidos e na África do Sul, e décadas depois do surgimento dos movimentos negros contemporâneos no Brasil, o conjunto de ferramentas legislativas criado no Brasil para promover o direito à cidade ainda adere à longa tradição brasileira de silêncio acerca da questão racial. Este artigo propõe iniciar uma exploração das raízes históricas desse fenômeno, remontando ao surgimento do silêncio sobre a questão racial na política urbana do Recife, Brasil, durante a primeira metade do século XX. O Recife foi e é um exemplo paradigmático do processo pelo qual uma cidade amplamente marcada por traços negros e africanos chegou a ser definida política e legalmente como um espaço pobre, subdesenvolvido e racialmente neutro, onde as desigualdades sociais originaram na exclusão capitalista, e não na escravidão e nas ideologias do racismo científico. Neste sentido, Recife lança luzes sobre a política urbana que se gerou sob a sombra do silêncio racial.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT More than half a century after racial prejudice became central to urban civil rights movements in the United States and South Africa, and decades after the emergence of Brazil’s contemporary Black movements, Brazil's internationally recognized body of rights-to-the-city legislation still adheres to the country's long historical tradition of racial silence. This article explores the historical roots of this phenomenon by focusing on the emergence of racial silence in Recife, Brazil during the first half of the 20th Century. Recife was and remains a paradigmatic example of the process through which a city marked by its Black and African roots came to be legally and politically defined as a poor, underdeveloped and racially neutral space, where social inequalities derived from capitalist exclusion rather than from slavery and scientific racism. As such, Recife's experience sheds light on the urban policies that were generated in the shadow of racial silence.
  • Estratégias de aquisição da casa própria: a trajetória de algumas famílias negras paulistanas nas décadas de 1920 a 1940 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ - Dimensões raciais da cultura material urbana no Brasil: a cidade como objeto de disputa

    BARONE, ANA CLAUDIA CASTILHO

    Resumo em Português:

    Resumo No Brasil, há uma crença cultural de que a atitude mais sábia para garantir uma economia doméstica segura e estável é a aquisição da casa própria. Por gerações, o “sonho da casa própria” tem sido cultivado como um horizonte a se atingir. Confirmando essa tendência, desde a década de 1920, a “casa própria” torna-se uma noção mobilizada nos periódicos da imprensa negra, circulando em diversos artigos como uma aspiração desejável e uma orientação ao público dos jornais. Entre 1924 e 1937, dois dos principais jornais da imprensa negra paulista, O Clarim da Alvorada e A Voz da Raça, realizaram uma campanha em favor da casa própria, difundindo entre as famílias negras paulistanas a ideia da importância da aquisição imobiliária. Essas campanhas constituem um indício importante da relevância da aquisição residencial para as famílias negras do período. Neste trabalho, procuramos analisar essa importância como estratégia de seguridade social intergeracional, por meio da apresentação de três casos de famílias negras que realizaram esse objetivo entre as décadas de 1920 e 1940. Os depoimentos das famílias negras aqui reportados indicam precocidade, especificidades e estratégias que representam novos desafios para a reflexão sobre a formulação do problema da casa própria, a partir do ponto de vista racial.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT In Brazil, there is a cultural belief that property acquisition is the wisest attitude to ensure a safe and stable economy. For generations, the "dream of property ownership" has been cultivated as a horizon to be achieved. Confirming this tendency, since the 1920s, "casa propria" (home ownership) became a notion mobilized in the black press periodicals, circulating as a desirable aspiration and an orientation to the journals public. Between 1924 and 1937, two of the main newspapers of São Paulo black press, O Clarim da Alvorada and A Voz da Raça, carried out a campaign in favor of property ownership, spreading among paulista black families the importance of property acquisition. These campaigns are an important sign for the relevance of buying a property for black families at that time. In this paper, we seek to analyze it as an intergenerational social security strategy, through the presentation of three cases of black families that accomplished this goal between 1920s and 1940s. The black families testimonies reported here indicate precocity, specificities and strategies that represent new challenges for the formulation of property ownership problem, from a racial point of view.
  • A cor do Homem Nu: impasses de uma periferia branca diante do modernismo (Paraná, 1953) ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ - Dimensões raciais da cultura material urbana no Brasil: a cidade como objeto de disputa

    ALVES, BENNO WARKEN

    Resumo em Português:

    RESUMO Em meados dos anos 1950, a construção de um monumento em Curitiba colocou a elite local diante de um impasse: como ser moderno, no Brasil do pós-guerra, sem deixar de ser branco? Concebido como parte das comemorações de cem anos de criação do Paraná, o monumento do centenário deveria dominar a praça do Centro Cívico - um conjunto administrativo moderno projetado para simbolizar a súbita transformação do Paraná em um dos estados mais ricos da federação. Os 21 gigantes de pedra que formariam o monumento, entretanto, acabaram sendo reduzidos a apenas um, o Homem Nu, obra dos escultores Erbo Stenzel e Humberto Cozzo. Neste artigo, analiso os sentidos relacionados à adaptação, construção e repercussão do monumento do Homem Nu, incluindo os atritos entre agentes locais e profissionais de vanguarda (e outros nem tanto) que trabalhavam no Rio de Janeiro. Procuro mostrar os esforços de uma fração da elite empenhada em atualizar sua região periférica seguindo os ditames de um movimento moderno desenvolvido no centro da vida cultural nacional. Contra a resistência de uma fração reacionária da elite, os modernos do Paraná conseguiram assegurar projetos arquitetônicos significativos, para em seguida recuar quando descobriram que ser moderno e brasileiro, nos anos 50, significava tornar-se menos branco.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT In the mid-1950’s, the construction of a monument in Curitiba, Paraná, led the local elite to an impasse: how to be modern, in postwar Brazil, without giving up being white? Conceived as part of the centenary commemorations of the state of Paraná, the monument should dominate the Civic Center plaza - an administrative complex planned to symbolize the sudden transformation of Paraná into one of the richer states in the federation. However, the 21 stone giants that would comprise the monument ended up reduced to only one, the Naked Man, made by sculptors Erbo Stenzel and Humberto Cozzo. In this article, I analyze the meanings associated with the adaptation, construction and repercussion of the Naked Man, including the conflicts between local agents and modernist professionals that worked in the Brazilian capital, Rio de Janeiro. I trace the efforts of an elite group focused in updating their region according to the standards set by a modern movement developed in the centers of the nation’s cultural life. Facing resistance from a reactionary local elite group, the modern paranaenses were able to secure significant architectural projects, but only to retreat when they figured that being modern and Brazilian, in the postwar years, meant becoming less white.
  • O Largo da Banana e a presença negra em São Paulo1 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ - Dimensões raciais da cultura material urbana no Brasil: a cidade como objeto de disputa

    SIQUEIRA, RENATA MONTEIRO

    Resumo em Português:

    RESUMO O Largo da Banana está associado à história da população negra em São Paulo. Reconhecido como um dos “berços” do samba paulista, é sobretudo através dos próprios sambistas que essa história pode hoje ser conhecida. Localizado junto à antiga estação da Barra Funda, desde as primeiras décadas até meados do século passado, aquele espaço concentrou trabalhadores informais vinculados às atividades da ferrovia. Em meio a um cotidiano precário e instável, essa população realizava rodas de samba e de tiririca. Nos anos 1950, foi construído naquele local o Viaduto Pacaembu, que prolongava a avenida homônima para além da via férrea. A partir da década de 1960, o sambista negro Geraldo Filme compôs duas canções em que homenageava o Largo da Banana e lamentava seu desaparecimento após a inauguração do viaduto. Nessas e em outras composições, o artista registrou suas percepções sobre as condições de vida da população negra e sambista na cidade, suas sociabilidades, bem como sobre as transformações urbanas que testemunhou. Considerando que sua obra artística contribui para iluminar aspectos da realidade social, ela é adotada como fonte para analisar as formas de sociabilidade no Largo da Banana e a intervenção urbanística naquele local.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The Largo da Banana relates to the history of the black population in São Paulo. Acknowledged as one of São Paulo’s “cradle” of samba, samba musicians are its main spokespersons. Largo da Banana used to be located near the former Barra Funda Railway Station. From the first decades to around half the Twentieth century, informal laborers in the railway logistics used to gather together in that space. Within a precarious and unsteady daily life, they used to play samba and tiririca. In the fifties, the municipality built the Pacaembu Viaduct in that area, aiming to extend the homonym avenue beyond the railway road. In the sixties, samba musician Geraldo Filme wrote two songs in which he paid homage to Largo da Banana and regretted its disappearance after the viaduct’s inauguration. In these and other of his songs, the artist recorded his perceptions on the life conditions of São Paulo’s blacks and samba musicians, their sociabilities, and also the urban changes he witnessed. Considering that his artistic work contributes to enlighten aspects of social reality, I analyze some of his songs to interpret the sociabilities at Largo da Banana, as well as the urban intervention in that location.
  • Introdução ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    NASCIMENTO, FLÁVIA BRITO DO; CHUVA, MÁRCIA REGINA ROMEIRO
  • Historiografia do patrimônio na década de 1980? Algumas considerações ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    Teixeira, Luciano dos Santos

    Resumo em Português:

    RESUMO Este artigo analisa a constituição de uma abordagem historiográfica sobre o patrimônio cultural no Brasil, a partir de duas obras de referência para o estudo do tema, editadas na década de 1980: Produzindo o passado, organizada por Antonio Augusto Arantes (1984), e Proteção e revitalização do patrimônio cultural no Brasil: uma trajetória (1980), lançada pelo Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sphan/Pró-Memória). Enfatizando tanto o contexto em que essas obras foram publicadas, como as características que as tornaram representativas da nova abordagem do patrimônio cultural, o texto ressalta, para além das novas temáticas propostas por esses títulos, novas perspectivas, que traduziam, por sua vez, novos olhares sobre a cultura, a memória e o passado materializado da nação. abordagens partir daí foi possível organizar novo discurso patrimonial, associado a noções como de bem cultural, e, com isso, surgiu a possibilidade da escrita da história do patrimônio no Brasil.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article analyzes the constitution of a historiographical approach on cultural heritage in Brazil, based on two works considered as references for the study of the theme, published in the 1980s: Producing the past, organized by Antonio Augusto Arantes (1984) and Protection and revitalization of cultural heritage in Brazil: a trajectory (1980), launched by SPHAN / Pró-Memória. Emphasizing both the context in which these publications were launched, as well as the internal characteristics that made them representative of a new approach to cultural heritage, it highlights, in addition to the new themes proposed by these works, new approaches, which in turn translated new looks at the nation's culture, memory and materialized past. Such approaches organized a new patrimonial discourse, associated with notions as a cultural asset, and at the same time demarcated the conditions for the possibility of writing the history of heritage in Brazil.
  • A restauração arquitetônica na década de 1980 no Brasil a partir dos exemplos da Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    KÜHL, BEATRIZ MUGAYAR

    Resumo em Português:

    RESUMO Este artigo trata de questões relacionadas ao restauro arquitetônico nos anos 1980 no Brasil a partir dos exemplos que aparecem nos números da Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional daquela década. O intuito é evidenciar formas como questões de restauro ali aparecem e problematizar o discurso em torno dos exemplos publicados. Ainda faltam no Brasil estudos que tratem de forma sistemática o conjunto das restaurações feitas no país naquele período, apesar de existirem análises sobre obras específicas de grande interesse. O objetivo deste texto não é fazer apresentação metódica do quadro de intervenções daquele momento, mas problematizar alguns temas a partir daquilo que a então Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Sphan) (atual Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan) valorizou em sua revista, especialmente dois casos ali publicados - a proposta de ação prevalentemente conservativa nas Ruínas de São Miguel das Missões e a intervenção no Paço Imperial do Rio de Janeiro -, contrabalançados por outros textos do periódico. Para tanto, será inicialmente explicitada a forma de circunscrição do tema e de sua abordagem para, a seguir, apresentar algumas características da Revista do Patrimônio nos anos 1980. Depois, serão enfrentados os artigos sobre as Ruínas de São Miguel e sobre o Paço Imperial que, na sequência, serão contrabalançados com outros discursos em torno deles e com outros textos que aparecem naqueles mesmos números, os quais tratam de diversas questões de preservação e lançam luzes mais matizadas sobre o que se discutia sobre restauração naquela década.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article analyzes issues related to the architectural restoration in 1980s Brazil, exploring examples published in various editions of Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional of that decade to verify the methods used to handle restoration problems and question the arguments related to these examples. Brazil still lacks studies that systematically treat the restorations made in the country during that period, although analyses of great interest concerning specific interventions exist. The purpose of this text is not to present systematically the preservation issues of that time, but to question some themes that Sphan (Secretaria do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, current Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan) valued in its journal, especially two cases published there: the predominantly conservative proposal for the Ruins of São Miguel das Missões, and the intervention in the Imperial Palace of Rio de Janeiro, counterbalanced by other texts of the journal. For such, the approach to the theme will be initially explained. Then, the characteristics of Revista do Patrimônio in the 1980s will be presented. Afterwards, the articles about the Ruins of São Miguel and the Imperial Palace are analyzed and then counterbalanced with other articles that present different discourses around these cases and other approaches that appear in those issues of the journal. These articles deal with various preservation problems and add nuance on what was being discussed about restoration in that decade.
  • Entre a herança e a presença: o patrimônio cultural de referência negra no Rio de Janeiro1 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    CHUVA, MÁRCIA REGINA ROMEIRO

    Resumo em Português:

    RESUMO Este artigo analisa ações dirigidas ao reconhecimento da herança negra por meio de políticas de memória e patrimônio durante o primeiro governo do estado do Rio de Janeiro eleito democraticamente nos anos 1980, especialmente o tombamento da Pedra do Sal e a instalação do Monumento a Zumbi. Para compreender essas ações, é feita, inicialmente, uma leitura sobre os modos como as políticas de patrimônio em nível federal foram transformadas no contexto da redemocratização do país e estiveram em diálogo com as políticas implementadas no nível estadual do Rio de Janeiro. Este texto busca perceber os paradigmas que fundamentam tais narrativas, ao mesmo tempo que transita da macropolítica ao campo das lutas de memória, como universos entrelaçados. Na segunda parte, analisam-se eventos relacionados à patrimonialização da herança negra na cidade, nos anos 2000, a saber, o reconhecimento da Pedra do Sal como quilombo, em 2005, e os títulos de Patrimônio Mundial atribuídos à cidade pela Unesco, em 2012 e 2017. Busca-se, assim, capturar as representações da cidade patrimonializada e verificar os valores que prevalecem em cada situação, identificando a presença de dois paradigmas que tensionam o campo do patrimônio, aqui chamados de paradigma moderno e paradigma do patrimônio como direito. A noção de valor histórico acionada nas situações analisadas será um dos fios condutores por meio dos quais são estabelecidas conexões analíticas entre os paradigmas de patrimônio, os regimes de historicidade e as percepções de tempo passado e tempo presente.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article analyzes actions taken to acknowledge black inheritance through policies of memory and heritage during the first democratically elected government of the state of Rio de Janeiro in the 1980s, especially the protection of Pedra do Sal and the Monument to Zumbi. In order to understand these actions, firstly, the ways in which heritage policies at the federal level were transformed in the context of the country’s redemocratization are analyzed, and how they were in dialogue with the policies implemented at the state level of Rio de Janeiro. We verify the paradigms that underlie such narratives, while moving from macropolitics to the field of struggles of memory as intertwined universes. In the second section, events related to the patrimonialization of black heritage in the city in the 2000s are analyzed, namely, the recognition of Pedra do Sal as Quilombo in 2005, and the world heritage titles attributed to the city by Unesco in 2012 and 2017. Thus, it seeks to capture the representations of the heritage city and verify the values that prevail in each situation, identifying the presence of two paradigms that tension the field of heritage, here called the modern paradigm and the paradigm of heritage as a right. The notion of historical value triggered in the analyzed situations is one of the guiding threads through which analytical connections are established between heritage paradigms, historicity regimes, and the perceptions of past and present time.
  • Quilombos, política federal de patrimônio e reparação ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    BRANDÃO, JOSEANE PAIVA MACEDO

    Resumo em Português:

    RESUMO Considerando pedidos de reparação como solicitações de reconhecimento, é possível pensar em políticas governamentais de patrimônio como esferas que articulam reconhecimento cultural e jurídico-político e mobilizam dinâmicas que ligam Estado, sociedade civil e comunidades detentoras de patrimônio. A constituição de um patrimônio afro-brasileiro nos anos 1980, por meio do tombamento da Serra da Barriga - considerada o local do Quilombo dos Palmares, no século XVII -, teve importante papel de incorporar a dimensão cultural e jurídico-política do reconhecimento, influenciando na dimensão de reparação que a categoria “quilombo” ganhou na Constituição Federal de 1988. Posteriormente, a partir do ordenamento jurídico constitucional, com a criação da categoria “comunidade remanescente de quilombo” e a ampliação dos instrumentos utilizados para identificação e reconhecimento de patrimônios culturais pelo Estado, as políticas e narrativas patrimoniais puderam reconhecer mais do que o desrespeito histórico da escravidão e a posição subalterna dos afrodescendentes na sociedade brasileira. Estas também permitiram o reconhecimento de formas de organização social e cultural específicas que, nesse caso, geram a designação particular “quilombola”.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT By considering requests for reparations as requests for recognition, one can think of government heritage policies as spheres that articulate cultural and legal-political recognition and that mobilize dynamics that link the State, civil society and heritage-holding communities. The constitution of an Afro-Brazilian heritage in the 1980s, initially through the safeguarding of Serra da Barriga as a heritage site - considered the site of Quilombo dos Palmares in the 17th century - was crucial for the incorporation of the quilombo category into Brazil’s 1988 Federal Constitution, assigning reparations with cultural and legal-political recognition. Subsequently, from the creation of the category “quilombo remnant community” at constitutional level and the expansion of the instruments used by the State to identify and recognize cultural heritage, heritage policies and narratives were able to recognize the historical disrespect for slavery and the subordinate position of people of African descent in Brazilian society. Furthermore, the recognition of specific forms of social and cultural organization also became possible, in this case, those that generate the particular designation “quilombola”.
  • O projeto MAMNBA: contexto político institucional, desdobramentos conceituais e técnicos ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    SANT’ANNA, MARCIA

    Resumo em Português:

    RESUMO O artigo aborda o projeto Mapeamento de Sítios e Monumentos Religiosos Negros da Bahia (MAMNBA) como um indicador importante de dois movimentos convergentes que tomam corpo a partir nos anos 1980 no Brasil: o da emergência do “patrimônio nacional” como um campo de luta política apropriado por movimento sociais negros de afirmação de direitos culturais e de quebra do monopólio luso-brasileiro nas representações da história do país; e o da ampliação da antiga noção de patrimônio histórico e artístico, com sua paulatina substituição pela noção de patrimônio cultural. Aborda, ainda, o modo como a Constituição Federal de 1988 recepcionou esses movimentos e como suas diretrizes relativas ao patrimônio afro-brasileiro foram absorvidas na política de preservação do patrimônio cultural, especialmente no âmbito federal. Tomando esta esfera do poder público como foco, o artigo trata também dos desdobramentos conceituais, metodológicos e práticos que a proteção e salvaguarda desse patrimônio produziu no âmbito do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a partir do tombamento de diversos terreiros de candomblé na Bahia e em outros estados do país. Por fim, o artigo aborda os conflitos e contradições que emergiram a partir da gestão e do dia a dia da preservação desses bens culturais, entre as concepções da área técnica do Iphan sobre a sua conservação e a visão das comunidades de culto sobre o que é o seu patrimônio cultural e como este deve ser preservado nesses sítios.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The article approaches the Black Religious Monuments and Sites Mapping Project (MAMNBA) as an important indicator of two converging movements that take shape in the 1980s in Brazil. The first one is the emergence of the "national heritage" as a field of political struggle appropriated by black social movements that seek the affirmation of their cultural rights and the breaking of the Portuguese-Brazilian monopoly of the representations of the history of the country. The second one is the extension of the old concept of historical and artistic heritage until its gradual replacement by the notion of cultural heritage. It also addresses the way in which the Federal Constitution of 1988 welcomed these movements and how their guidelines regarding Afro-Brazilian heritage were absorbed in the policy of cultural heritage preservation, especially at the federal level. Taking this sphere of public power as a focus, the article also deals with the conceptual, methodological and practical developments that the protection and safeguarding of this particular cultural heritage has produced within the scope of the Institute of National Historic and Artistic Heritage (Iphan), since the listing of several Terreiros de Candomblé in Bahia and in other states of the country as cultural heritage. Finally, the article addresses the conflicts and contradictions that emerged from the day-to-day management and preservation of these cultural properties between the conceptions of Iphan’s technical staff on the conservation of these religious spaces and what the cult communities consider their cultural heritage and how it should be preserved in these sites.
  • Patrimônio ambiental urbano, cidade e memória: uma dimensão política da preservação cultural na década de 1980 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de1980 em perspectiva

    TOURINHO, ANDRÉA DE OLIVEIRA; RODRIGUES, MARLY

    Resumo em Português:

    RESUMO A partir da experiência de São Paulo, pretende-se abordar as relações entre cidade e memória, traduzidas no conceito de patrimônio ambiental urbano, e as políticas de preservação na década de 1980. Em um momento de ebulição das problemáticas sociais, acentuava-se a importância da reforma urbana e da gestão democrática da cidade, ao mesmo tempo em que o campo do patrimônio cultural se redefinia como memória. Na década de 1980, novas formas de abordagem do patrimônio cultural lançaram um outro olhar sobre as relações entre cidade, memória e sociedade. A base conceitual dessas experiências encontrava-se nas ideias desenvolvidas nos anos 1970, quando setores da sociedade passaram a se preocupar com os efeitos negativos dos processos da industrialização, metropolização e renovação urbana sobre a qualidade de vida na cidade. O conceito de patrimônio ambiental urbano encontrava-se no cerne daquelas ideias, gestado no campo do planejamento econômico e territorial, com a contribuição do campo da preservação do patrimônio, no contexto dos governos militares. Em São Paulo, o conceito de patrimônio ambiental urbano passa da política de planejamento, nos anos 1970, para a política estadual e municipal de preservação do patrimônio na década de 1980. Nos órgãos estadual e municipal de preservação em São Paulo, as preocupações que então se delineavam foram traduzidas em experiências inovadoras de aproximação com o campo do planejamento, de valorização das memórias sociais e de interação com a sociedade.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT Out of São Paulo’s experience, this paper intends to address the relations between city and memory, translated into the concept of urban environmental heritage, and conservation policies in the 1980s. At a boiling time of social problems, the emphasis was put on the urban reform importance, and the democratic management of the city, while the field of cultural heritage redefined itself as memory. In the 1980s, new ways of approaching cultural heritage cast other look at the relationships between city, memory and society. The conceptual basis of these experiences was found in the ideas developed in the 1970s, during the authoritarian period, when sectors of society began to worry about the negative effects of the processes of industrialization, metropolization and urban renewal on the quality of life in the city. Landscape and environment entered into the vocabulary of urban public policies and cultural heritage. The concept of urban environmental heritage was at the heart of those ideas, developed in the field of economic and territorial planning, with the contribution of the heritage conservation field, within the context of military governments. In São Paulo, the concept of urban environmental heritage shifts from the planning policy in the 1970s to the state and municipal policy of heritage conservation in the 1980s. In state and municipal conservation bodies in São Paulo, these issues will translate into innovative experiences of approaching the field of planning, valuing social memories and interacting with society.
  • Z8-200 em decurso: caminhos e impasses da preservação cultural por zoneamento em São Paulo nos anos 19801 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    TONASSO, MARIANA CAVALCANTI PESSOA

    Resumo em Português:

    RESUMO Em 1975, foi instituído na cidade de São Paulo o primeiro instrumento municipal de preservação do patrimônio cultural: a Zona Especial Z8-200. Seu estabelecimento significou o início de uma experiência inovadora em São Paulo, coerente com outras iniciativas urbanísticas de preservação da época, a exemplo do Corredor Cultural do Rio de Janeiro (de 1979). Como parte da lei geral de zoneamento, a Z8-200 representou uma alternativa ao tradicional tombamento, uma vez que este ainda não havia se estabelecido em nível municipal. Sua estruturação era bem fundamentada e permeada de diretrizes urbanísticas, porém sua aplicação prática apresentou algumas limitações importantes. Após uma breve caracterização do instrumento e de seus antecedentes, este artigo se propõe a discutir principalmente os desdobramentos e contradições relacionados à implementação da Z8-200 no decorrer dos anos 1980. O período é marcado, por um lado, pela regulamentação do instrumento, buscando normatizar e incentivar a preservação por zoneamento, em reação à perda de bens culturais significativos na cidade. Por outro lado, a mesma década presenciou um esvaziamento do instrumento, suscetível às circunstâncias políticas, abrindo caminho para o estabelecimento do Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp), que assumiria a prerrogativa de zelar pelos bens culturais da cidade.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT In 1975, the first instrument for cultural heritage preservation was established in São Paulo, São Paulo, Brazil: the Z8-200 Special Zone. Its constitution meant the beginning of an innovative experience in the city, consistent with other urban preservation initiatives of that period, such as the 1979 Corredor Cultural in Rio de Janeiro. As part of the general zoning law, the Z8-200 represented an alternative to the traditional Heritage List, as it had not been established at the municipal level at that point. Its structure was well-founded and permeated with urban guidelines, although it presented some important limitations in practice. After a brief characterization of the instrument and its background, this article discusses the development and contradictions related to its implementation during the 1980s. This period is marked, on the one hand, by the regulation of the instrument, seeking to strengthen and encourage preservation through zoning, in reaction to the loss of significant cultural buildings in the city. On the other hand, the same decade witnessed the instrument’s emptying, susceptible to political circumstances, paving the way for the establishment of the Municipal Council for Preservation (Conpresp), which would assume the prerogative to defend the city’s cultural heritage.
  • Ao sul do Corredor Cultural: moradia e patrimônio na área central do Rio de Janeiro durante a década de 1980 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    NASCIMENTO, FLÁVIA BRITO DO

    Resumo em Português:

    RESUMO Este artigo discute a história da patrimonialização da área central do Rio de Janeiro e o problema dos sujeitos sociais e da moradia no projeto Corredor Cultural durante a década de 1980. Pretende-se pensar como a propalada e ambicionada relação entre moradia e patrimônio - um dos focos do campo nas décadas de 1970 e 1980 - é elaborada no quadro das práticas patrimoniais daqueles anos. A partir da análise de fontes documentais, iconográficas e cartográficas sobre o Corredor Cultural, discute-se um tema pouco abordado na historiografia sobre a preservação do Centro do Rio de Janeiro. A análise de documentos consultados em arquivos associada às entrevistas feitas com agentes públicos e gestores à época, permitiram o cruzamento de dados para a problematização e construção sobre como o tema da moradia foi tratado. O estudo “Espaços de moradia ao sul do Corredor Cultural”, de 1984, para a Área de Proteção do Ambiente Cultural da Cruz Vermelha serve como foco e estudo de caso para discutir o tema da habitação no patrimônio nesse período. Entendendo que apropriações locais e sujeitos sociais foram um dos principais vértices conceituais do patrimônio cultural do período, problematizamos de que maneira o tema foi articulado, estudado e posto em prática no projeto de preservação urbana do Corredor Cultural, além de como ele se relacionou com os outros agentes de patrimônio na cidade. Discute-se a centralidade dos argumentos da cultura e dos usos culturais na proposta de revitalização e preservação e como os habitantes foram ou não considerados nesse processo. Encerra-se discutindo como um tema tão importante para a década de 1980 segue irresoluto nas políticas de valorização e preservação do patrimônio nacional.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This paper discusses the history of heritage-making in downtown Rio de Janeiro, and the relations between culture, social subjects and housing in the context of the late 1970s and 1980s Cultural Corridor project. Based on an understanding that local appropriations and social subjects were one of the key conceptual elements of cultural heritage during this period, we question how the subject was articulated, studied and put into practice in downtown Rio de Janeiro during those years. The central role of the arguments for culture and of the cultural uses of the city in the downtown revitalization project are discussed, as are the contradictions posed by the absence of a housing discourse in such plans. We look mainly at the Cultural Corridor project and the study titled “Living spaces south of the Cultural Corridor,” linking them to actions by other cultural heritage actors in the region. We examine how the much discussed and coveted relation between housing and heritage - one of the pillars of heritage thinking from the 1960s onwards - took shape within the context of heritage practices in downtown Rio de Janeiro.
  • Sítios urbanos na redemocratização: novas demandas e caminhos para ampliação das práticas de preservação ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de1980 em perspectiva

    MOTTA, LIA

    Resumo em Português:

    RESUMO Este artigo trata das respostas às demandas de proteção das cidades feitas por novos agentes sociais à instituição federal de preservação, hoje o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), de 1979 até 1989, durante o processo de redemocratização do Brasil. Problemas urbanos, intensificados na década de 1970, envolvendo a destruição de áreas das cidades, assim como transformações nos sítios tombados, provocaram mudanças na valorização desses bens culturais, uma vez que as demandas de proteção não necessariamente correspondiam aos padrões até então usados para proteção das cidades pela instituição federal de preservação. Até então as ações de preservação se estruturavam tendo como agentes sociais intelectuais modernistas e uma visão hegemônica do que seria a representação de uma identidade nacional: arquitetura colonial brasileira e imóveis considerados excepcionais. No atendimento aos novos pedidos de proteção, foram adotados outros valores de patrimônio, admitindo-se uma heterogeneidade de estilos arquitetônicos nos sítios, a historicidade urbana e assumindo o conceito cidade-documento na superação do critério estilístico de valoração das cidades. A instituição aproximou-se dos habitantes dos sítios tombados e promoveu ações de produção de conhecimento para o estabelecimento de parâmetros e normas de análise das intervenções solicitadas por eles. Destaca-se a Constituição Federal de 1988, por ser a primeira que definiu um conceito orientador das práticas de preservação e por ter os grupos sociais como protagonistas da valorização dos bens culturais.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article deals with the responses to the demands of protection of cities made by new social agents to the federal institution of preservation, from 1979 to 1989, during the process of redemocratization in Brazil. Urban problems, intensified in the 1970s, involving the destruction of urban areas, as well as transformations in the listed sites, caused changes in the valuation of these cultural goods, since the demands did not necessarily correspond to the standards previously used to protect cities by the federal preservation institution. Until then modernist intellectual agents structured preservation actions and a hegemonic vision of what would represent a national identity: Brazilian colonial architecture and exceptional buildings. In response to new requests, other heritage values were adopted, admitting the heterogeneity of architectural styles on the sites, the urban historicity, and assuming the concept of city’s as documents in overcoming the stylistic criteria of valuing towns. The institution approached the inhabitants of the listed sites and promoted research for the production knowledge to establish parameters and analysis standards for the interventions requested by them. The 1988 Federal Constitution stands out, for being the first to define a guiding concept for preservation practices and for having social groups as protagonists in the valorization of cultural goods.
  • A natureza na preservação do patrimônio cultural paulista: a contribuição de Aziz Nacib Ab’Saber ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    SCIFONI, SIMONE

    Resumo em Português:

    RESUMO Um dos exemplos mais significativos de avanços promovidos nas políticas públicas de patrimônio cultural dos anos 1980 foi a consolidação da ideia de natureza como seu objeto de atuação. Grutas, serras, morros, rios, florestas, ilhas, parques urbanos, dentre outros bens naturais, passaram a compor a lista do patrimônio tombado do estado de São Paulo. Essa experiência, que teve sua origem 50 anos atrás, ainda é marcada na atualidade por inúmeras dificuldades de compreensão do objeto em si e sua relação com os valores culturais. Nesse sentido, o presente artigo busca apresentar e colocar em debate os elementos centrais dessa prática institucional, apontando para o papel e as contribuições do geógrafo Aziz Nacib Ab’Saber na consolidação do trabalho dentro no órgão de preservação do patrimônio cultural do estado de São Paulo. O caminho para a discussão passa, inicialmente, pela compreensão das origens e dos marcos legais da proteção desse objeto, com destaque para o legado da década de 1980, no fortalecimento e expansão da proteção da natureza como patrimônio cultural a partir da construção de princípios conceituais. Ao final, procura-se apontar para a atualidade e problemática do tema frente às políticas públicas em curso.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT One of the most significant examples of advances in public policy for cultural heritage in the 1980s was the widespread acceptance of the notion that nature should be part of its scope. Caves, mountains, hills, rivers, forests, islands, urban parks and other natural assets were added to the list of heritage sites of the State of São Paulo. This experience, which began 50 years ago, continues to be marked by some major difficulties in understanding the object itself and its relationship with cultural values. In that sense, this paper aims to present and debate the key elements of this institutional practice, highlighting the role and contributions of geographer Aziz Nacib Ab’Saber towards solidifying the work of the cultural preservation agency of the State of São Paulo. At first, the path to this discussion involves an understanding of the origins and legal frameworks for protecting of this object, with a special spotlight on the legacy of the 1980s, the strengthening and expansion of the protection of nature as cultural heritage, starting with the development of conceptual principles. At the end, it aims to describe the current scenario and the problematics of the topic in light of current public policy.
  • Patrimônio como direito, licenciamento como possibilidade: conhecimento e ampliação do patrimônio cultural diante da criação do licenciamento ambiental nos anos 1980 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    LEAL, CLAUDIA FEIERABEND BAETA

    Resumo em Português:

    RESUMO O objetivo deste artigo é contribuir para as discussões sobre as perspectivas lançadas na década de 1980 para a preservação do patrimônio cultural, no que diz respeito a possibilidades de conhecimento de referências culturais, ampliação da noção de patrimônio e afirmação da diversidade de sentidos e agentes desse campo, no contexto de abertura política e retomada democrática. Nesse sentido, o destaque recai sobre o licenciamento ambiental - instrumento criado, no Brasil, no âmbito da Política Nacional do Meio Ambiente (Lei nº 6.938/1981). A proposta é analisar esse instrumento a partir daquilo que sistematiza sobre as relações entre desenvolvimento e preservação, natureza e cultura, como também sobre os riscos para bens culturais reconhecidos e não reconhecidos como patrimônio, num entendimento de patrimônio como ambiente, como direito e como recurso para a cidadania.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This paper adds to debates in the 1980s and its perspectives for the preservation of cultural heritage. It focuses on the possibilities for the knowledge of cultural references, for the expansion of heritage itself and for the reinforcement of the diversity of meanings and agents related to heritage during a decade marked by the resuming to a democratic regime. Thus, it focuses on Environmental Licensing, created in 1981 by Law No. 6,938 as an instrument of the Brazilian National Environmental Policy. Thus, this paper analyzes such instrument regarding the discussions on development and preservation, nature and culture, as well as on threats to all cultural assets, regardless of their official status as heritage. It also encompasses the understanding of heritage as part of the environment, as a human right, and as a resource to citizenship.
  • Waldisa Rússio: museologia e política nos anos 1980 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    GOUVEIA, INÊS

    Resumo em Português:

    RESUMO Este artigo utiliza a trajetória da paulistana Waldisa Rússio para observar quais temas mais mobilizaram os agentes brasileiros do campo museológico nos anos 1980. Para isso, situam-se algumas das instituições de então, privilegiando aquelas cujas ações tinham alguma repercussão nacional. Deste modo, observa-se com quais capitais simbólicos Waldisa se inseriu no campo para se alçar progressivamente à condição de autoridade, a ponto de ser ouvida e considerada. Destaca-se como o processo de regulamentação da profissão de museólogo(a) foi marcado por diferentes posições, especialmente sobre qual base do conhecimento habilitaria o profissional para esse labor. Também sobre a produção desse conhecimento, a elaboração teórica da museologia é problematizada como etapa que marca o desenvolvimento do campo. Destaca-se então o protagonismo de Waldisa Rússio ao aliar as dimensões conceitual e política dos museus. Considerou-se sua experiência acumulada nos anos 1980 e sua interlocução com o campo do patrimônio paulista. Relativamente a isso, são mencionados os contextos em que ela se engajou na elaboração de políticas públicas museológicas. Conclui-se que, a despeito do debate quanto à dimensão política da preservação nos anos 1980, em razão inclusive da redemocratização do país, o campo museológico praticamente passou ao largo dessa discussão.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article proposes to use São Paulo museologist Waldisa Rússio’s life trajectory to verify which topics mobilized Brazilian agents the most in the museological context during the 1980s. In this regard, it uses some of the institutions of that time, prioritizing those whose actions showed some kind of national repercussion. Therefore, it should be noted with which symbolic capitals Waldisa entered the field in pursuance of progressively reaching the condition of authority to be heard and considered. The article highlights how the regulatory process of museum studies was impacted by different positions, especially about which knowledge basis would empower such labor. Further about the production of this knowledge, the theoretical elaboration in museology is thought of as a step that affects the development of the area. Waldisa Rússio’s guiding role stands out then by combining the conceptual and political dimensions of museums. In the process the article makes the case for Rússio’s experience accumulated in the 1980s and her interlocution with São Paulo heritage. Bound up with this are the contexts she engaged with to elaborate public policies in museology. Despite the debate regarding the political magnitude of preservation in the 1980s, on account of the country’s own redemocratization process, museology was shown to have practically missed such discussion.
  • Memória nos trilhos: o patrimônio ferroviário e sua contribuição às práticas preservacionistas brasileiras na década de 1980 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de1980 em perspectiva

    MATOS, LUCINA FERREIRA

    Resumo em Português:

    RESUMO Este artigo contém reflexões sobre o processo de valorização e reconhecimento do patrimônio cultural ferroviário, emergente ao longo dos anos de 1980, interpretando-o como elemento importante na estruturação do direito à cultura, à identidade e ao patrimônio nacional. O texto apresentado está embasado em pesquisas sobre o passado ferroviário e seu deslocamento de objeto de ações restritas a comemorações festivas para a sua encampação como política pública. Apresenta, de modo sucinto, a análise do Programa de Preservação do Patrimônio Histórico (Preserve) e das associações de preservação ferroviárias (APFs). Duas iniciativas contemporâneas que auxiliaram na consolidação de uma sistemática de cobrança de proteção e preservação da memória ferroviária ao Estado, disputando lugar na cena dos monumentos históricos, artísticos e culturais valorados como bens nacionais. O alcance do reconhecimento público e social desses bens é assunto de interesse recente pela academia, no entanto, se tornou um segmento importante de investigação. Este trabalho auxilia no avanço da compreensão sobre o tema e também em relação ao período significativo na consolidação da democracia na sociedade brasileira. Utilizou como fonte documentos oficiais do Preserve e amplo levantamento sobre as APFs, apresentando aqui recorte sobre a Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF), no cenário dos novos movimentos sociais que surgiram no período.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article contains reflections on the process of valuing and recognizing the cultural heritage of railways, which emerged throughout the 1980s, interpreting it as an important element in structuring the right to culture, identity and national heritage. The text presented is based on research on the railway past and its displacement from the object of actions restricted to festive celebrations for its takeover as public policy. It briefly presents the analysis of the Historical Heritage Preservation Program (Preserve) and the railway preservation associations (APFs). Two contemporary initiatives that helped to consolidate a system for charging protection and preservation of railway memory to the State, competing for a place in the scene of historical, artistic and cultural monuments valued as national goods. The reach of public and social recognition of these goods is a matter of recent interest by the academy, however, it has become an important segment of investigation. This work helps to advance the understanding of the theme and also in relation to the significant period in the consolidation of democracy in Brazilian society. It used official documents from the Preserve as source and extensive survey on the APFs, presenting here an excerpt about the Brazilian Association of Railway Preservation (ABPF), in the scenario of the new social movements that emerged in the period.
  • Iphan e Fundação Catarinense de Cultura: políticas para o patrimônio cultural do imigrante europeu em Santa Catarina na década de 1980 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    PISTORELLO, DANIELA

    Resumo em Português:

    RESUMO O objetivo deste artigo é problematizar as políticas de preservação do patrimônio cultural do imigrante europeu em Santa Catarina durante a década de 1980. Para tanto, será analisada parte das ações empreendidas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) que culminaram na formação dos Roteiros Nacionais de Imigração. Esse projeto definiu, por meio de ações de salvaguarda do patrimônio cultural, qual era o lugar do patrimônio do imigrante e como se daria sua preservação no Brasil e em Santa Catarina. O artigo destaca ainda como o imigrante - e, consequentemente, seu patrimônio - adquiriu valor dentro da política de preservação estadual de forma a construir, para o estado catarinense, uma perspectiva de patrimônio cultural calcada essencialmente em questões étnicas.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This paper discusses heritage cultural preservation policies of European immigrants in 1980s Santa Catarina. We analyze the actions of Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) and Fundação Catarinense de Cultura (FCC) that result in the formation of the National Immigration Routes project. By verifying the actions taken to safeguard cultural heritage, this project defined the role of immigrant heritage and determined how its preservation in Brazil and Santa Catarina should be carried out. This paper also describes how immigrants and their heritage started being valued in the context of the governmental preservation policy so as to develop a perspective of cultural heritage in Santa Catarina essentially based on ethnic issues.
  • Design, fotografia e inclusão social no patrimônio brasileiro ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    COSTA, EDUARDO AUGUSTO

    Resumo em Português:

    RESUMO Este trabalho busca apresentar novas perspectivas sobre o patrimônio cultural brasileiro, especialmente quanto às décadas de 1970 e 1980, quando a fotografia elabora novos sentidos de forma determinante, contribuindo com a organização institucional de outros discursos. Para tanto, dois aspectos são levados em consideração: primeiramente serão abordadas as mudanças do design, reconhecendo que a atuação de Aloísio Magalhães foi fundamental para que uma nova agenda chegasse do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Segundo, em vista das atividades do Centro Nacional de Referência Cultural (CNRC), reconhece-se a importância da política implementada e o papel evidente da fotografia na formulação de novas agendas e discursos. Por fim, constata-se que este período se revela um momento de mudança ligado a domínios que não dizem respeito diretamente ao patrimônio cultural.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This paper presents new perspectives around the Brazilian cultural heritage, especially in its passage between the 1970s and 1980s. In this case, photography assumes a decisive role in the organization of new meanings, contributing to other discourses to be organized institutionally. In this case, two aspects are taken into consideration: Firstly, addressing changes in the scope of design, acknowledging that the work of Aloísio Magalhães was essential for a new agenda to arrive from the Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Centering reflections on the activities of the Centro Nacional de Referência Cultural, a second important issue concerns the acknowledgement of the implemented policy, with the evident role of photography in the formulation of new agendas and speeches. In the end, this article shows a moment of change related to domains that do not directly concern the cultural heritage in this period.
  • O lugar do Ceará nas políticas de preservação do patrimônio cultural nos anos 1980: entre os domínios da cultura e a emergência do turismo ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    NOGUEIRA, ANTONIO GILBERTO RAMOS

    Resumo em Português:

    RESUMO A década de 1980 viu o termo “patrimônio” ganhar o cotidiano e os dias em meio à porosidade das conjunturas vividas entre a ditadura civil-militar e o processo da redemocratização brasileira. Nos estudos sobre a história do patrimônio cultural no Brasil, o marco de 1980 é igualmente significativo para a compreensão de itinerários que estavam se processando por meio de debates, projetos e ações com ressonâncias múltiplas nos novos domínios da cultura. No Ceará, a experiência do Centro de Referência Cultural do Estado (Ceres) (1975-1990) coloca em perspectiva o mapeamento e o registro audiovisual da memória da cultura tradicional popular, sintoma do papel que o folclore e o artesanato passam a ocupar como vetores de uma cultura do Nordeste e de uma identidade cearense. Inserida no processo de reconfiguração do campo do patrimônio cultural, a “dinamização da cultura” vai ser operada em correspondência com os anseios de desenvolvimento local representados pela emergência de uma política de turismo. Neste artigo, objetivamos compreender percursos que demarcam esse campo, notando como a tríade cultura, patrimônio e turismo passou a funcionar como marcador das singularidades regionais, visando garantir o lugar do Ceará nas representações do patrimônio do Nordeste por meio da fabricação do popular.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The 1980s rendered the term heritage becoming widespread in the complex scenarios lived in-between the civil-military dictatorship and the redemocratization of Brazil. According to studies on the history of Brazilian cultural heritage, the 1980s milestone is equally meaningful to understand the thought discussed at the time that would lead to new domains of culture. In the state of Ceará, the experience of the State Cultural Reference Center (Centro de Referência Cultural do Estado - CERES) puts into perspective the mapping and audiovisual record of the memory of traditional popular culture, symptoms of the role that folklore and handcraft come to occupy as vectors of a Brazilian Northeast culture and an identity for Ceará. Included in the process of reconfiguring the field of cultural heritage, the “dynamization of culture” will then be worked together with the yearning of local development, represented by the emergence of tourism policy. In this paper, we analyze the tracks that mark this field, noting how triad culture, heritage and tourism started functioning as a marker of regional distinctiveness, aiming to guarantee the position of Ceará in the representations of the heritage of the Brazilian Northeast by means of popular production.
  • Uma agenda unindo passado e futuro: os debates e realizações patrimoniais da década de 1980 e seus reflexos nas décadas seguintes em Minas Gerais ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Democracia, Patrimônio e Direitos: a década de 1980 em perspectiva

    CARSALADE, FLÁVIO DE LEMOS

    Resumo em Português:

    RESUMO Movimentos populares e institucionais redimensionaram as políticas públicas de preservação do Patrimônio na década de 1980 no estado de Minas Gerais com importantes reflexos para as décadas seguintes. No presente artigo, esses movimentos são apresentados de maneira ampla contemplando suas reivindicações e os avanços de contribuições da academia e de quadros técnicos a eles. O objetivo é mostrar como eles influenciaram as reestruturações institucionais no nível estadual e no município de Belo Horizonte.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT Popular and institutional movements have increased the number of public policies on heritage preservation during the 1980s in Minas Gerais, creating major changes in subsequent decades. This study presents these movements comprehensively, highlighting their achievements and how they improved with the help of academia and technicians, demonstrating how they have influenced the institutional policies at the state level and in the municipality of Belo Horizonte.
  • Arte contemporânea em diálogo com a tradição visual: Cardoso, Zocchio e Navas (São Paulo, 1887-2016) ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    MENDES, RICARDO

    Resumo em Português:

    RESUMO Estruturado em três segmentos, o artigo comenta em um primeiro momento ensaios visuais dos artistas contemporâneos Patrícia Cardoso, Marcelo Zocchio e Thiago Navas que tomam a cidade de São Paulo e suas representações como questão, em ações que tensionam aspectos como memória, autoria, autoridade e tradição visual. Em seguida, é apresentado um percurso historiográfico sobre a obra de Militão Augusto de Azevedo (Rio de Janeiro, 1837-São Paulo, 1905), produtor visual em destaque na reflexão operada naqueles ensaios. Surge ali como referência em diferentes graus e modos o Álbum comparativo da cidade de S. Paulo (1862-1887), o mais extenso conjunto imagético sobre a cidade ao final da década de 1880. Busca-se destacar como as imagens de Militão foram percebidas e mobilizadas no processo de construção de uma memória urbana local ao longo do século XX e, por fim, na própria constituição do campo da história da fotografia brasileira. O artigo retorna ao final à análise dos ensaios de Cardoso, Zocchio e Navas, comentando como operam sobre princípios estruturais como o recurso comparativo entre fotografias, as funções documentais, representacionais, etc. O artigo enfoca especialmente as temporalidades articuladas pela narrativas imagéticas no álbum de Militão e nas apropriações posteriores, e como uma potente reflexão sobre esses aspectos se realiza no segmento da arte contemporânea, permitindo expor as dinâmicas que submeteram a iconografia histórica local a agendas diversas.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The article, structured in 3 segments, comments some visual essays by contemporary artists Patrícia Cardoso, Marcelo Zocchio and Thiago Navas, which take the city of São Paulo and its representations as subject, working with aspects as memory, authorship, authority and visual tradition. Following the article presents a historiographical panorama about the work of Militão Augusto de Azevedo (Rio de Janeiro, 1837-São Paulo, 1905), a prominent visual producer, whose images are central for those essays. Militão Azevedo’s Álbum comparativo da cidade de S. Paulo (1862-1887), the most extensive imagery set about the city at the end of the 1880s, is a reference in different degrees and modes in such contemporary artworks. This paper seeks also to highlight how the images of Militão were perceived and mobilized throughout the 20th century in the process of building a local urban memory and in the very constitution of the field of the history of Brazilian photography. The article concludes with the analysis of Cardoso, Zocchio and Navas’ works, commenting the ways they operate on structural principles such as the comparative resource between photographs, documentary and representational functions etc. The text focuses on the temporalities articulated by the imagetic narratives in Militão's album and the later appropriations, and seeks to feature the potent reflection that takes form in the segment of contemporary art, which reveals the dynamics that had subjected the local historical iconography to different agendas.
  • Paradoxos da “identidade nacional” nos discursos arquitetônicos de Lucio Costa e Sylvio de Vasconcellos ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    DIAS, DIEGO NOGUEIRA

    Resumo em Português:

    RESUMO No debate em torno do período e do estilo arquitetônico que representassem a identidade nacional na historiografia da arquitetura brasileira, nas primeiras décadas do século XX, diferentes agentes tomaram lugar na consolidação do ideário patrimonial arquitetônico. Figuras marcantes às políticas de preservação cultural, tais como Rodrigo Melo Franco de Andrade e Mário de Andrade, integraram o espaço público ressaltando suas posições de intelectuais inerentes às políticas culturais. Tendo em vista tal fato, este artigo se debruça sobre a consolidação no imaginário social da arquitetura setecentista enquanto efetiva representação da arquitetura nacional, concretizando-se enquanto estilo/período com o maior número de edificações tombadas até 1970. Compreendendo os diferentes sujeitos envolvidos nesse processo, centra-se, assim, na efetiva ação política de Lucio Costa e Sylvio Vasconcellos na defesa em torno do patrimônio colonial, a partir de textos e intervenções nas cidades tombadas Brasil afora, conformando e consolidando suas estratégias em torno de um ideário de patrimônio e nação. Além disso, busca-se compreender a relação direta estabelecida por ambos os agentes entre a arquitetura “eleita” patrimônio nacional e os preceitos do novo fazer arquitetônico vinculado ao Movimento Moderno, ao qual eram adeptos. Justificando o novo a partir do primitivo, numa relação perfeita em que tudo se explica e se encaixa, a arquitetura eclética foi tratada como cópia de estilos, exacerbação de ornamentos e vinculação ao estrangeirismo, se opondo assim ao projeto de nação pleiteado. Devemos sempre rever conceitos e diretrizes, tratando de forma mais verdadeira e justa o nosso patrimônio eclético, e em consequência, nossa historiografia arquitetônica.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT In the debate about the period and the architectural style that represented the national identity in the historiography of Brazilian architecture, in the first decades of the twentieth century, different agents took place in the consolidation of the architectural heritage idea. Important characters in cultural preservation policies, such as Rodrigo Melo Franco de Andrade and Mário de Andrade, integrated the public space emphasizing their positions of organic intellectuals in cultural policies. Given this fact, this article focuses on the consolidation in the social imaginary of eighteenth-century architecture as an effective representation of national architecture, consolidating itself as a style/period with the largest number of buildings listed until 1970. Understanding the different subjects involved in this process, this article focuses on the effective political action of Lucio Costa and Sylvio Vasconcellos on the defense of colonial heritage, based on texts and interventions in the overturned cities throughout Brazil, shaping and consolidating their strategies around an ideology of heritage and nation. In addition, we seek to understand the direct relationship established by both agents between the “elected” national heritage architecture and the precepts of the new architectural practice linked to the Modern Movement, to which they were adherents. Justifying the new from the primitive, in a perfect relationship where everything can be explained and fitted, the eclectic architecture was treated as a copy of styles, exacerbation of ornaments and link to foreignism, in opposition at the claimed nation project. We should always review concepts and guidelines, dealing more truthfully and fairly with our eclectic heritage, and consequently with our architectural historiography.
  • Gilberto Freyre e Amaury de Medeiros: tensões entre culto à tradição e messianismo sanitário (Recife, 1923-1926) ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    Correia, Telma de Barros

    Resumo em Português:

    RESUMO O artigo aborda afinidades e antagonismos entre o jornalista e sociólogo Gilberto Freyre (1900-1987) e o médico e sanitarista Amaury de Medeiros (1893-1928). Trata do protagonismo de ambos na criação do Centro Regionalista do Nordeste (abril de 1924), na Semana das Árvores (novembro de 1924) e no Primeiro Congresso Regionalista do Nordeste (fevereiro de 1926). O artigo aborda as convergências entre estes dois homens na defesa da identidade regional e do estilo neocolonial de arquitetura e suas divergências de avaliação dos mocambos e dos valores da cidade e da arquitetura residencial herdadas do passado. Discute o embate travado entre Freyre e Amaury, este no comando de uma ampla intervenção sanitária em Pernambuco e aquele empenhado em combater a ênfase conferida à higiene naquele momento.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The aim of this article is to analyze the affinities and antagonisms between the journalist and sociologist Gilberto Freyre (1900-1987) and the physician and sanitarist Amaury de Medeiros (1893-1928). It studies their protagonism in the creation of the Centro Regionalista do Nordeste (april 1924), in the Semana das Árvores (november 1924) and in the Primeiro Congresso Regionalista do Nordeste (february 1926). The article discusses the convergence between these two men in the defense of regional identity and colonial revival style and their divergences about the mocambos and the qualities of the city and residential architecture inherited from the past. It discusses the debate between Amaury, in charge of a wide sanitary intervention in Pernambuco, and Freyre, committed to fight the emphasis on hygiene at that moment.
  • Da eloquência dos frontispícios: discurso político sobre a presença holandesa em Pernambuco1 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    SOUZA, JORGE VICTOR DE ARAÚJO; SANTOS, LUIS HENRIQUE SOUZA DOS

    Resumo em Português:

    RESUMO O presente artigo tem por objetivo principal discutir as relações estabelecidas entre os frontispícios e as intencionalidades dos livros nos quais foram impressos, nas obras Nova Lusitânia (1675), de Francisco de Brito Freyre, e Rerum per Octennium in Brasilia (1647), de Gaspar van Baerle. Abordamos estes frontispícios contando com a identificação dos atributos, dos personagens e dos espaços representados pelos gravadores de tais imagens, assim como seus conteúdos textuais. Tomando como ponto de partida os aspectos imagéticos presentes nas folhas de rosto dos livros mencionados, buscamos traçar os padrões de intencionalidade presentes nos livros enquanto discursos políticos. Discute-se como Van Baerle acessa os símbolos a sua disposição para enaltecer os feitos do Conde de Nassau em Pernambuco, da mesma forma que Brito Freyre opera com referências clássicas e constrói uma narrativa heroica de sua própria experiência contra o domínio holandês na América portuguesa.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The main point of this paper is to discuss the relations established between the frontispieces and the intentionality of the books in which they were printed, in the works Nova Lusitânia (1675) of Francisco de Brito Freyre, and Rerum per Octennium in Brasilia (1647) of Gaspar Van Baerle. We aproach these frontispieces counting with the identification of the attributes, characters and spaces represented by the gravers of such images, as their textual contents. Taking as a starting point the imagery aspects presented on the cover pages of the mentioned books, we seek to trace the patters of intentions of the books and their respective engravings as political discourses. In this way, not only the images but also the works themselves are connected. It discusses how Gaspar Van Baerle access the symbols at his disposal to praise the deeds of the Count of Nassau at Pernambuco; otherwise, Francisco de Brito Freyre operates with classical references and build a heroic narrative of his own experience against the Dutch domain in Portuguese America.
  • Censos e favelas cariocas: evolução de um conceito censitário1 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    GONÇALVES, RAFAEL SOARES

    Resumo em Português:

    RESUMO O presente artigo procura levantar a evolução do conceito censitário de favelas desde o censo do Distrito Federal de 1948 até o último censo nacional de 2010. Não se pretende discutir especificamente os dados quantitativos obtidos pelos recenseamentos, mas, de um lado, retraçar a evolução das definições censitárias dos espaços favelados no decorrer dos séculos XX e XXI e, por outro lado, compreender como os serviços nacionais de recenseamento adaptaram suas formas de atuar para levar em consideração as especificidades desses espaços. Em ambos os casos, questionamos como o caso das favelas cariocas se tornou um modelo para pensar os bairros informais no país.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article aims to survey the evolution of the census concept of favelas from the Federal District census of 1948 to the last national census of 2010. It is not intended to discuss specifically the quantitative data obtained by the censuses, but, on the one hand, to trace the evolution of the census definitions of favela spaces during the 20th and 21st centuries and, on the other hand, to understand how the national census services adapted their ways of acting to take into account the specificities of these spaces. In both cases, we question how the case of Rio’s favelas became a model for thinking the informal neighborhoods in Brazil.
  • Devir da fábrica: patrimônio industrial em disputa na zona leste de São Paulo ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    GAGLIARDI, CLARISSA MARIA; CARVALHO, MÔNICA DE

    Resumo em Português:

    RESUMO Os processos de reconversão econômica observados nas metrópoles mundiais desde a última década do século passado têm sido frequentemente analisados tendo por referência o campo da ciência econômica, cuja ênfase recai sobre as consequências da desindustrialização, permanecendo com menor problematização os destinos do ambiente construído objetivado no espaço urbano durante a atividade industrial. Em São Paulo, vive-se um crescente processo de desconcentração industrial desde o início deste milênio, sendo a zona leste a que tem sofrido seu maior impacto. Tendo disponibilizado metragens significativas, instalou-se uma disputa em torno da requalificação desse patrimônio industrial, opondo de um lado capital imobiliário e de outro, nem sempre associados, moradores e edilidade pública, representada sobretudo nos órgãos de preservação. Abre-se, portanto, a partir desse conflito instalado, a possibilidade de propor uma análise do processo de reconversão econômica a partir da perspectiva orientada pelo campo de conhecimento do patrimônio cultural. Considerando as diretrizes internacionais para a preservação do patrimônio cultural, incluindo-se aí o papel social requerido dos museus, e do caráter multidimensional das experiências que se tornaram paradigmáticas da salvaguarda do patrimônio industrial, se evidencia o fato de que o simples tombamento e/ou manutenção física de imóveis fabris não são ações suficientes para que se cumpra a função social do patrimônio, inclusive da perspectiva do próprio trabalho como cultura viva e processo formador de identidades. É nesse sentido que, a partir da análise de antigas fábricas refuncionalizadas na zona leste de São Paulo, o texto busca problematizar as destinações de uso dos imóveis fabris.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The processes of economic reconversion that took place in the world metropolises since the last decade of the last century have been frequently analyzed with reference to the field of economic science, whose emphasis is on the consequences of deindustrialization, giving less enhancement to the destinies of the built environment in the urban space during industrial activity. In São Paulo there has been a growing process of industrial deconcentration since the beginning of this millennium, in which the East Zone has suffered its greatest impact. Since there are significant areas involved, a dispute arose over the requalification of this industrial heritage, opposing on one side real estate business and on the other, not always associated, residents and the city council, mainly represented by the preservation departments. From this installed conflict arises the possibility of proposing an analysis of the process of economic conversion from the perspective guided by the field of knowledge of cultural heritage. Considering the international guidelines for the preservation of cultural heritage, including the required social role of museums, and the multidimensional character of experiences that have become paradigmatic for the safeguarding of industrial heritage, it is evident that the act of putting under governmental trust and / or simple maintenance of factory buildings are not enough actions to fulfill the social function of heritage, including from the perspective of work itself as a living culture and identity-forming process. Based on the analysis of the new functions given to old factories in the East Zone of São Paulo, the text seeks to ponder over the intended use of factory buildings.
  • A estratégia territorial da Colônia Militar do Itapura: legado urbano e arquitetônico ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    GHIRARDELLO, NILSON; FERRARI, DANIEL CANDELORO

    Resumo em Português:

    RESUMO Em meados do século XIX o governo imperial empregou um plano de ocupação do território nacional através da criação de colônias militares. Assim, a fundação desses estabelecimentos por todo o império vincula-se aos problemas relacionados ao controle e domínio social, numa época em que a manutenção da integridade territorial e, simultaneamente, uma perspectiva de expansão das fronteiras colocaram-se como sendo das mais emergenciais entre as tarefas das elites políticas. Itapura e Avanhandava foram as duas colônias criadas na província de São Paulo e herdaram o topônimo de seus locais estratégicos de implantação - os saltos no Rio Tietê. O presente trabalho tem como propósito estudar a colônia militar do Itapura em seu aspecto espacial-construtivo. O objetivo é analisar o material textual e cartográfico da colônia, documentação coletada em arquivos públicos, principalmente plantas e projetos, trazendo à luz tal fonte primária. Dessa forma, com clara intenção de planejamento urbanístico, demonstra-se um ideal que estava muito além de demarcar e ocupar a região: o intuito era construir em meio à mata fechada e às margens do Rio Tietê uma cidade projetada, inicialmente de caráter militar e agrícola, que seria a semente de futuro núcleo civil. Além disso, ao compararem-se as plantas da colônia do século XIX com as imagens de suas ruínas, fotografadas pela Comissão Geográfica e Geológica de São Paulo no início no século XX, verifica-se a exuberância arquitetônica de suas construções e a qualidade urbanística de seu plano considerado inovador para a época.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT In the mid-nineteenth century the imperial government employed a plan of occupation of the national territory through the creation of military colonies. Thus, the foundation of these settlements throughout the empire is connected to the problems related to social control and domination, at a time when the maintenance of territorial integrity and, at the same period, a perspective of expansion of the frontiers were posed as most urgent among the tasks of political elites. Itapura and Avanhandava were the two colonies in the province of São Paulo and inherited the homonyms of their strategic implantation sites - the waterfalls of the Tietê river. This paper aims to study the military colony of Itapura in its spatial-constructive aspect. The objective is to analyze the textual and cartographic material of the colony, documentation collected in public archives, mainly plans and projects, bringing to light such primary source. Therefore, with an evident intention of urban planning, it demonstrates that was an ideal that was beyond demarcating and occupying the territory: the aim was to build a projected city, initially with military character and on the banks of the Tietê, which would be the seed of future civil nucleus. Moreover, by comparing the plans of the 19th century colony with the images of its ruins, photographed by the Geographical and Geological Committee of São Paulo in the early 20thcentury, we can verify the architectural exuberance of your buildings and the urban quality of your plan, which is considered innovative for the age.
  • Brasília e suas unidades rurais: planos e projetos para o território do Distrito Federal entre fins da década de 1950 e início da década de 19601 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    DERNTL, MARIA FERNANDA

    Resumo em Português:

    RESUMO A crítica à nova capital do Brasil inaugurada em 1960 concentrou-se na arquitetura e no traçado do Plano Piloto concebido por Lucio Costa, mas não deixou de apontar uma suposta ausência de planos para integrar aquele núcleo original ao território onde se inseriu. A partir de uma documentação inédita, compreendendo planos e projetos para organizar o sistema de abastecimento e a indústria em Brasília entre fins da década de 1950 e início da década de 1960, este artigo demonstra, porém, que houve um significativo esforço no sentido de um planejamento regional do Distrito Federal. A análise mostra ainda que a elaboração daqueles planos foi tributária de uma contínua preocupação com o abastecimento da capital expressa desde fins do século 19 e identifica suas relações com ideias e experiências correntes no campo do planejamento urbano e regional em meados do século 20.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT Criticism on the new capital city of Brazil inaugurated in 1960 focused on the Pilot Plan drawn up by Lucio Costa, but it also highlighted an alleged absence of plans to integrate that original nucleus into the territory where it was built. Based on unprecedented documentation comprising plans and projects to organize the supply system and industry in Brasilia between the late 1950s and early 1960s, this paper demonstrates, however, that there was significant effort towards regional planning of the Nation´s Federal District at that time. The analysis also shows that the elaboration of those plans was due to continuous concern with food supply of the capital city expressed since the end of the 19th century and points out its relations with current ideas and experiences in the field of urban and regional planning in the mid-20th century.
  • José Custódio de Sá e Faria e o mapa de sua viagem ao Iguatemi ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    CINTRA, JORGE PIMENTEL; OLIVEIRA, RAFAEL HENRIQUE DE

    Resumo em Português:

    RESUMO O presente trabalho analisa o primeiro trecho do Diário de José Custódio de Sá e Faria, concretamente o caminho feito por terra, em quatro dias, entre São Paulo e Araritaguaba (Porto Feliz), que prosseguiria por rios até o Forte de Iguatemi. O foco são os cinco mapas que delineiam o trajeto percorrido nesses dias. O texto desse borrão, primeira versão feita durante a viagem, foi transcrito e comparado com outras versões do Diário e do mapa, em apêndice documental comentado. Uma análise das informações latentes permitiu determinar em detalhe esse antigo caminho que data de tempos imemoriais, provavelmente do século XVI. Desenvolveu-se uma metodologia de trabalho para essa determinação que pode ser aplicada em outros casos e torna-se particularmente interessante em um momento em que os órgãos responsáveis pelo patrimônio realizam tombamentos de caminhos.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This paper analyzes the first strecht of the Diary of José Custódio de Sá e Faria, specifically the 4-day overland route between São Paulo and Araritaguaba (Porto Feliz), which would continue along rivers to Iguatemi Fort. The focus is on the five maps that outline the route traveled these days. The text of this draft, the first version made during the trip, was transcribed and compared with other versions of the Diary and the associated map, in a commented documentary appendix. An analysis of latent information has allowed us to determine in detail this ancient path dating from time immemorial, probably from the 16th century. A working methodology has been developed for this determination, which can be applied in other cases and becomes particularly interesting at a time when the organizations responsible for Heritage carry out memory preservation.
  • Anonimato historiográfico: a trajetória de Paschoal Artese na construção da modernidade urbano-arquitetônica rio-pardense ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    Rezende, Natalia Cappellari de; Bortolucci, Maria Angela Pereira de Castro e Silva

    Resumo em Português:

    RESUMO O artigo trata do anonimato historiográfico de profissionais não diplomados que atuaram no interior do estado de São Paulo entre fins do século XIX e início do século XX, tomando como objeto de discussão a produção da moradia urbana de São José do Rio Pardo. O texto revela o envolvimento de pedreiros, serventes, marceneiros, carpinteiros, pintores, construtores e empreiteiros na construção de uma modernidade urbano-arquitetônica local, com destaque para a notável atuação do profissional sem diploma Paschoal Artese, imigrante italiano e figura-chave nesse processo. A revisão bibliográfica se fundamenta em autores como Debenedetti e Salmoni, Pareto Júnior e Francisco, cotejando as análises com base em dados obtidos de fontes primárias e pesquisa in loco. O objetivo é contribuir para a construção da historiografia da arquitetura e do urbanismo, ao ampliar o conhecimento sobre profissionais não diplomados que atuaram na produção arquitetônica rio-pardense.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The article deals with the historiographical anonymity of non-graduated professionals who worked in the interior of the state of São Paulo between the end of the 19th century and the beginning of the 20th century and takes as an object of discussion the production of urban dwelling in São José do Rio Pardo. It reveals the involvement of bricklayers, employees, woodworkers, carpenters, painters, builders and contractors in the construction of a local urban-architectural modernity, with an emphasis on the excellent performance of the professional without a diploma Paschoal Artese, Italian immigrant and key figure in this process. It bases the bibliographic review on authors pertinent to the theme, among them Debenedetti and Salmoni, Pareto Junior and Francisco, comparing the analyzes based on data obtained from primary sources and on-site research. In this way, it contributes to the construction of the historiography of architecture and urbanism, by expanding the knowledge of non-graduated professionals who worked in Rio-Pardense architectural production.
  • A guerra das scatolettas: cultura material e comidas enlatadas entre os soldados da Força Expedicionária Brasileira na Itália ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    TOSCANO, FREDERICO DE OLIVEIRA

    Resumo em Português:

    RESUMO Este artigo busca, sobretudo através de uma revisão bibliográfica e do uso de obras memorialísticas, discutir o uso dos alimentos enlatados entre os brasileiros, em particular os soldados da Força Expedicionária Brasileira, em campanha na Itália durante a Segunda Guerra Mundial. Mais do que isso, procura mostrar que o objeto em si, a lata, recebeu novos e diferentes usos pelas tropas, atestando o seu poder de agenciamento material. Para tanto, este texto faz uso principalmente - embora não apenas - do trabalho da arqueóloga Nicole Boivin acerca da fisicalidade das coisas e da teoria do agenciamento da matéria, buscando demonstrar que os objetos podem exercer influências sobre a sociedade e a evolução humana. Ele ainda tenciona historicizar o cotidiano alimentar desses homens, mostrando a abrangência dos enlatados em sua dieta - quando esse tipo de alimento era ainda pouco difundido no Brasil -, bem como os usos que eram dados a tais objetos, por vezes diferentes do intuito original. Nesse sentido, é apresentado um panorama breve da trajetória dos enlatados, com foco no Brasil e nos Estados Unidos, onde eles simbolizaram, em parte, a abundância alimentar e o poderio industrial deste último país. O recorte temporal utilizado foi predominantemente curto, dentro da noção de evento pensada por Braudel. Finalmente, empregou-se considerável iconografia relacionada aos enlatados norte-americanos utilizados pelos brasileiros durante a guerra.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article utilizes a bibliographic review and memorial works to discuss the use of canned foods among Brazilians, especially soldiers of the Brazilian Expeditionary Force campaigning in Italy during World War II. More than that, it shows that the object itself, the tin can, received new and different uses by the troops, attesting to its material agency power. For such, this paper used mainly the work of archeologist Nicole Boivin concerning the physicality of things and the theory of agency of matter, demonstrating that objects may exert influence over society and human evolution. This paper also historicizes the daily life of these men, showing the comprehensiveness of canned foods in their diets at a time when this type of food still had limited use in Brazil, as well as the uses that were attributed to such objects, sometimes different from the ones originally intended. Thus, a brief overview of the trajectory of cannery is traced, focusing on Brazil and on the United States, where they (at least partially) symbolized food abundance and the industrial power of this latter country. The selected period was predominantly short, following the notion of event as thought out by Braudel. Lastly, considerable iconography related to the American cannery used by Brazilians during the war was employed.
  • A estética do jardim na literatura: Delille, Goethe e Poe1 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    Arraes, Esdras Araujo

    Resumo em Português:

    RESUMO O artigo reflete sobre os discursos literários e visuais do jardim e da natureza que há em determinadas obras dos poetas e escritores Jacques Delille, Johann Wolfgang von Goethe e Edgar Allan Poe. Inicialmente apresenta-se uma bibliografia atual dedicada a interpretar as imbricações entre a literatura e a jardinagem para, em seguida, abordar a representação dos jardins no poema “Os jardins” (1782) de Delille, no romance As afinidades eletivas (1809) de Goethe e em dois contos de Poe - O domínio de Arnheim ou o jardim-paisagem (1842) e A cottage de Landor. Um caminhante no domínio de Arnheim (1846). A narrativa do texto considera as duas formas de jardins do século XVIII - a de “gosto francês” e o “jardim-paisagem” - como alegorias de diferentes cosmovisões, as quais dizem respeito, sobretudo, à maneira como o ser humano se relaciona com seus pares e com a natureza. A metodologia emprega uma abordagem interdisciplinar com foco na estética, na literatura, na história da arte e na arquitetura.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The article reflects on literary discourses of garden and nature there are in determined works written by Jacques Delille, Johann Wolfgang von Goethe and Edgar Allan Poe. It initially presents a current bibliographic sources dedicated to interpret the overlay between literature and gardening in order to approaching the representation of gardens in Delille´s poem “The gardens” (1782), Goethe´s novel Elective affinities (1809) and in two Poe´s tales - The Domain of Arnheim or The Landscape Garden (1842) and Landor´s cottage. A pendant to the domain of Arnheim (1846). The narrative of text considers the two forms of eighteenth century garden - “French taste” and “landscapes-garden” - as allegories of different worldviews, which mainly concern on human being relates to its peers and with nature. The methodology employs an interdisciplinary approach with focus upon Aesthetics, Literature, Art History and Architecture.
  • A paisagem das trocas: a Vila de Cunha e a formação de uma economia de abastecimento interno na transição do século XVIII para o XIX1 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL

    BORSOI, DIOGO FONSECA

    Resumo em Português:

    RESUMO Este artigo visa contribuir com o debate sobre a história da urbanização no período colonial, elegendo para estudo de caso a Vila de Cunha entre os anos de 1776 e 1817. Escolhemos um ponto aparentemente insignificante da rede urbana da Capitania de São Paulo com o objetivo de mostrar que, indiferentemente à modéstia demográfica e ao seu espaço construído, o núcleo em questão guarda uma complexa territorialidade construída a partir das atividades de seus habitantes. Nesse sentido, lançamos mão de uma série de documentos manuscritos - tais como cartas de sesmarias -, documentos cartográficos, ofícios, maços de população e décimas urbanas para desvendar quais foram as diferentes modalidades de ocupação desse território, quais atividades eram desenvolvidas ali, quais relações os indivíduos estabeleceram na lógica da rede urbana e como essas relações se refletiram no intraurbano de Cunha, implicando a formação de uma materialidade e de teias alinhavadas entre o núcleo urbano, o Rocio e o Termo.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article aims to contribute to the debate on the history of urbanization during Brazil’s colonial period, choosing the town of Cunha between 1776 and 1817 as a case-study. We chose an apparently insignificant point of the urban network of the state of São Paulo to show that, regardless of the demographic modesty and its constructed space, the nucleus in question keeps a complex territoriality shaped from the activities of its inhabitants. We used a series of handwritten documents such as letters of sesmarias, cartographic documents, circular letters, maços de população and building taxes to discover the different forms of occupation of this territory, what activities were developed there, which relations these individuals established in the logic of the urban network and how these relations reflected on the intra-urban logic of Cunha, implying in the formation of a materiality and networks aligned between the urban nucleus, the Rocio and the Termo.
  • Descolonizar o pensamento museológico: reintegrando a matéria para re-pensar os museus MUSEUS

    BRULON, BRUNO

    Resumo em Português:

    RESUMO O artigo apresenta uma reflexão com bases teóricas sobre as estruturas coloniais dos museus, considerando historicamente o desenvolvimento dessas instituições no Brasil desde a criação do Museu Nacional do Rio de Janeiro, em 1818. Propõe a descolonização do pensamento museológico por meio do reconhecimento crítico de suas bases no Iluminismo e na reiteração material do sujeito racional como sujeito ontológico herdado desde o cogito cartesiano. Abordando a crítica decolonial, identifica na separação entre sujeito e objeto e entre pensamento e matéria - estruturantes do pensamento filosófico ocidental - o principal traço do colonialismo nos regimes museais e patrimoniais. Entendendo os museus como dispositivos de “materialização”, segundo o conceito de Judith Butler, o artigo propõe a reintegração da matéria ao pensamento na teoria museológica como caminho para re-pensar as práticas museais em regimes pós-coloniais.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The article presents a theoretical reflection on the colonial basis of the museum, considering its historical development in Brazil, since the creation of the National Museum (Museu Nacional) in Rio de Janeiro, in 1818. It proposes the decolonization of museological thinking by critically recognizing its foundations in the Enlightenment and in the reiteration of the rational and material subject, the ontological subject inherited since the cartesian cogito. In a decolonial approach, it identifies as the main trace of colonialism in museums and in cultural heritage the breach between subject and object, and between thinking and matter, which are structural of philosophical thinking in the West. Comprehending museums as devices for “materialization”, based on the concept by Judith Butler, the paper proposes the reintegration of matter into thinking in museological theory as a path to re-thinking museum practice in post-colonial regimes.
  • Museu integral, museu integrado: a especificidade latino-americana da Mesa de Santiago do Chile MUSEUS

    SOUZA, LUCIANA CHRISTINA CRUZ E

    Resumo em Português:

    RESUMO Muito se menciona sobre a Mesa de Santiago do Chile como um dos eventos internacionais marcantes para os museus e para a Museologia, seja pelo protagonismo latino-americano, seja pela tônica dos debates ali traçados e seus claros desdobramentos naquilo que se convencionou chamar de “Nova Museologia”. Pouco sabemos ou temos acesso à documentação produzida na ocasião, mas as fontes disponibilizadas nos indicam a preocupação sobre temas relacionados ao desenvolvimento econômico e social da região: urbanização, industrialização e migração, entre outros. É nessa seara que se procurou pensar o papel dos museus, considerando questões específicas das realidades de um território (con)formado historicamente numa clivagem moderno-colonial. Nesse sentido, revela-se primordial contextualizar a Mesa de Santiago do Chile numa miríade de acontecimentos e de ideias que nos oferecem uma perspectiva sobre a expressiva dimensão do evento e a potência do “Museu Integral” em contraposição ao termo “Museu Integrado” quando pensados sobre e a partir da América Latina.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT Many often the Santiago de Chile Event was mention as one of the most important international events for museums and Museology, both for Latin American protagonism and for the tone of the debates there and their clear developments in what has been called "New Museology". Less we know or have access to the documentation produced at the time, but the available sources presents the concern about issues related to the economic and social "development" of the continent: urbanization, industrialization, migration, among others. It is in this area that we tried to think about the role of museums, considering specific questions of the realities of a territory historically formed in a modern-colonial cleavage. In this sense, it is essential to contextualize the Santiago de Chile Event in a myriad of events and ideas that offer us a perspective on the expressive dimension of the event and the power of the "Integral Museum" as opposed to the term "Integrated Museum" thought by researches from Latin America.
  • Gestão de museus a partir da aplicação da Avaliação Pós-Ocupação. O caso do Museu Histórico e Cultural de Jundiaí, São Paulo MUSEUS

    SOUZA, RAISSA MELO DE; ORNSTEIN, SHEILA WALBE

    Resumo em Português:

    RESUMO No Brasil há poucas pesquisas sobre espaços museológicos que contribuem efetivamente para a gestão destes espaços e muito menos pesquisas com base em levantamentos in situ que priorizam o ponto de vista dos usuários dos museus, sejam estes visitantes, sejam funcionários, como importante estratégia para a conservação, a manutenção e a operação do edifício, do acervo e dos ambientes externos, mitigando, dessa forma, os riscos envolvidos. O artigo parte desse pressuposto e descreve como a Avaliação Pós-Ocupação (APO), um conjunto de métodos e técnicas que abrange a aferição da satisfação dos usuários e a verificação do desempenho físico dos ambientes, pode contribuir na formulação de diagnósticos e de recomendações com vistas à manutenção e à conservação consistentes para o caso de ambientes internos e externos antigos e que abrigam acervos. Para tanto, adotou-se como objeto de estudo exploratório o Museu Histórico e Cultural de Jundiaí - o Solar do Barão - para demonstrar a aplicabilidade da APO no caso de edifícios e espaços exteriores patrimoniados e colocar em discussão seus procedimentos metodológicos como alternativa de planejamento estratégico para museus, relacionando a conservação do edifício, do acervo e dos ambientes externos, com o acolhimento e a sensação de pertencimento dos usuários. Ao final e como resultados da APO aplicada em 2018 nesse caso em particular, apresenta-se um conjunto de recomendações técnico-espaciais e construtivas, para o conjunto edificado e ajardinado em questão e faz-se uma reflexão crítica sobre a necessidade de incorporar procedimentos de manutenção e de uso de espaços museológicos em suas rotinas operacionais e também utilizar esses resultados, sistematicamente organizados, para realimentar futuras readequações do próprio estudo de caso e, de forma ampliada, diretrizes para projetos arquitetônicos. Nessa perspectiva, o artigo destaca a importância do arquiteto especialista nas equipes que desenvolvem os projetos destinados ao restauro e à modernização desses espaços, bem como naquelas equipes que realizam a sua gestão, no decorrer do uso.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT In Brazil, there are few researches about museums that contribute more effectively to the management of these facilities and much less researches based on in situ surveys that priorize museum users, whether visitors or staff as an important conservation and maintenance strategy of the building, the collection and the outdoor environments, thus mitigating the risks involved. The article starts from this assumption and describes how Post-Occupancy Evaluation (POE), a set of methods and techniques that encompasses the measurement of user perception and satisfaction and the verification of the physical performance of environments can contribute to address diagnoses and recommendations for consistent maintenance and upkeep for older indoor and outdoor collections (including the building itself). To this end, the Jundiaí Historical and Cultural Museum - Solar do Barão - sited at the State of São Paulo, Brazil, was adopted as an exploratory study object to demonstrate the applicability of POE in the case of heritage buildings and their outdoor spaces and to discuss its methodological procedures as an alternative to strategic planning for museums, relating the conservation of the building, the collection and the external environments, with the welcome and the sense of belonging of the visitors and staff. To sum up and as a result of the POE applied in 2018 in this particular case, we present a set of technical-spatial and constructive recommendations based on research, for the built and landscaped set in question and a critical reflection on the need for incorporate procedures for the maintenance, use and operation of museum on daily basis and also use these results, systematically organized, to feedback future readjustments of the case study itself and, broadly, guidelines for architectural designs. In this perspective, the article highlights the importance of the expert architect in the teams that develop the designs for the restoration and modernization of these environments, as well as in those teams that manage them during their use.
  • Quiénes son los visitantes de los museos de arte. Particularidades de los públicos del fin de semana en el Museo de Arte de Tigre (Argentina) MUSEUS

    ZENERE, ALEJANDRA GABRIELA PANOZZO

    Resumo em Português:

    RESUMO Saber quem são seus visitantes é uma das principais tarefas dos museus na atualidade, na medida em que flutuam entre amoldar-se às imposições do sistema capitalista e converter-se em instituições democráticas e participativas. Não obstante, este aspecto resulta ainda mais dificultoso nos museus de arte, devido aos atributos particulares de sua estrutura e atores. O presente trabalho tem por objetivo aproximar alguns critérios que permitam conhecer quem são os visitantes dos museus de arte criados na Argentina desde o início do novo milênio. Dada a magnitude do desafio, e com o foco posto em um caso particular, buscou-se traçar alguns lineamentos sustentados nos enfoques teórico-críticos aplicados à museologia e nos estudos de públicos. Quanto à metodologia, a pesquisa teve como base um estudo de visitantes que apelou a orientações quantitativas e qualitativas, realizado no Museu de Arte de Tigre durante o ano de 2017, focado nos públicos de fim de semana. Considera-se que, ao indagarmos os traços singulares desta entidade, podem ser identificados alguns indícios que permitam começar a esboçar um perfil, tanto geral quanto específico, dos visitantes dos museus de arte.

    Resumo em Espanhol:

    RESUMEN Saber quiénes son sus visitantes es una de las principales tareas de los museos en la actualidad, en la medida en que fluctúan entre ajustarse a las imposiciones del sistema capitalista y convertirse en instituciones democráticas y participativas. No obstante, este aspecto resulta aun más dificultoso en los museos de arte, en virtud de los atributos particulares de su estructura y actores. El presente trabajo tiene como objetivo aproximar algunos criterios que permitan conocer quiénes son los visitantes de los museos de arte creados en Argentina desde el inicio del nuevo milenio. Dada la magnitud del desafío, se procura, con el foco puesto en un caso particular, trazar algunos lineamientos sostenidos en los enfoques teórico-críticos aplicados a la museología y en los estudios de públicos. En cuanto a lo metodológico, se recurrió a un estudio de visitantes que apeló a orientaciones cuantitativas y cualitativas, realizado en el Museo de Arte de Tigre durante 2017, centrado en los públicos del fin de semana. Se considera que, al indagar los rasgos singulares de esta entidad patrimonial, pueden identificarse algunos indicios que permitan comenzar a trazar un perfil, tanto general como específico, de los visitantes de los museos de arte.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT Knowing who its visitors are is one of the main tasks of museums today, as they fluctuate between conforming to the impositions of the capitalist system and becoming democratic and participatory institutions. However, this aspect is even more difficult in the arts museums because of the particular attributes of their structure and its diverse actors. The present work has as main object to bring near some criteria that may allow to know who are the visitors of the art museums in Argentina since the beginning of the new millennium. Given the extent of the challenge, we’ll try, focusing in a particular case, draw some guidelines sustained in the theorical-critical approaches applied to museology and studies of the publics. In terms of methodology, a visitor study was carried out at the Tigre Art Museum in 2017, using both quantitative and qualitative guidelines, focusing on weekend audiences. It is considered that, when we question the singularities of this entity, there are some indications that a general and specific profile of visitors to art museums can begin to be identified.
  • Entre a arte de comunicar e ofício de ser acessível: estudo sobre os recursos de acessibilidade para visitantes com deficiência visual no site de um museu de Belo Horizonte MUSEUS

    SILVA, MÍRIAM CÉLIA RODRIGUES; LOPES, JOSÉ DE SOUSA MIGUEL

    Resumo em Português:

    RESUMO Esta investigação tem como propósito analisar como se configura a acessibilidade nos s dos museus. Para a realização do estudo, oito participantes com deficiência visual foram convidados a visitar o site do Museu de Artes e Ofícios (MAO) e, de acordo com suas experiências, a responder um questionário sobre as condições e os recursos oferecidos pela página. O questionário foi disponibilizado em uma plataforma on-line e teve o link enviado por e-mail. A investigação contou também com a utilização de uma ferramenta automática que avalia a acessibilidade de sites. Todos os instrumentos empregados na pesquisa foram inspirados nas Diretrizes de Acessibilidade da Web, orientações elaboradas por pesquisadores do Consórcio W3C que visam a tornar os conteúdos das páginas da internet mais acessíveis. Os sites podem contribuir para a projeção da instituição e de seu acervo e ser um elemento que estimule, oriente ou complemente uma visita, desde que viabilize o processo de comunicação através do oferecimento de recursos adequados às habilidades e capacidades dos indivíduos. No que tange à análise da acessibilidade do site do MAO, a investigação demonstrou que, apesar de alguns elementos estarem de acordo com as recomendações de acessibilidade, a página ainda não supre as expectativas com relação a outros aspectos. Por fim, não foram encontrados textos na página que remetam à acessibilidade ou descrevam os recursos para ampliar o acesso, o que pode indicar que o tema não é uma pauta do site do museu.

    Resumo em Inglês:

    Abstract This research aims to analyze how accessibility is configured in museums websites. To perform this study, eight subjects with visual impairment were invited to visit the website of Museu de Artes e Ofícios-MAO and according to their experience, they were asked to answer a questionnaire about the conditions and resources offered by the web page. The quiz was available on an online platform and its link was sent via e-mail. The research also counted on the use of an automatic tool that evaluates the accessibility of websites. All tools were inspired by the Guidelines of Web Accessibility, guidelines elaborated by Consortium W3C and aiming to make web pages contents more accessible. Websites can contribute to the projection of the institution and its collection, to be an element that stimulates, orientates or completes a visit as long as it enables the communication process through the provision of adequate resources to the abilities and capacity of individuals. Regarding the accessibility analysis of the MAO website, the research has shown that although some elements are in line with accessibility recommendations, the webpage still does not meet expectations regarding other aspects. Finally, there were no texts found on the web page that refer to accessibility or describe the resources to expand access, which may indicate that this thematic is not a main concern of the Museum website.
  • O Museu Paulista de Mário Neme (1960-1973) MUSEUS

    SILVA, TATHIANNI CRISTINI DA

    Resumo em Português:

    RESUMO O presente artigo analisa a direção de Mário Neme à frente do Museu Paulista no decorrer dos anos 1960 até 1973. O intelectual assumiu o museu após o trabalho desenvolvido junto à organização da Exposição Histórica das Comemorações do IV Centenário da Cidade de São Paulo, ocorrida em 1954. Neme encontrou o museu com sérias dificuldades financeiras e de pessoal, com obras inacabadas desde 1953, o que impossibilitava o acesso do público ao espaço. A despeito das dificuldades encontradas, as ações e projetos empreendidos trouxeram mudanças significativas ao museu: desde sua abertura cotidiana ao público visitante, fortalecimento do setor de arqueologia, efetivação do curso de museologia, até sua anexação à Universidade de São Paulo, fato que o transformou paulatinamente em museu universitário. Para escrita do texto, foram analisados os relatórios anuais do museu, bem como aqueles que eram escritos pelas equipes de trabalho que compunham os quadros de pesquisadores e de funcionários da instituição. Foram realizadas, ainda, entrevistas com intelectuais e funcionários do museu. A leitura da documentação e as entrevistas concedidas permitiram perceber o Museu Paulista, durante a direção de Mário Neme, como um centro de pesquisas em desenvolvimento e importante espaço de sociabilidade dos intelectuais do período.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article analyzes the work of Mário Neme as Director of Paulista Museum, from 1960 to 1973. He became the Director after working with the organizing staff of the Historical Exhibition of the 40th Centenary of the City of São Paulo, in 1954. When Neme took office, the museum had serious financial and staff problems, with unfinished works since 1953. This prevented people from visiting the place. Despite the issues he faced, some actions and projects were implemented, bringing important changes to the museum: it was finally opened for visitation, the archeology section was improved, the museology course was implemented, and the museum became managed by the University of São Paulo; this turned the museum into a University Museum. Yearly reports and those prepared by the teams of researchers and staff of the institution were analyzed in the preparation of this paper. Interviews with museum staff and intellectuals were also carried out. Reading the documents and analyzing the interviews allowed realizing that, during Neme’s management, Paulista Museum was a research center under development and an important social space for intellectuals during that period.
  • A aquisição de acervo no Museu Paulista (1990-2015) MUSEUS

    VIEIRA, LEONARDO DA SILVA

    Resumo em Português:

    RESUMO Este artigo, baseado na dissertação recentemente defendida pelo autor, apresenta considerações sobre a política e a prática de aquisição de acervo museológico no Museu Paulista durante o período de 1990 a 2015. A atual política de acervo da instituição foi implementada durante a gestão do professor Ulpiano Toledo Bezerra de Meneses no âmbito do plano diretor da instituição. Este documento foi fundamental por estabelecer definitivamente a atuação do museu no campo da História e Cultura Material, bem como por vincular a aquisição de acervo às linhas de pesquisa da instituição.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This paper, based on the dissertation recently defended by the author, presents considerations about the politics and the practice of acquisition of museum collection in the Paulista Museum during the period from 1990 to 2015. The current collection policy of the institution was implemented during the administration of Professor Ulpiano Toledo Bezerra de Meneses in the Master Plan of the institution. This document was fundamental for definitively establishing the Museum's performance in the field of History and Material Culture, as well as linking the acquisition of collections to the research lines of the institution.
  • Três retratos em um retrato: No ateliê, de Arthur Timótheo da Costa MUSEUS

    GOMES, NATÁLIA CRISTINA AQUINO

    Resumo em Português:

    RESUMO Dentre as várias imagens de ateliê e representações de artistas realizadas pelo pintor Arthur Timótheo da Costa (1882-1922), este artigo trabalha com uma tela em que essa temática é evidenciada em muitos sentidos, principalmente no que diz respeito à representação do ateliê, como também ao registro de um artista trabalhando em uma obra e à presença do modelo nesta cena. Apresentaremos as hipóteses levantadas acerca da identificação dos representados pelo pintor: retratado e retratista. Da mesma maneira, abordaremos aspectos da produção artística do pintor e alguns dados relativos às relações travadas com artistas contemporâneos, assim como o diálogo com outras obras de sua autoria e da mesma temática.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT Among the various studio images and representations of artists by the painter Arthur Timótheo da Costa (1882-1922), this article is based on a painting in which this theme is evidenced in many ways, especially the representation of the studio and of an artist working, including the very presence of the model in this scene. We will present the hypotheses raised about the identification of those represented by the painter: portrayed and portraitist. In the same way, we will cover aspects of the painter’s artistic production and some data related to his relationships artists of the time, as well as the dialogue with other works of his own and the same theme.
  • Restauro e integridade: do concreto ao efêmero CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO

    SILVA, JOELMIR MARQUES DA

    Resumo em Português:

    RESUMO Um dos caminhos para o entendimento da noção de integridade é a teoria do restauro por visar à unidade potencial de um bem. A integridade é uma condição para a conservação do patrimônio e vem sendo alvo de debates nas últimas décadas, mas, quando o objeto de análise são os jardins históricos, somos remetidos a outra realidade - a ausência de um aprofundamento teórico e, consequentemente, de uma metodologia para sua verificação. Tal problemática impulsionou a escrita desde artigo que traz um panorama de como a integridade está sendo pensada e discutida e como os jardins históricos estão sendo considerados ante sua efemeridade, já que o elemento principal é o vegetal.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT One of the ways to understand the notion of integrity is the theory of restoration because it aims at the potential unity of cultural heritage. Integrity is a condition for the conservation of cultural heritage and has been the subject of debate in the last decades, but when the object of analysis is the historical gardens, we are referred to another reality - the absence of a theoretical deepening and, consequently, of a methodology for its verification. This problematic has driven writing since an article that provides an overview of how integrity is being thought and discussed and how historical gardens are being considered in view of their ephemerality since the main element is the vegetation.
  • Lina Bo Bardi e a experiência da restauração no Brasil CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO

    CERÁVOLO, ANA LÚCIA

    Resumo em Português:

    RESUMO O presente artigo tem como objetivo apresentar e aprofundar uma avaliação histórica e crítica da contribuição de Lina Bo Bardi à cultura arquitetônica brasileira e internacional, em particular para os fundamentos e a prática da restauração. A delimitação temporal se estende da década de 1960, quando a arquiteta projeta e executa a restauração do Solar do Unhão, em Salvador, adaptando-o para abrigar o Museu de Arte Moderna da Bahia, até a década de 1990, quando realiza suas últimas obras, antes de sua morte em 1992. A análise de algumas obras selecionadas, dentre as duas dezenas de projetos de restauração realizados, pretende contribuir, primeiramente, para identificar a coerência interna de sua produção, bem como para ponderar as transformações ocorridas ao longo do tempo. Pretende-se também explorar o diálogo que Lina Bo Bardi estabelece entre o ambiente italiano, as teorias da restauração e a prática brasileira. Por fim, objetiva-se que a análise proposta contribua para uma oportuna revisão da historiografia da arquitetura moderna paulista e brasileira, bem como colabore na construção da história da preservação do patrimônio cultural no país.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article aims to present and deepen a historical and critical evaluation of the Lina Bo Bardi’s contribution to the Brazilian and international architectural culture, in particular to the foundations and practice of restoration. The temporal delimitation extends from the 1960s, when the architect designs and executes the restoration of the Solar do Unhão in Salvador, adapting it to the Museum of Modern Art of Bahia, until the 1990s, when she performs her latest works, before the death in 1992. The analysis of some selected works, among the two dozen restoration projects carried out, intends to contribute, first, to identify the internal coherence of its production, as well as to ponder the transformations that have occurred over time. It is also intended to explore the dialogue that Lina Bo Bardi establishes between the Italian environment, the theories of restoration and Brazilian practice. Finally, it is intended that the proposed analysis contributes to a timely review of the historiography of modern architecture in São Paulo and Brazil, as well as collaborate in the construction of the history of the preservation of cultural heritage in the country.
  • Reconstrução digital para documentação do patrimônio: o caso do edifício Vilanova Artigas CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO

    GALLO, FÁBIO; VERGILLI, RODRIGO ANGELO CAMPAGNER; OLIVEIRA, CLAUDIA TEREZINHA DE ANDRADE

    Resumo em Português:

    RESUMO O objetivo deste artigo é apresentar e discutir a abordagem adotada para a elaboração de modelos digitais (construtivo e estrutural) do edifício Vilanova Artigas, enfocando acepções, usos e limitações de vários modelos e dos métodos de levantamento de dados. A reconstrução digital do edifício e de suas partes foi feita com base em levantamento topográfico convencional com estação total, varredura a laser associada à fotogrametria, levantamento métrico por meio de instrumentos manuais e análise visual associada ao registro fotográfico. O processo de modelagem, por meio da integração de vários métodos, permitiu unificar dados históricos, de análises laboratoriais e de ensaios in loco, possibilitando a classificação e o registro de informações de utilidade para o futuro plano de gestão da conservação desse patrimônio. A concepção de um modelo único mostrou-se inviável. A especialidade requer dados específicos para suas análises, que podem recorrer inclusive a diferentes delimitações geométricas (modelagens) das partes constituintes do edifício. Propõe-se como ponto de partida a concepção de modelo simplificado com o objetivo de delimitar genericamente a geometria da edificação e, em seguida, cada especialidade se valeria dessas informações preliminares para concepção do modelo que melhor atenda aos seus objetivos.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The aim of this paper is to present and discuss the approach adopted for the elaboration of digital models of the Vilanova Artigas building, focusing on the meaning, uses and limitations of several models and survey methods as well. The digital reconstruction of the building, and its parts, was carried out based on conventional topographic survey with total station, 3D laser scan associated with photogrammetry, metric survey using manual instruments and visual analysis associated with photographic record. The modeling process, through the integration of several methods, allowed the gathering of historical data, laboratory analyses and on-site tests, enabling classification and registration of useful information for the future conservation management plan of the building. The conception of a single model proved to be infeasible; specialty requires specific data which may even use different geometric delimitations (modeling) of the constituent parts of the building. It is proposed a simplified model with the objective of generally delimiting the geometry of the building and then each specialty would use this preliminary information to design the model that best meets its objectives.
  • Conservação de instrumentos científicos no Brasil: estudo de caso da definição dos critérios de intervenção na luneta Bamberg do Mast CONSERVAÇÃO E RESTAURAÇÃO

    Ferreira, Márcia Pinheiro; Granato, Marcus

    Resumo em Português:

    RESUMO A construção do novo complexo arquitetônico do Observatório Nacional foi concluída em 1927, incluindo os pavilhões de observação astronômica, um dos quais abriga a luneta nº 10.783 de Bamberg. Todo o conjunto arquitetônico, as coleções e os fundos arquivísticos foram objeto de tombamento do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (em 1986) e do Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (em 1987). Nesse sentido, integram este artigo o diagnóstico e a definição das intervenções nessa luneta do acervo do Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast). Considerando a transversalidade da pesquisa do conservador, que vai além da materialidade para valorar os danos e as peças de reposição antes de qualquer intervenção, o diagnóstico da luneta - a partir da classificação em quatro graus de deterioração, tomando como parâmetro tácito o manuscrito riscado no verniz da coluna do elevador de inversão - revelou percentagem não desprezível de superfícies metálicas desprotegidas, alguma corrosão localizada em estágio bastante avançado, mas camada fina de corrosão uniforme em considerável percentagem geral. Os danos mais simbólicos da luneta nº 10.783 de Bamberg são justamente os que impuseram mínima intervenção e discussões quanto ao que seria mais prudente fazer diante das condições adversas de sua preservação in situ.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The architectural complex of Observatório Nacional was completed in 1927, including the astronomical observation pavilions, of which one pavilion houses the Bamberg 10783 elbow telescope. All building architecture, collections and archiving funds were subject to registration by the Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (in 1986) and by the Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (in 1987). The diagnosis and definition of the interventions in this Bamberg telescope of Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST) integrate this article. Due to cross-sectional nature of the conservator’s research going beyond materiality, we get information before any intervention in order to identify which values would be affected by possible treatments on damages and replacement parts. Utilizing a classification in 4 degrees of deterioration, taking as a tacit parameter the manuscript scratched in the varnish of the inversion elevator column, the diagnosis of the telescope revealed a significant percentage of unprotected metal surfaces, some fairly advanced localized corrosion, and a considerable percentage of uniform corrosion thin layer. The most symbolic damages on this elbow transit telescope only required minimal intervention and discussion on what would be the best course of action given the adverse conditions of its preservation in situ.
  • El concepto de territorio para la gestión institucional del patrimonio fotográfico sobre derechos humanos: el caso del Archivo Nacional de la Memoria (Argentina)1 DOCUMENTOS

    LOPEZ, ANDRÉ PORTO ANCONA

    Resumo em Português:

    RESUMO O ensaio procura discutir o conceito de território como base estruturante das linhas de acervo de instituições dedicadas à gestão de documentos fotográficos. Tal definição é fundamental para que essas instituições possam cumprir, com qualidade, seu papel na consolidação e preservação de um patrimônio fotográfico específico. É importante destacar que tal concepção não implica, necessariamente, o estabelecimento de limites geográficos, porém depende da conformação simbólica - e, obviamente, política - de um conjunto documental e de suas relações com a sociedade. Em termos mais específicos, o ensaio aborda a conformação do Arquivo Nacional da Memória, na Argentina, e seus conjuntos documentais fotográficos, analisados desde o ponto de vista de suas características contextuais e de suas relações com o território dos direitos humanos.

    Resumo em Espanhol:

    RESUMEM El ensayo busca discutir el concepto de territorio como base estructurante de las líneas de acervo de instituciones dedicadas a la gestión de documentos fotográficos. La citada definición es fundamental para que tales instituciones puedan cumplir con calidad, su papel en la consolidación y preservación de un patrimonio fotográfico específico de un dicho territorio. Es importante señalar que tal concepción no implica necesariamente el establecimiento de fronteras geográficas, más bien, éstas dependen de la conformación simbólica - y, por supuesto, política - de un conjunto documental y de sus relaciones con la sociedad. En términos concretos se abordará la conformación institucional del Archivo Nacional de la Memoria, en Argentina, y sus conjuntos documentales fotográficos, analizados desde el punto de vista de sus características contextuales y de su relación con el territorio de los derechos humanos.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The essay seeks to discuss the concept of territory as the structuring base of the holdings lines of institutions dedicated to the management of photographic documents. Such definition is fundamental for those institutions accomplish, with quality, their role in the consolidation and preservation on a specific photographic heritage territory. It is important to point out that such a conception does not necessarily imply the establishment of geographical borders, rather, they depend on the symbolic - and, of course, political - conformation of a documentary set and its relations with society. In concrete terms, the essay discusses the institutional conformation of the National Archive of Memory, in Argentina, and its photographic documentary holdings, analyzed from the point of view of their contextual characteristics and their relationship with the territory of human rights.
  • Introdução: considerações sobre a materialidade da escrita e as três camadas de informação1 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Dimensões materiais da cultura escrita

    ALMADA, MÁRCIA
  • Object-Books and Exposed Writings: New Textual and Literary Landscapes in Latin America and Spain ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Dimensões materiais da cultura escrita

    CLIMENT-ESPINO, RAFAEL

    Resumo em Português:

    RESUMO Neste ensaio, exploro novas linhas de transmissão literária editadas principalmente em formatos distintos do códice em América Latina e Espanha, incluindo o que Armando Petrucci chamou de escrituras expostas. Tomando como ponto de partida uma revisão do conceito de livro, examinarei com minúcia vários objetos-livro para oferecer uma análise de materiais editados em formatos distintos do códice. Este ensaio propõe fazer uma clara distinção entre livro-objeto e objeto-livro. Como os objetos-livro analisados transmitem textos literários, um dos principais objetivos de minha pesquisa é justificar a inclusão dessas novas materialidades da literatura no campo dos estudos literários, uma área que historicamente tem omitido os formatos fora do códice, considerando-os divertimentos literários.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT In this essay I explore new ways of literary transmission edited in formats other than the codex in Latin America and Spain. My study also analyzes what Armando Petrucci called exposed writings. Taking as departing point a review of the concept of book, I will scrutinize several object-books to offer an analysis of literary materials edited in non-codex supports. This essay also proposes a clear distinction between book-object and object-book. Since the object-books I analyze convey literary texts, a main aim of my research is to vindicate the inclusion of these new materialities of literature into the field of literary studies, an area that historically has omitted non-codex formats considering them non-serious literature or literary diversions.
  • Poesía fuera del cancionero: la inscripción de lo cotidiano y lo sublime ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Dimensões materiais da cultura escrita

    GÓMEZ-BRAVO, ANA MARÍA

    Resumo em Português:

    RESUMO O artigo destaca a importância da poesia do século XV como veículo comunicativo que utiliza diferentes suportes textuais para inscrever o mundo material, o que lhe confere significado e forma um macrossinal. A conexão entre o livro e a cultura material pode ser vista, em particular, na inscrição de edifícios públicos e privados, objetos de uso diário, como xícaras e pratos, além de roupas, incluindo jóias.

    Resumo em Espanhol:

    RESUMEN El artículo destaca la importancia de la poesía del siglo XV como vehículo comunicativo que se vale de diferentes soportes textuales para inscribir el mundo material, al que dota de significado y con el que forma un macro-signo. La conexión entre el libro y la cultura material puede verse en particular en la inscripción de edificios públicos y privados, objetos de uso cotidiano como copas y platos, así como de la indumentaria, entre la que se incluyen las joyas.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The article highlights the uses of fifteenth-century poetry on different textual supports in order to inscribe the material world and endow it with meaning, forming a macro-sign. The connection between the book and material culture can be seen in particular in the inscription of public and private buildings, objects of daily use such as cups and plates, as well as clothing and jewelry.
  • Das mãos aos cofres: reflexões sobre transformações materiais e transferência de propriedade de livros devocionais do tardo-medievo ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Dimensões materiais da cultura escrita

    ALMADA, MÁRCIA

    Resumo em Português:

    RESUMO Códices iluminados medievais de coleções públicas são apresentados na perspectiva do colecionismo próprio à era moderna a partir de uma abordagem material baseada na análise de catálogos descritivos de diversas bibliotecas nacionais, em especial o catálogo elaborado pelo bibliotecário Frei João de Santa Ana entre 1809 e 1821 para o acervo da Biblioteca do Palácio Nacional de Mafra, em Portugal. O interesse do artigo é refletir sobre a transferência de propriedade dos livros de devoção privada, de uso reservado e individualizado, e sua presença em bibliotecas reais e as consequentes transformações na forma material e nas apropriações simbólicas e funcionais dadas a esses objetos. Para tanto, é apresentado um breve exame sobre as práticas de produção, uso, circulação, colecionismo e preservação de livros iluminados em geral, por meio do estudo de casos emblemáticos sobre circulação e transformação material. Quanto à produção, fórmulas de representação pictórica propagadas pelos ateliers da região da península itálica, dos Andes, de Flandres e da França são, por um lado, classificadas comparativamente e identificadas em códices específicos. Por outro lado, as a alterações impostas aos códices para atender ao gosto dos novos proprietários são usadas como indícios materiais que revelam práticas de colecionismo e preservação.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT Medieval illuminated codices belonging to public collections are presented under the perspective of the modern era’s habit of collecting. The material approach is based in the analysis of descriptions from several national libraries, especially the catalogue rendered by the librarian Frei João de Santa Ana, between 1809 and 1821 for the Mafra’s National Palace Library collection. This work aims to reflect on the ownership transference of private devotion codices - of reserved and personal use -, their presence in royal libraries and the significant shifts in their physical shape and symbolical-functional assignments. To do so, a brief study on the practices of production, use, circulation, collecting and preservation of illuminated manuscripts, in general, is presented, through the study of emblematic case studies of circulation and material transformations. Regarding their production, formulas of pictorial representation disseminated by studios on the Italian Peninsula, Andes, Flanders and France are comparatively classified and identified in specific codices. Also, the alterations inflicted to the codices to meet the preferences of the new owners are used as material signs that reveal practices of preservation and the habit of collecting.
  • A primeira página da história: configuração material e funções da folha de rosto em livros de história alemães do século XVIII ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Dimensões materiais da cultura escrita

    ARAÚJO, ANDRÉ DE MELO

    Resumo em Português:

    RESUMO A partir da análise de 192 folhas de rosto de obras históricas alemãs setecentistas impressas predominantemente com tipos móveis, este artigo investiga quais foram os elementos e os agentes históricos envolvidos no processo de composição gráfica dessas peças, quais as funções que elas exercem no mercado editorial alemão setecentista e que tipo de conexões suas configurações materiais revelam. A primeira seção deste artigo tem por objetivo apresentar os parâmetros definidores do corpus documental da pesquisa, bem como oferecer uma análise formal da folha de rosto nos termos de um dispositivo gráfico setecentista. Em seguida, observam-se os padrões de composição tipográfica das peças aqui investigadas com o objetivo de salientar a dimensão cultural e, consequentemente, histórica das escolhas operadas pelos compositores ao configurar as folhas de rosto nas oficinas de impressão. Na terceira seção, confere-se destaque à operação gráfica levada adiante por editores, impressores e gravuristas, tanto para analisar as transformações visuais verificadas no corpus documental da pesquisa a partir de uma perspectiva cronológica quanto para compreender a função que os elementos impressos na folha de rosto exercem. Na seção seguinte, examinam-se os vestígios materiais deixados pelas mãos dos agentes envolvidos na produção das folhas de rosto setecentistas alemãs com o objetivo de destacar a natureza coletiva do trabalho do qual resulta o artefato impresso. Por fim, investiga-se na quinta e última seção deste artigo a presença de ornamentos estampados em distintas peças produzidas ao longo da década de 1780 com o objetivo de estabelecer, a partir da análise material das imagens impressas, conexões entre os agentes que deixaram as suas marcas já na primeira página dos livros de história.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT Based on the analysis of 192 title pages from German eighteenth-century history books, the goal of this article was to investigate the elements and historical agents involved in the graphic composition process of these pieces, the functions of this typographic device in the Early Modern editorial market, and what type of connections their material configurations reveal. To this end, the first section defines the parameters of the documentary corpus and presents an analysis of the formal elements of the title pages in terms of an eighteenth-century graphic device. Next, the patterns of the typographic compositions of the documents are analyzed to unveil cultural and, consequently, historical dimensions of the choices made by compositors when setting the title pages in printing shops. The third section focuses on the graphic operations carried out by editors, printers and artists. The aim was to analyze the visual transformations of the title pages from a chronological standpoint as well as their functions. The fourth section examines the material evidence left behind by the agents involved in the production of the title pages, revealing the collective nature of the work carried out in printing shops. Finally, the fifth and last section of this article explores some printed ornaments from a material perspective to establish connections between the agents that left their mark already in the first page of history books.
  • Mina secreta, aríete forçoso: o livro na historicização da Guerra Holandesa (1625-1660) ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Dimensões materiais da cultura escrita

    CLEMENTINO, KLEBER

    Resumo em Português:

    RESUMO O presente artigo almeja a avaliar o que representou a introdução do livro, enquanto suporte físico de veiculação de narrativas, na historicização da Guerra Holandesa (1624-1654). Para tanto, examina os contextos de publicação de obras saídas dos prelos da Península Ibérica entre 1625 e 1660, alerta aos compromissos políticos e estratégias editoriais dos sujeitos envolvidos na tarefa. Toma como parti pris que a escolha de oferecer aos leitores um relato em panfleto avulso ou em livro in quarto ou in folio respondia a circunstâncias específicas e servia a métodos conscientes de visibilização de façanhas militares, em vista das recompensas socioeconômicas e culturais em disputa no Antigo Regime. Argumenta, ademais, que a escrita da história daquela guerra teve como enunciadores (em sentido lato), além da nobreza europeia, grupos pertencentes às elites ultramarinas A análise se embasa em conceitos formulados pela historiografia sobre a materialidade do livro e sobre seu advento na Modernidade, bem como nos estudos acerca da Guerra Holandesa e sua historicização.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article aims to assess what represented the introduction of the book as physical means of support to the diffusion of narratives in the historicizing of the Portuguese-Dutch War (1624-1654). To that end, it examines the contexts of publication of works printed in the Iberian Peninsula between 1625 and 1660, alert to the political commitments and editorial strategies of those involved in the task. It assumes as parti pris that the choice to offer readers a report in a loose pamphlet or rather in a quarto or folio book responded to specific circumstances and served conscious methods in order to make military exploits visible, procuring the socioeconomic and cultural rewards in dispute in the Ancient Regime. Furthermore, it argues that the writing of the history of that war had as narrators (in the broad sense), besides the European nobility, groups belonging to oversees elites. The analysis is based on concepts formulated by the historiography focused on the materiality of books and its advent in the Modern epoch, as well as on the studies about the Portuguese-Dutch War and its historicizing.
  • Edição & Censura: a materialidade dos panfletos de Sir Roger L’Estrange no início dos anos 1660 ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Dimensões materiais da cultura escrita

    LIMA, VERÔNICA CALSONI

    Resumo em Português:

    RESUMO Sir Roger L’Estrange foi um autor, panfletista, jornalista, tradutor e censor, cujas atividades tiveram grande impacto no desenvolvimento dos sistemas de controle da imprensa no período da Restauração de Carlos II ao trono da Inglaterra. Associando seu posto de Surveyor of the Press aos seus escritos, L’Estrange perseguiu os opositores do governo por meio de suas ações repressoras e de sua ágil pena. Seus panfletos e jornais impressos dedicavam-se a denunciar os abusos cometidos por autores, impressores e livreiros sediciosos que produziam e dispersavam textos contra o rei e a igreja, visando agitar o povo a iniciar uma nova revolução. A composição de suas obras, que comumente dependia do trabalho de seu livreiro e aliado Henry Brome, era peculiar. Seus textos congregavam fontes romanas, itálicas, góticas, notas marginais e sinais tipográficos variados. Essa multiplicidade de tipos e elementos gráficos tinha profundas consequências na transmissão e compreensão de suas mensagens, pois combinavam escrita/leitura, visualidade e oralidade. Embora essa composição não fosse estranha ao gênero polêmico, empregado para combater adversários políticos e religiosos, parece-nos possível afirmar que Roger L’Estrange tinha um estilo tipográfico particular que servia aos seus objetivos repressores. Por meio da análise material e textual de seus panfletos publicados no início dos anos 1660, pretendemos discutir as implicações da função de autor-censor desempenhada por L’Estrange no contexto da Restauração.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT Sir Roger L’Estrange was an author, pamphleteer, journalist, translator and censor, whose activities had a great impact on the development of press control systems in the period of Charles II’s Restoration to the English throne. Combining both his role as the Surveyor of the Press and his writings, L’Estrange persecuted opponents of the government by means of his repressive actions and his agile pen. His printed pamphlets and newspapers were dedicated to denouncing the abuses committed by seditious authors, printers and booksellers, who produced and dispersed texts against the king and the Church aiming to agitate the people towards a new revolution. The composition of his writings, which commonly depended on the work of his bookseller and ally Henry Brome, was peculiar. His texts congregated Roman, Italic and Gothic typefaces, marginal notes and a variety of typographical signs. This multiplicity of fonts and graphic elements had important consequences on the transmission and comprehension of his messages since it associated writing/reading, visuality and orality. Even though this structure was not unusual for the polemic genre, employed to combat political and religious adversaries, it seems possible to affirm that Roger L’Estrange had a particular typographical style, which was convenient to his repressive objectives. By analyzing the materiality and textuality of his pamphlets published at the beginning of the 1660s, this article aims to discuss the implications of the author-censor role performed by L’Estrange during the Restoration.
  • Um texto setecentista em três séculos: os conteúdos, as formas e os significados da Noticia Primeira Practica, de João Antonio Cabral Camello (XVIII-XX) ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Dimensões materiais da cultura escrita

    SOUZA, JEAN GOMES DE

    Resumo em Português:

    RESUMO A Noticia Primeira Practica Que da ao Reverendo Padre Diogo Soarez o Cappitam Ioaõ Antonio Cabral Camello sobre a Viage, que fez as Minaz do Cuyaba no anno de 1727 consiste numa narrativa acerca da viagem fluvial empreendida por João Antonio Cabral Camello de Sorocaba (SP) a Cuiabá (MT) no ano de 1727, possivelmente escrita em 1734. Os dois testemunhos manuscritos conhecidos desse texto encontram-se no códice CXVI 1-15 da Coleção Diogo Soares, da Biblioteca Pública de Évora (Portugal). Ao longo dos séculos subsequentes, a Noticia foi publicada em diferentes meios, como na Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, por Francisco Adolfo de Varnhagen, em 1842, e no livro Relatos monçoeiros, de 1953, organizado por Afonso d’Escragnolle Taunay. Este artigo tem por objetivo traçar a trajetória histórica da Noticia Primeira Practica por meio do estudo de sua produção, transmissão e apropriação ao longo dos séculos XVIII, XIX e XX. A natureza do objeto, bem como as questões investigativas propostas, nos impelem a lançar mão das contribuições teóricas de diversos campos do conhecimento, tais como a história da cultura escrita, a paleografia, a filologia e a bibliografia material. Embora distintas, essas áreas possuem um objeto de pesquisa em comum: o texto escrito, estudado enquanto representação histórica, social, linguística e material. O reconhecimento da dimensão material do texto nos possibilita analisá-lo sob a perspectiva dos estudos de cultura material. Sendo antes de mais nada um artefato, a Noticia Primeira Practica será considerada enquanto vetor e produto de relações sociais.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT The “Noticia Primeira Practica Que da ao Reverendo Padre Diogo Soarez o Cappitam Ioaõ Antonio Cabral Camello sobre a Viage, que fez as Minaz do Cuyaba no anno de 1727” consists of a narrative about the river trip undertaken by João Antonio Cabral Camello from Sorocaba (São Paulo) to Cuiabá (Mato Grosso) in 1727, possibly written in 1734. The two existing handwritten testimonies concerning this text can be found in codex CXVI 1-15 of the Diogo Soares Collection of the Évora Public Library, Portugal. Over the following centuries it was published in different media, such as the Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro by Francisco Adolfo de Varnhagen, in 1842, and the book Relatos monçoeiros in 1953, organized by Afonso d’Escragnolle Taunay. This article traces the historical trajectory of Noticia Primeira Practica by studying its production, transmission and appropriation throughout the 18th, 19th and 20th centuries. Due to the nature of the object, as well as the proposed investigative questions, its study requires an interdisciplinary theoretical framework including History of Written Culture, Palaeography, Philology and Material Bibliography. Although distinct, these fields have a common research object: written text studied as a historical, social, linguistic and material representation. Acknowledging the material dimension of the text allowed us to analyze it from the perspective of Material Culture studies. Primarily an artifact, the Noticia Primeira Practica is here to considered a vector and product of social relations.
  • “Papel, penas e drogas para tinta”: materiais de escritório na administração diamantina do século XVIII ESTUDOS DE CULTURA MATERIAL/DOSSIÊ Dimensões materiais da cultura escrita

    QUINTÃO, RÉGIS CLEMENTE

    Resumo em Português:

    RESUMO Este artigo aborda a importação, a circulação e o uso de materiais de escritório pela Real Extração dos Diamantes, em Minas Gerais, no último quartel do século XVIII, indagando sobre sua importância para a administração e o controle fiscal pretendidos pelas autoridades do período. A partir de fontes pertencentes ao fundo Erário Régio do Arquivo Histórico do Tribunal de Contas de Portugal, desvelamos o expediente daquela instituição e o consumo de livros contábeis, papéis de diversas qualidades e fabricantes europeus, penas de escrever e substâncias utilizadas na confecção da tinta ferrogálica. O estudo desses elementos evidencia não apenas sua relevância para as atividades burocráticas daquela sociedade, mas também uma dimensão material que estamos pouco acostumados a enxergar no passado. Afinal, conhecer esses insumos e artefatos possibilita a compreensão de algumas condições de produção dos documentos preservados nos arquivos e bibliotecas.

    Resumo em Inglês:

    ABSTRACT This article discusses the import, circulation and use of office supplies by the Royal Diamond Extraction in Minas Gerais during the last decades of the 18th century, questioning about their importance for the administration and fiscal control intended by the authorities of that period. Utilizing sources belonging to the Real Erário fund from the Historical Archives of the Portuguese Court of Auditors, we unveiled the work of that institution and the consumption of account books, papers of varying quality and European manufacturers, quill pens and substances used in the production of iron gall ink. The study of those elements evinces not only their relevance to the bureaucratic activities of that society, but also a material dimension that we rarely see in the past. After all, such supplies and artifacts allow to understand some production conditions of documents preserved in archives and libraries.
Museu Paulista, Universidade de São Paulo Rua Brigadeiro Jordão, 149 - Ipiranga, CEP 04210-000, São Paulo - SP/Brasil, Tel.: (55 11) 2065-6641 - São Paulo - SP - Brazil
E-mail: anaismp@usp.br